Normose

Lendo uma entrevista do professor Hermógenes, 86 anos, considerado o fundador da ioga no Brasil, ouvi uma palavra inventada por ele que me pareceu muito procedente: ele disse que o ser humano está sofrendo de normose, a doença de ser normal. Todo mundo quer se encaixar num padrão. Só que o padrão propagado não é exatamente fácil de alcançar. O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido. Quem não se "normaliza" acaba adoecendo. A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento.
A pergunta a ser feita é: quem espera o que de nós? Quem são esses ditadores de comportamento a quem estamos outorgando tanto poder sobre nossas vidas? Eles não existem. Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado.
Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos de comportamento amplamente divulgados. Só que não existe lei que obrigue você a ser do mesmo jeito que todos, seja lá quem for todos. Melhor se preocupar em ser você mesmo.
A normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer o que não se precisa. Você precisa de quantos pares de sapato? Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar?
Não é necessário fazer curso de nada para aprender a se desapegar de exigências fictícias. Um pouco de auto-estima basta. Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e sim aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo. Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original. Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais.

 Por isso divulgo o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes.

Autora:  Martha Medeiros
Imagens: Internet

106 comentários:

  1. A MArtha é incisiva em seus textos e escreve divinamente,além de ser muito bem humorada.

    ótima escolha este texto !
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Por isso prefiro ser, esta metamorfose ambulante,rsrs.Belo texto amiga,para critica a uma onda, que quer nos afogar e tem muita gente embarcando nesta cauda de cometa sem rumo.
    Um abração,bom fim de semana pra voce.
    Bju.

    ResponderExcluir
  3. Smareis, escolher padrão de normalidade para os outros é fácil, agora escolher para si, é muito difícil.
    Eu acredito que se nos sentirmos bem com nós mesmos, para mim é uma boa normalidade.

    Parabéns pela escolha do texto!

    Abraços do novo amigo!

    ResponderExcluir
  4. ACHO QUE TODAS AS PESSOAS DEVERIAM TER PERSONALIDADE E SEREM ELAS MESMAS, FELIZES E NUNCA TER MEDO DE NADA NEM DE NINGUÉM,MESMO QUE FOSSEM TOTALMENTE CONTRÁRIOS AOS PADRÕES DITADOS PELA MINORIA!
    BOM FIM DE SEMANA
    BEIJO

    ResponderExcluir
  5. Olá, Smareis
    Gosto imenso de Martha Medeiros. Acho que tem textos ótimos, e este é disso um bom exemplo.
    Há quase um ano atrás, precisamente no dia 19 de Setembro, publiquei-o no meu blog - prova de que gostei muito.
    Parabéns pela escolha.

    Um feliz restinho de semana. Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. A necessidade de agradar faz com o que o ser humano desagrade a si mesmo. Policia-se todo o tempo, com receio de fugir à regra que nem sequer sabe quem estabeleceu. Daí, a infelicidade, os traumas, o desassossego. Somos normais é com nossas imperfeições e quedas, com nossas inseguranças, com nossos quilinhos a mais, com nosso gosto real por isso ou aquilo. Abrir mão dessa preferência é que nos torna anormais.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Hola Smareis boa noche.Hay persomas que alcanzan la Paz inerior a través del yoga.
    Yo la alcanzo con la Oración.
    Parabens, pelo post.
    Beijos, Montserrat

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, dentro da normalidade, eu sou uma anormal, pois sou o avesso do reverso, sou a excluida no emprego, sou a a nti-social, pois so falo em poesia, blog., e o escambal, sou a maluca por nascença, pois enfio tudo o quanto e gente na minha casa, enfim, acho que sou a unica que um pouco, sai do padrao da normalidade e continua viva, porem, sozinha...Mas tudo bem, pois sei que o amigo que realmente me interessa, nunca me abandonou...DEUS! E esse sim me importa...bjin

    ResponderExcluir
  9. Sabia que eu também já publiquei esse assunto porque achei muito importante? Li de novo, tão legal que é. Lindo findi! Bjbj!!

