Quando a solidão dói demais...

Pintura de Vidan

Em primeiro lugar, creio que seja imprescindível esclarecer que as pessoas não se sentem solitárias somente quando não estão se relacionando afetivamente com outra. Muitas vezes, a solidão toma conta da gente de forma profunda e dolorosa mesmo quando estamos acompanhados. Por outro lado, muitas pessoas não experimentam esse sentimento nem quando estão sós.
Então, vale dizer que a solidão é um sentimento que nada tem a ver, necessariamente, com o fato de estarmos sozinhos ou comprometidos. Antes de aflorar e tornar pesada e triste a nossa vida cotidiana, a solidão é uma dor que nasce dentro da gente, em função de um vazio que deveria ser preenchido não por qualquer outra pessoa que não seja nós mesmos. Solidão é a falta latente e excessiva de amor-próprio. Ou seja, é a carência de um sentimento que nem nós mesmos estamos conseguindo nos dar.
Mas, geralmente, justificamos a solidão que sentimos pela ausência de um amor, de um relacionamento afetivo satisfatório, compensador, recíproco. E, assim, nos sentindo vítimas de um abandono inexplicável e conseguimos apenas chorar. A impressão que temos é a de que o mundo não tem mais razão de ser, como se esse espaço vago, escuro e frio que ocupa o nosso coração fosse transbordar e inundar toda a nossa vida, nos afogando numa tristeza sem fim...


No entanto, costumo pensar que a vida é uma grande mestra. Acredito sempre que as nossas dores são como preciosos sinais, para que percebamos que algo precisa ser mudado. Então, se você sente que a solidão está consumindo toda a sua alegria de viver, sugiro que você tente descobrir o que a vida está querendo lhe dizer. Qual é a parte dentro de você, ou qual é a área de sua vida que você abandonou? E em nome de que ou de quem você tem feito isso consigo próprio?

Imagine uma boneca numa prateleira de uma loja. Por algum descuido de um vendedor, ela caiu atrás de outros brinquedos e ficou invisível aos olhos dos compradores. Assim, meses se passaram e ela foi ficando empoeirada, suja, sem cor e sem atrativos. Certo dia, um vendedor encontrou a boneca enquanto limpava as prateleiras. Imediatamente pensou em jogá-la no estoque da loja, como mercadoria estragada. Afinal de contas, comparada aos demais brinquedos, com aparência de novos, perfume gostoso, cores vibrantes e embalagens atraentes, certamente ninguém se interessaria por aquela boneca e ela ficaria ali somente ocupando espaço. Realmente, ele tinha razão em seu raciocínio. Ninguém daria preferência a um brinquedo sujo e feio podendo escolher entre tantos outros bonitos.

Nós também somos como as lojas de brinquedos e, na correria do dia-a-dia, algumas de nossas bonecas, alguns de nossos brinquedos caem atrás de nossas prateleiras. Terminamos nos esquecendo deles e eles perdem seu viço, sua cor, seu brilho. De repente, ao olharmos para dentro de nós com um pouquinho mais de atenção e descobrimos nossos brinquedos sujos. O que fazemos? Jogamos um por um em nosso depósito de lixo? Desistimos deles por causa de seu estado de deterioração?

Não somos objetos, somos pequenos pedaços de amor, somos fragmentos de vida e precisamos de cuidados que somente nós mesmos podemos e sabemos nos dar. Ao invés de ignorarmos nossas partes sujas e feias, precisamos urgentemente cuidar delas, limpa-las, tratá-las com carinho e transformá-las em luz, em beleza, em atrativos.
Caso contrário, os meses vão passando, os anos vão embora e a nossa vida vai se resumindo em prateleiras vazias e depósitos abarrotados de lixo! E o que nos resta é uma solidão profunda e dolorida, um silêncio amargo que impregna tudo ao nosso redor. Mas felizmente podemos mudar isso. Sempre haverá força e coragem em algum cantinho de nossa loja para iniciarmos uma limpeza geral.

Dispense a solidão e contrate o amor como segurança da sua loja. E esteja certo de que ninguém fará isso por você, por mais que você espere, por mais que você peça, por mais que você implore. Surpreenda a todos. Surpreenda você. Feche-se para uma reforma. Coloque-se um prazo para reabertura de suas portas e inaugure uma nova e maravilhosa loja, com prateleiras repletas de lindos brinquedos. E eu lhe garanto que a solidão passará longe de sua porta!