    ResponderExcluir
  10. Smareis,

    Daí, tanta ansiedade e descontentamento. É querer ser o que não é para estar entre aqueles pretensos "normais".
    Temos que ser autênticos, nos aceitar e criar nosso próprio estilo de vida. Somente assim nos sentiremos completos e descompromissados com os padrões que nos violentem.
    Auto-estima é tudo.
    Beijo e um excelente final de semana.

    ResponderExcluir
  11. Minha querida,

    Aqui sempre maravilhosos textos! Este é mais um texto maravilhoso de Martha Medeiros inspirado na sabedoria do professor Hermógenes, pessoa que tenho profunda admiração, vários livros e pratiquei alguns anos ioga. Parabéns!


    Beijos com carinho, uma ótima noite e maravilhoso fim de semana!

    ResponderExcluir
  12. Ótimo texto e instrutivo. Certamente, às vezes a nossa vida fica plena de exigências inúteis.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  13. Um texto bem-vindo.
    E viva a diferença!

    Bom final de semana.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  14. Ótimo texto!

    Atualmente, a única coisa que eu me cobro (mas, completamente sem neuras), é me manter saudável.

    Quanto ao resto... o que é "normal" pra um, pode não ser para outro, e, vice versa...

    Então, pra que é que vamos esquentar nossa cabeça com essas coisas?
    Quem gosta da gente, gosta do jeito que somos.
    Quanto aos outros...é melhor que tratem da própria vida, pois da nossa tratamos nós.

    Pra mim, ser "normal", é simplesmente amar a vida. Quem não está conseguindo isso, aí sim, tem que procurar voltar à "normalidade".

    Beijinhos, e tenha um lindo e feliz final de semana.

    Cid@

    ResponderExcluir
  15. Belíssimo texto,minha querida.Normose é quase uma "anormalidade"
    Bjsssssss'Leninha

    ResponderExcluir
  16. Seríssimo e triste...um passo paa a depressão.
    Beijos e boa noite!!
    Carla

    ResponderExcluir
  17. Boa noite.Excelente texto.Concordo plenamente.
    O que foge do dito "normal"no padrão de sociedade, assusta a maioria, e acaba de uma certa maneira nos influenciando a sermos ou vivermos situações "normais".Eu sinto isso na pele, e quando vejo, eu mesma estou aceitando que a sociedade critique o que para mim, deveria ser sinônimo de felicidade, e muitas vezes me bloqueio.
    Foi muito bom ler isso.
    Um grande beijo, fique com Deus, e excelente semana!

    ResponderExcluir
  18. Um texto ótimo, amiga.

    A mente comanda as funções do corpo e da vida, acho q o ser umano não está conseguindo se aceitar como realmente é.

    beijos de boa noite!

    ResponderExcluir
  19. Hola Smareis, una bello texto lleno de reflexion que es un placer leer. Besos, cuidate.

    ResponderExcluir
  20. Preciosa e Estimada Amiga:
    Um texto soberbo e fabuloso sobre a vida e o mundo das emoções e sentimentos narrado com sinceridade e autenticidade em que nos faz enquadrar a todos e todas.
    Excelente!
    Uma lição fantástica de vida que já registei.
    Parabéns. É extraordinária e perfeita.
    Abraço de gratidão e respeito pelo que concebe de encanto que nos fascina.
    Sempre a lê-la com atenção e sempre a admirá-la.

    pena

    É notável, amiga.
    Bem-Haja, pela beleza e pureza que moram em si e no que é.
    Adorei. Magistral.

    ResponderExcluir
  21. Bom começo de fim-de-semana com um texto destes! Parabéns! :)

    ResponderExcluir
  22. Smareis

    É bom trazer aqui textos edificantes e formadores de gente.
    Haja quem se veja na ilusão deste ser "normal" relegando a sua personalidade em favor das aparências.
    Belo texto.

    Beijo

    SOL da Esteva
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Termos que ser nós mesmos nessa vida,,,super beijo de bom final de semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  24. Como eu concordo com este excelente texto!
    Um grande beijo e um óptimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  25. Marta Medeiros sempre tem msgs interessantes!Uma excelente escolha!Adorei o assunto e é verdade!Nessa ansia de agradar a todos não agradamos quem é mais importante:nós mesmos!Bjs,

    ResponderExcluir
  26. "Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente..."

    Isso mesmo, estão todos vivendo uma vida de gado, em que se segue um padrão para o abate. E o que será abatido? A verdadeira alegria, o prazer de viver em liberdade consciente. Não há paz quando o que eu "devo" fazer não mais será ditado por mim.

    Sou eu quem determina a minha felicidade e meus conceitos estéticos da "normalidade". Eu não busco ser "normal", busco ser eu, mesmo que esse eu seja estranho, "anormal", fora do padrão capitalista.

    Excelente reflexão traz este artigo e parabéns pela tua sensibilidade, Smareis, ao postar este texto aqui.

    Um ótimo fim de semana pra você.
    Daniel Garcia

    ResponderExcluir
  27. Normose! Interessante,uma palavra que eu desconhecia.Contudo,faz todo o sentido, pois é o desejo extremo da 'normalidade' o que faz disso uma doença ou várias associadas com o sistema nervoso.
    Pois, o que devemos é mesmo viver a nossa vida e seguir apenas aquilo que a nossa consciência ou os nossos valores nos indicarem. O resto é tudo muito subjectivo.O que é bonito para mim pode não o ser para o outro...portanto o melhor é levar as coisas descontraidamente.

    Um texto para uma boa reflexão.

    Beijos

    Olinda

    ResponderExcluir
  28. Li amiúde o texto e a Martha tem razão. Gravarei a palavra e as palavras. Bom dia minha amiga vim depositar um beijo doce em teu coração para adoçar teu final de semana. Luz e Paz sempre!

    ResponderExcluir
  29. Este texto é uma libertação, Smareis!

    beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  30. Minha querida Smareis:Es un escrito lleno de sabiduría porque realmente una sociedad y una persona se enferman cuando representan un papel que no es el suyo sino el que se le exige. No hay nada mejor que ser sincero con uno mismo y ser fieles a nuestras ideas.

    Gracias por compartir un texto tan interesante.

    Brisas e beijos desde Barcelona (España)

    ResponderExcluir
  31. TENER NUESTRA PROPIA PERSONALIDAD, ES LO MÁS ESENCIAL!!
    GRACIAS POR COMPARTIR.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  32. Boa tarde Smareis,

    É algo triste que vemos, pessoas que perdem o bom senso e correm em busca de um padrão normal por causa de outrem. Certo que estudar, se cuidar fisicamente e etc, é bom, não há mal nisso, entretanto tudo tem de estar em equilíbrio. Não se pode buscar o que os outros ditam ser "normal" quando não é normal.

    Muito bom o texto, adorei.
    Bjs, abençoado dia.

    ResponderExcluir
  33. Excelente escolha, gosto imenso de ler os textos de Martha Medeiros.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  34. Bela, profunda e verdadeira a mensagem da Martha Medeiros. Ótima escolha amiga. Parabéns!

    Aproveito a oportunidade para te comunicar a criação do nosso novo espaço: “Literatura & Companhia Ilimitada” http://literaturacompanhiailimitada.blogspot.com/ , (ainda em formação, mas, já com a primeira postagem) criado com o objetivo de ampliar à divulgação da História da Literatura Mundial e de tudo aquilo que venha contribuir para o crescimento cultural daqueles que o desejarem, assim como, acrescentar mais uma fonte de pesquisas.

    Ficaríamos muito felizes e agradecidos de poder contar com a tua visita e, se possível, sermos agraciados com a tua opinião/sugestão, pois, a continuidade ou a solução de continuidade do mesmo dependerá do parecer daqueles que por lá passarem honrando-nos com a visita.

    Beijos e que DEUS nos abençoe.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  35. Já há muito defendo que a normalidade é uma perversão das sociedades modernas!

    ResponderExcluir
  36. Excelente reflexão, precisava ouvir isso...parabéns pelo lindo blog, vim agradecer a sua visita e carinho já estou a segui-la..

    Shalom

    ResponderExcluir
  37. Un texto excelente, instructivo y con reflexiones interesantes. Un abrazo.