Rosana Braga

---------------------------------------------------------------------------------
Pessoal, não foi possível atualizar durante a semana devido alguns compromissos, e também um probleminha que apareceu na minha máquina. A tecnologia é tudo de bom, mais também tem suas falhas. Obrigada a você pelo carinho pela amizade, sou feliz em poder dizer que tenho amigos... Alguns que já carregam a alcunha de irmãos de tanto que os considero. Gosto de cada um de forma única, e saibam que todos aqueles que afetuosamente, chamo de meu AMIGO (A), podem contar sempre comigo, e que moram em meu coração... Obrigada por existirem no jardim de minha existência!
Grande beijo em teu coração!

179 comentários:

  1. Parece-me que colocou o dedo na ferida, no sítio onde dói mais e nos deixa desconfortavelmente sós.

    O egoísmo é uma doença grave.
    Devemos libertar-nos amando sem cor nem tempo. Numa entrega e numa dádiva total.
    Assim aprendemos a viver o amor e conseguimos ser amados por todos.

    ResponderExcluir
  2. importante post, desmontando el mito de la soledad como contrapartida a la relacion de pareja, sentimental, etc, que a tanta gente atormenta por propagacion; es importante, pero mas es llenarse uno mismo de todos los amores que nos rodean. saludos

    ResponderExcluir
  3. Hace un minuto le dejaba un comentario a una amiga bloguera sobre la importancia de no olvidar ningún momento de nuestra vida..sea alegre o triste, todo es un conjunto que forma parte de nuestro ser y olvidar algo sería como esconderlo detrás de ese armario para siempre..
    Tienes razón cuando dices que la soledad no viene en los momentos en que estamos solos...se puede estar acompañado de muchas personas y sentir ese amargo y dulce sabor de soledad..Gracias por esta bellas palabras que has dejado...feliz domingo

    ResponderExcluir
  4. Bom dia querida amiga!
    Que lindo texto você nos presenteou!
    Nós somos muito valiosos aos olhos de Deus, portanto temos que cuidar bem desse presente que nos foi ofertado com tanto carinho, e cuidar para que a solidão nada danifique.
    Dizer adeus a ela e não permitir que em nós faça morada, pois não temos motivos para sentirmos só!
    Beijo e um feliz domingo Smareis!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  5. Nossa, esse é o tema,,,a solidão muitas vezes vem assim, do nada, são tantos tipos, e sendo o pior deles aquela solidão em meio a muitas pessoas, já ouvi dizer nesse longo caminho de pessoas que amam a solidão, no que discordo totalmente, solidão é algo que vem, acontece, acolhe a gente de uma forma que muitas vezes é difícil sair dela, mas são momentos terríveis da vida,,,momentos que nos fazem refletir muitas e muitas coisas,,,boas, e más...beijos de bom domingo e uma linda semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  6. Passei pra te desejar um domingo maravilhoso e para agradecer todas as vezes que você carinhosamente esteve visitando meu blog.
    Espero que volte sempre, pois seu carinho por lá me deixa muito feliz...


    Beijos


    Ani



    http://cristalssp.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Smareis!

    Desculpe a ausência - um longo tempo mesmo, hein? Bom, vou tentando retornar :)

    Um texto bem interessante. Acredito que uma coisa é estar sozinho, outra é ser solitário. E se eu fosse um biólogo, diria que nunca estamos solitários, basta verificar as relações que temos com o nosso meio diariamente. Mas acredito também que em algum momento da vida teremos que lidar com a solidão - e por mais difícil que seja ( e duro!) teremos que lidar com ela.

    O que não pode acontecer jamais é desistirmos de nós mesmos - e para nos descobrirmos às vezes um pouco de solidão pode ser compensadora. Mas só um pouco :)

    bjs e excelente domingo!

    ResponderExcluir
  8. Maravillosa descripción sobre la soledad. Soledad interior que es la que más se aferra y es más dificil de soltar.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  9. Minha doce amiga apenas venho do fundo do meu coração agradecer, hoje aqui é dia da mãe, não tive aqui a minha filha mas a tive pela Internet, mas tive a filha dela que é a luz da minha vida, o seu poema é lindo demais eu já estou postando outro dedicado à minha neta se não era este mesmo que eu ia postar mas não perde pela demora.
    Minha linda se quiser veja o que eu fiz em nome da minha neta para a mãe dela, vai gostar está no gastandootempo que está no seguimento dos meus blogues que estou a seguir, um grande e forte abraço bem apertado de coração...