    ResponderExcluir
  38. Boa noite! Gostei muito de tudo o que encontrei por aqui e vou ficar como seguidora.
    Obrigada pela sua visita e comentário carinhoso ao meu blog Lusofonia Poética.
    Beijo e bom final de semana.
    Com carinho,
    Mara

    ResponderExcluir
  39. Queria te dar os parabéns por ter compartilhado algo assim, que nos faz vivenciar!
    E queria parabenizar Martha Medeiros por escrever algo tão perfeito e verdadeiro!

    ResponderExcluir
  40. Esse post foi um aprendizado pra mim!!!
    Super parabéns pela escolha!

    ResponderExcluir
  41. Fantástico o texto de Martha Medeiros; é o segundo que leio hoje. Normose é assunto pra gente ficar pensando por muito tempo, é assunto vasto e amplo. Obrigado por comentar em meu blog. Hans não é um mal sujeito. E teve continuação no casamento. Você vem? Abraço e ótimo final de semana, Smareis!

    ResponderExcluir
  42. E só é normal quem adorar comer x, tomar banho à hora y, ver o programa de TV z... Muito irritante a normose. Nem todos conseguem assumir a sua própria normalidade individual ;)
    Beijinhos, bom domingo!
    Madalena

    ResponderExcluir
  43. Smareis ,

    " um pouco de auto - estima " ... Eu diria muita auto - estima e conhecermo - nos muito bem .
    E depois , " pagar a factura " por não fazer parte do rebanho .

    Um beijo ,
    Maria

    ResponderExcluir
  44. Fantástico texto...traz em si uma mensagem de uma lucidez incrível nestas palavras...
    Bom domingo...bela semana amiga...beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  45. É amiga, teu texto é profundamente sábio e nos traz um alerta muito valioso...
    Aplausos sempre!!!

    Poeta,teu poema tocou-me a alma...
    Muito lindo e vem de encontro com o meu verdadeiro sentimento do momento...

    PS. Amada, perdoe-me por minha ausência aqui com você, perdi minha mãezinha, "ela se foi para sempre", e isso me deixou bastante desnorteada, causando meu afastamento do mundo virtual por algum tempo.
    Mas amo você e tudo que você escreve, viu?

    Carinhos muitos pra ti.
    Beijos de flor
    Suelzy

    ResponderExcluir
  46. Pura verdade, uma escolha, um caminho beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  47. el profesor de yoga dice la verdad, el mundo se divide en lindos y feos, triunfalistas y fracasados, es muy triste lo que hace el hombre en su contra, se niega a si mismo su forma de ser..
    saludos querida amiga

    ResponderExcluir
  48. Oi minha querida!
    Sabe achei tao interessante esta mensagem!
    Eu desconhecia esta palavra "normose", mas pensando bem eu sofria dela.
    Por muito tempo queria me vestir como a maioria se veste, queria dizer coisas que achava que as pessoas aceitariam bem. E minha bipolaridade entao? Escondia de todos, queria sempre parecer "o maos normal possivel"
    Mas gracas a Deus ja estou liberta disto todo a algum tempo afff era tao cansativo....
    Obrigada querida por passear no meu cantinho
    vai mais la....
    com carinho
    Marly

    "Mensagens Abencoadoras"www.paraabencoarsuavida.blogspot.com

    "Bipolar Brasil" www.bipolarbrasil.net/

    ResponderExcluir
  49. Ah!! esqueci!!
    SEu cantinho e lindoooooooooooo!!!!!!!!!!!
    Marly

    ResponderExcluir
  50. Olá querida,
    Conhecia o texto, mas semprre uma releitura nos dá outra visão.
    O conceito de normal é variável de acordo com momentos e situações culturais.
    Prefiro minha "normalidade" com meus erros, acertos, padrões do que muito do que vejo por ai.
    Essa semana li em algum lugar que as "pessoas perfeitas" só existem nos perfis das redes sociais. É po ai..
    Semana de alegrias procê.
    *Desculpe-me por não ser muito frequente nos comentários, meu tempo tem sido muito curto.

    ResponderExcluir
  51. Querida, vim refletir com você!
    eu também já conhecia esse texto da Martha, embora não conheça todos, claro.
    Mas que bom rever palavras assim, amiga!
    Elas nos fazem pensar em como estamos querendo ser/parecer normais demais...
    E isso nos tira toda nossa essência, compromete nossa individualidade!
    Maravilha é sermos AUTÊNTICOS!
    Beijos no teu lindo core,
    Deus a proteja sempre.

    ResponderExcluir
  52. Oi Smareis! Passando para agradecer pela visita e pelo apoio dado lá no novo Literatura & Companhia. Fiquei muito feliz e gostaria de renovar esta felicidade sempre ao receber cada visita tua, pois a casa é nossa e estará sempre à tua disposição.

    Muito obrigado de coração e voltes sempre.

    Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

    Rosemildo Furtado.

    ResponderExcluir
  53. Obrigado, Smareis, pela tua visita sempre muito especial.

    Um grande beijo e tenha uma semana maravilhosa e feliz!!! Muita saúde e paz.

    ResponderExcluir
  54. Hola Smareis!
    Hoy has compartido un texto muy interesante.
    Se necesita tener una autoestima alta para ser uno mismo.

    Cariños
    Maribe

    ResponderExcluir
  55. Bom dia,Smareis!!

    O importante é ser verdadeiro, e não ficar tentando seguir este ou aquele padrão.Para sermos felizes devemos ser nós mesmos!
    Beijos pra ti querida!
    Bom início de semana!

    ResponderExcluir
  56. Não sou normal então, pelos padrões citados, mas invejo quem se enquadre, ainda bem! Bom pra quem é. Muito bom o texto da Martha.

    ResponderExcluir
  57. Que sua semana seja de muita paz,
    que você seja abençoada (o)a cada minuto.
    nunca esqueça que você mora no meu coração.
    Que nossa amizade seja para sempre.
    Bjs no seu coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  58. Cada um de nós deve assumir a sua própria realidade, sem complexos e com grande auto estima! Só assim, sobrevirá aos conceitos mais retrógrados que tentam refazer o seu caminho numa sociedade onde se vão perdendo referências e valores!

    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  59. Olá Smareis! Você está de parabéns com este texto da Martha Medeiros.Com certeza amiga,tudo é exigido pela midia,como se fôssemos um ser que refletisse sobre o que queremos e como somos.Não devemos em hipótese alguma ficar presos a padrões exigidos.Eu não me visto como a moda impõe, tenho o meu estilo próprio,acho ridiculo usar roupas padronizadas,como se fôssemos um cordeirinho do capitalismo selvagem.Ninguém é igual a ninguém,somos semelhantes,isso sim,mas querer ser igual,gera frustações e decepções.
    Uma ótima semana.Beijos no seu coração.Com carinho.

    ResponderExcluir
  60. Nossa, seu texto é uma delícia de se ler e mais uma vez parabéns a esse professor que demonstra tanta sabedoria aos seus 86 anos. Engraçado, que esse tema concatena bem certinho com o que eu escrevi sobre a idade, sobre o "descarte" dessas pessoas experientes. Viu como demonstram uma forma de sabedoria ampla, e que não é necessário uma fórmula certa pra ser feliz, porque só é feliz quem cria a própria fórmula junto de alguém especial. A dádiva é ser original na simplicidade. Adorei seu texto e já estou a te seguir,

    Dan

    ResponderExcluir
  61. O saldo na balança,que e a nossa missao!!
    Obrigado por comparttilhar.
    Abraço,Willy

    ResponderExcluir
  62. Olá Smareis!

    Fantástico e super verdadeiro esse texto.. devemos mesmo nos cuidar para que não nos deixemos cair nesse projeto de vida e comportamento, quando na grande maioria não se encaixa ao nosso verdadeiro eu.

    Um beijão imenso em seu coração e muitíssimo obrigada pelo carinho de suas palavras deixadas lá no meu cantinho na minha ausência!