    ResponderExcluir
  10. As reflexões que sempre nos oferece são profundas e necessárias. A solidão fica inexplicável até que encontremos a lacuna cujo preenchimento se impõe. E nada tem a ver com a presença de um companheiro e, até mesmo, de outras pessoas ao lado.

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  11. De nos jours tant de gens souffrent de la solitude...
    J'ai eu beaucoup d'intérêt à lire votre publication...
    gros bisous

    ResponderExcluir
  12. Un post para reflexionar. Saludos.

    ResponderExcluir
  13. Minha amiga, estou vivendo sózinha há trinta anos, depois de um casamento de treze.

    Mas ainda tenho como lema: Antes só que mal acompanhada!

    Um excelente domingo, linda

    ResponderExcluir
  14. Mi querida amiga, una excelente reflexión, la soledad, hoy día es muy habitual, dado a la manera que tienen nuestras sociedades de vivir. Lo llenamos de vanidades y lo esencial lo dejamos fuera de nuestro ser.
    Gracias
    Con ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  15. Smareis

    Amei seu texto
    Solidão: fragmentos da vida quie sempre devem ser pinceladas com novas cores.
    Só sente solidão quem não está bem consigo mesma
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Belo texto!
    A solidão dói sim... mas existem coisas que só mesmo sozinha conseguimos fazer. Como por exemplo: Fazer uma meditação, reflexão... rs

    Então, olhando por esse lado... a solidão não é tão ruim assim. É só sabermos conviver com ela, caso não haja outro jeito rs

    Amei amiga seu texto, como tantos outros. Parabéns!!
    Bjinhos no ♥

    ResponderExcluir
  17. Penso que a solidão(não só na questão de querer ficar sozinhos) é algo necessário, algumas vezes! Eu sou assim. Sinto falta, em alguns momentos, de estar sozinha. De poder me sentir comigo mesma. Já até falei sobre isso. Mas, não acredito que as pessoas gostem de se sentir solitárias sempre... precisamos do outro!

    Sobre a questão da falta de tempo, entendo perfeitamente, viu? Tem vezes que fica difícil conseguir blogar sempre...

    Ah, vim lhe convidar pra visitar o blog do queridão Paulo Cheng. Ele postou uma entrevista comigo. Se desejar conferir => BASTA CLICAR AQUI

    bjks JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  18. Lindo!!!
    A vida é uma grande mestra e Deus nos deu tudo para aprender o essencial....

    Beijos e bom domingo querida Smareis!!

    ResponderExcluir
  19. Que esse finalzinho de tarde seja
    bom pra vc pq o texto eu adorei
    Sempre parabenizando pelas belas postagens..Abraços Rita!!!

    ResponderExcluir
  20. Smareis minha querida,

    Maravilhoso texto, feliz colocação de cada palavra a se tratar de solidão.
    Eu diria que solidão é está com o coração cheio de gente e viajar na desânimo por uma dor que se sente...

    As tuas postagens são dignas do pensar, sempre nos levando a reflexão, o que termina por acalmar as vezes de então...

    Gosto tanto de ti menina,
    tuas palavras tem versos de almas
    e feliz companhia és tu para com todos navegar...
    ... depois dessa fico aqui a pensar... Onde está a solidão?

    Feliz semana pra ti

    Bjinhus

    Livinha

    ResponderExcluir
  21. Adoro passar visità-la e ler seus lindos textos Smareis.
    Estar sozinho não é ser solitário, porque quem tem fé nunca está sozinho.

    Bjs.Celeste

    ResponderExcluir
  22. Quando a solidão dói demais
    Quando dói, a dor é sempre dor
    Seja onde for, ela está sempre a mais
    Às vez dói, por falta de amor!

    Quando vai e teima em não voltar
    Fica a dor interior
    Com o seu regresso poderá sarar
    Com um simples gesto, oferecer uma flor.

    Obrigado pela sua amável visita,
    resto de bom domingo,
    um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  23. Lindo o texto da Rosana!
    Fala fundo em nossa alma. obrigada por me fazer meditar.
    bj Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  24. Não falo da solidão da velhice... essa é diferente.
    De resto é apenas um estado de espírito que está nas nossas mãos mudar!
    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  25. Quantas vezes, sentimo-nos sozinhos, perto de certas pessoas...

    ResponderExcluir
  26. Smareis,um texto muito lindo e que nos toca profundamente!Bjs e meu carinho!