    Verinha

    ResponderExcluir
  63. Boaa noitee...Não permita que alguém venha lhe roubar os seus sonhos.Este mundo está repleto de pessoas que terão um imenso prazer de lhe falar que os seus sonhos nunca poderão se concretizar.Elas irão lhe zombar porque você tem demonstrado uma ousadia e determinação de sonhar grandes sonhos. As pessoas poderão questionar a sua insanidade mental simplesmente porque você está determinado a alcançar os seus alvos. Não ignore essas pessoas, mas – decididamente – ignore as convicções delas.Lute pelos seus sonhos!!! e vença … e seja feliz!
    Deus lhe abençoe muito neste dia!Uma semana lindaaa com muita paz bj!

    ResponderExcluir
  64. O texto de Martha Medeiros é muito apropriado, uma vez que está cada vez mais difícil fugir dos padrões de beleza e comportamento impostos nos últimos anos. Assumir o que se é, eis uma luta constante, no entanto, uma forma de levar a vida de um jeito mais autêntico.

    Beijos

    ResponderExcluir
  65. olá amiga, adorei a escolha do post, este texto é super atual, já passei muito tempo vivendo na "normose", mas com um pouco de amadurecimento deixei de dar importância ao pensamento alheio e a viver minha vida, por isso me identifiquei D++ com o texto q vc escolheu.. parabéns amiga.. bjos mil e ótima semana..

    ResponderExcluir
  66. Olá , me chamou eu vim, e gostei muito. Curto bastante os texto de Martha Medeiro. Paz!!

    ResponderExcluir
  67. Olá minha amiga Smareis,
    Lendo o texto que postou, fiquei impressionado com a clareza com que foi escrito. O autor utilizou toda a complexidade de nossa atual sociedade e apontou tão claramente nossos erros.
    Diante de tal obra somente digo: Parabéns, Parabéns, Parabéns.........
    Todo sucesso para ti, esse espaço é vital para revigorar nossos conhecimentos com perólas como essa.
    Smareis, gostaria de saber se posso publicar ele com os devidos créditos no Construindo História Hoje.
    Aguardo a autorizaçao.
    Um grande abraço,
    Leandro CHH

    ResponderExcluir
  68. Oi,Amiga Smareis! Tudo Bem?
    Vim te desejar uma Linda Semana e tb ver as 9dades por aqui!
    Acho que cheguei numa idade que não me importo com o que acham de mim!
    Mas, sei que a "sociedade" dita padrões de beleza e comportamento; se a pessoa não se enquadra , muitas vezes é excluida.
    Mas, com o amadurecimento e a idade , a tal "normose" é deixada de lado!!!
    Hj postei no "Casal de Lobos",onde ando um pouco preguiçosa pra postar! Depois,passe por lá,se puder!
    Beijos no Coração, MARY.

    ResponderExcluir
  69. Muito obrigada pela visita!
    Seguindo-te!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  70. Olá, querida!
    Em primeiro lugar, obrigada pela visitinha ao meu espaço! Fiquei feliz em te ver por lá!
    Saiba que será sempre bem-vinda ao meu cantinho! (:
    Mas que texto maravilhoso, esse!
    A Martha sempre tem muito a nos dizer, não é verdade?

    Acho muito sem graça esse padrão. Gosto das diferenças, afinal... O que seriam das escolhas sem elas? Fora isso, cada um é único, um ser especial aos olhos de Deus. E podem ser lindos e felizes exatamente da forma que são. (:

    Um beijo e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  71. oooi
    Estou seguindo você e obg pela visita, volto mais vezes aqui *0*

    ResponderExcluir
  72. Amada, nada tenho a lhe perdoar, só tenho a lhe agradecer...
    Muito obrigada por seu carinho, por sua amizade, pelas lindas palavras que deixou, viu?
    Deus te abençoe sempre e sempre!

    Carinhos...
    Beijos de flor
    Suelzy

    ResponderExcluir
  73. Oi amiga,
    eu li, reli, e gravei esse texto falando pra mim mesma.
    Acho que ser normal nao sao as expectativas que criam em relacao à nós, ou confabulam. Ser normal é estar consciente das limitacoes, e que o que pode ser normal pra você, pra mim pode ser completamente o inverso.
    E daí me vem imediatamente a frase de Monteiro Lobato "“Nada de imitar seja lá quem for, temos de ser nós mesmos.” Ainda que, sob o risco de não ser nada.

    Belo texto!

    ResponderExcluir
  74. Olá querida! Valiosa essa sua reflexão! É uma grande alegria receber sua visita! Muito obrigada! Acabei de atualizar. Luz e Paz! Frida

    ResponderExcluir
  75. Olá querida !!

    Maravilhosa a escolha do texto para compartilhar conosco !!
    Este é um tema que estou sempre abordando no meu blog, pois é algo que me incomoda muito, as pessoas deixando de ser quem são, deixando de lutar pelo que querem simplesmente porque se sentem intimidadas por estas convenções e preconceitos que muitas vezes são totalmente inúteis !
    Podemos escolher ser modelos feitos em série e agradar uma parcela da sociedade ou podemos escolher ser quem somos, ter alguns desafios, mas encontrar a paz interior e a felicidade !!
    Adorei !

    Um beijo e boa semana !

    ResponderExcluir
  76. Muito boa a escolha do texto. A Martha escreve maravilhosamente. Passando para agradecer a mensagem e desejar uma ótima semana. Também avisar que vou continuar sumidinha as vezes até tudo se normalizar na minha vida. Beijinhos e até mais.

    ResponderExcluir
  77. Muito interessante o tema desse post. Gostei.
    Sma amiga reinaugurei o blog coisasdevania.blogspot.com ainda estou arrumando porque vou colocar links para outras páginas onde postarei assuntos diferentes.
    Conto com a sua presença ok?
    Tenha uma boa noite!
    Bjs

    ResponderExcluir
  78. Smareis
    Hiper interessante o texto, legal o lance da "normose". Muito bom, gostei demaaaaaais! Parabéns por escolha tão inteligente.
    Bjkas com muito carinho!

    ResponderExcluir
  79. E pronto.
    Depois da sua visita no meu blogue (Reflexos) aqui estou a cumprir o que prometi.
    Gosto do que vejo. E voltarei.

    O outro seu blogue é muito útil.

    Quanto a este texto ... maravilha!!!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  80. Olá, eu vim e adorei aqui!!!!
    Tbm vou te seguir, claro, com prazer.

    Martha Medeiros é ótima, e tudo o que está escrito eu concordo. Vivo pregando isso!

    Beijos, e nos vemos, ou nos lemos!!!

    ResponderExcluir
  81. Ciao, molto piacere di conoscerti, il tuo blog è davvero molto bello e interessante, ti seguo molto volentieri.
    A presto.

    ResponderExcluir
  82. Oi,

    Excelente texto! Martha Medeiros tem textos muito bons.

    Obrigada pela visita e pelo carinho! Volte Sempre.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  83. Olá amiga obrigada pela visita e por ter dedicado um pouco do seu tempo para ler as mensagens.É muito gratificante quando posto mensagens e as mesmas são lidas e tocam o coração de alguém.Apesar de não serem de minha autoria .Obrigada por fazer parte do meu cantinho de paz.Estou te seguindo também.Aliás parabéns pelo texto ,muito interessante.Volte sempre.Fique na paz do Mestre Jesus.Beijus no coraçaõ.

    ResponderExcluir
  84. Belo texto! Relativamente ao conceito de "normal"... seria uma discussão longa:)!
    Bjo

    ResponderExcluir
  85. Interessante reflexão, sim; ótimo post! :) Bom resto de semana.

    ResponderExcluir
  86. Interessante reflexão, sim; ótimo post! :) Bom resto de semana.

    ResponderExcluir
  87. Lindo blog... estou encantada... sigo-te!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  88. Adorei o post!!
    Fabiola.
    http://blogencontrandoideias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  89. Muito boa reflexão que nos faz entrar em contato com a antiga questão: ser ou não ser. A sociedade nos impõe regras e padrões, os quais, têm a intenção de nos limitar a condição de rebanho, de massa. No entanto, nós, enquanto indivíduos, devemos nos situar e abraçar nossas verdades e vontades-necessidades.. Abç.

    ResponderExcluir
  90. Voltei para conferir se havia novos posts e deparei-me com uma coisa inusitada. O comentário que eu deixei a respeito do texto de Martha Medeiros não chegou a ser publicado. Creio que o deletei, sem querer, na hora de publica-lo.

    Desclupe-me a falha. Jamais viria a seu belo espaço sem expressar a minha opinião.

    Um beijo,
    Inês

    ResponderExcluir
  91. Olá Smareis, como está?
    Vim agradecer por visitar o meu blog e por segui-lo, muito obrigado.
    Eu estava lendo este texto e fico espantada com as energias irmãs do mundo, hoje pela manhã eu falava justamente sobre esta febre de ser "o que esta na moda" a que algumas pessoas estão se submetendo, e muitas vezes sem sucesso, gerando uma decepção tamanha que leva muitos a depressão e até suicidio...uma pena.
    E quando entro aqui o assunto é o mesmo...incrivel...vou te seguir é a lei das energias irmãs..rsrsrs
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  92. Olà Smareis,
    Vim agradecer e retribuir sua visitinha, gostei imenso do seu blog e tambem vou segui-la.
    Gostei muito da refleção e digo:

    "Somos tão fúteis que nos importamos mesmo com a opinião daqueles que não nos importam. "
    (Marie von Ebner-Eschenbach)

    Bjks.Celeste

    ResponderExcluir
  93. Seu blog é lindo, parabéns. Lógicamente já estou te seguindo.
    Te convido a conhecer meu outro blog e se gostar me seguir tb www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com
    bjs
    Vivi
    www.viviass.blogspot.com

    ResponderExcluir
  94. Olá!
    Adorei seu blog! Te sigo!

    Fique a vontade se quiser conhecer o meu.

    Abçs

    http://escritoradeartes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  95. Oi
    Obrigado pela visita
    também estou te seguindo agora
    gostei muito do seu blog
    Parabéns
    bjos

    http://pedacosd1vida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  96. Adorei o seu blog e já seguindo.
    Li esse texto a alguns anos e é ótimo.
    A normalidade é algo totalmente subjetivo. O que é normal para uns não para outros. Resta saber, de fato, o que seria a tal normalidade.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  97. Olá, boa tarde!

    Muito obrigado pela visita ao Espaço Holístico. Volte sempre!
    Gostei do seu blog! Estou te seguindo e coloquei um link no Espaço Holístico para que outros possam acessar.

    Beijo,

    ResponderExcluir
  98. Viver o alheio é o que a maioria faz quando deveria viver-se. Um abraço.

    ResponderExcluir
  99. ...quem senão nós mesmos
    e o maldito ego ditando
    regras para agradar
    o mundo?

    porisso tantos divãs
    abarrotados de conflitos.

    bjinhos, querida!

    ResponderExcluir
  100. E como isso é verdade!Eu acho que consegui criar o meu normal,não levo a sério o modelo ideal que criaram por aí...
    "O normal de cada um tem que ser original"
    Eu assino embaixo!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  101. A normalidade é relativa, dependendo de muitos factores,sobretudo de quem somos e onde estamos,com quem estamos.
    Estou encantanda por estar aqui, é encantador teu site, rico e pleno de conteúdo e bem equilibrado.
    Posso fazer a Ti uma pergunta?

    Abraço carinho.

    ResponderExcluir
  102. Lovely your blog, sorry I can't understand all you say. Of course I'll follow you also!!

    ResponderExcluir
  103. Que bom que gostou da continuação de "O Casamento de Sarah", Samareis! Abraço, linda!

    ResponderExcluir
  104. É bem verdade teu texto, o que esperam e de quem esperam é bem abstrato, eu particularmente acho que sofro da doença contrária rs, A normose; mas ser humanos aparte, o comportamento humano é simplismente apreciável e discutivél em todas as suas vertentes. Agradecida por tuas palavras, concordo com você o Brasil é lindo! Também gostei de seu espaço.Seja bem vinda!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  105. Nossa adorei seu blog
    e esse texto da Marta É INCRIVEL
    Parabéns!!

    ResponderExcluir

Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!