    ResponderExcluir
  27. Acho que foi um dos melhores textos que já li aqui em seu blog, Smareis.Excelente reflexão sobre a solidão.Destaco essa parte porque foi a que me tocou profundamente.

    Solidão é a falta latente e excessiva de amor-próprio. Ou seja, é a carência de um sentimento que nem nós mesmos estamos conseguindo nos dar.

    E por não nos darmos procuramos outra pessoa que nos dê.Colocamos a nossa felicidade nas mãos de outra pessoa... Quer dizer: Criamos a nossa própria arapuca, por puro comodismo.Não é atoa que tem tanta gente reclamando de solidão.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  28. Linda escolha, Smareis. Eu creio que a solidão é a falta de si. Portanto, nós somos nossas melhoras companhias. Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  29. Buenas Noches Smareis, minha linda!
    me dá alegria de estar de volta por aqui, lendo seus conselhos maravilhosos escritos com o coração. Eu senti a falta de suos textos luminosos! Abrazos.

    ResponderExcluir
  30. Boa noite Samreis.

    Texto interessante, gostei.
    Dizes: Solidão é a falta latente e excessiva de amor-próprio.
    Talvez seja por isso que as pessoas busquem alguém ou algo que possa preencher essa vazio, não entendem o motivo da solidão. Existem aquelas frustrações, sonhos não realizados por falta de ânimo, que por não realiza-los nos faz sentir vazio. Parabéns pelo texto e pelo conselho que dás, de nos ajudar a encontrar o erro.

    Abraços, linda e abençoada noite pra ti.

    ResponderExcluir
  31. Sinal dos tempos.

    Só sente solidão quem não se envolve consigo mesmo.

    O texto é excelente!

    Boa semana.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  32. Olá Smareis,
    Lindo texto!
    Obrigada pelo carinho de sua visita e excelente e abençoada semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  33. Oi Samereis,

    Esqueci de responder a tua pergunta.
    Não, Nívea Soares não é irmão do R.R. Soares.
    Obrigado pelo carinho.

    Abraços, até logo.

    ResponderExcluir
  34. Eu já me senti sozinho no meio de muita gente.
    Hoje, mesmo quando estou só, nunca me sinto solitário, e nem isso me incomoda.
    As "bonecas" que caíram atrás da prateleira sempre guardam algum atrativo, embora às vezes não percebam...
    Abraços, Smareis!

    ResponderExcluir
  35. Minha linda,
    espero que tenha gostado do post de cuecas.. rs
    Beijos e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  36. Tú nunca estarás sola. Y gracias a ti, mucha gente tampoco.
    Un abrazo grande,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  37. Olá amiga,
    Que texto lindo para reflexão.
    Erradicar o nosso egoísmo, a nossa cegueira e olhar o mundo com o coração faz de nós seres mais felizes e menos solitários.
    Grata pelo seu carinho e amizade.
    Excelente semana.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  38. Olá Smareis,

    Solidão é um estado de alma. Sentimos solidão quando nos perdemos, em algum ponto, de nós mesmos.

    Excelente texto e reflexão.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  39. Smareis,
    querida amiga!
    Lindo o texto, (embora não seja teu!).
    Creio que solidão é uma coisa, estar sozinho é outra. Quando estamos sozinhos nos permitimos uma reflexão, tantas vezes necessárias; mas na solidão, não parece haver saída, embora eu não acredite totalmente na solidão, visto que nos relacionamos com todas energias do Universo.

    Smareis, querida!
    Muitíssimo obrigada pelas felicitações em razão de meu aniversário, me emocionei... palavras lindas de escritora! E sei que são sinceras!

    Grande beijo e ótima semana *-*

    ResponderExcluir
  40. Nosso grande tormento na vida vem de que estamos sozinhos e todas as nossas ações e esforços tendem a fugir dessa solidão.

    beijos

    ResponderExcluir
  41. Solidão pode ser opção ou medo de viver...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  42. Boa noite, Smareis.
    Acho que tem vezes em que a solidão bate tipo um trem desgovernado, mesmo.
    Mas daí é só lembrarmos daqueles que nos querem bem e que se preocupam verdadeiramente conosco que esse sentimento desaparece.
    Abraço e uma ótima semana pra ti, Smareis.

    ResponderExcluir
  43. Olá, amiga Smareis!
    A solidão é realmente subjetiva.
    Além de Deus, estou sempre acompanhado com meus "alter ego" e cada um me faz bem companhia: seja o que gosta de escrever, o que gosta de ler, andar de bicicleta, brincar com minha filha, com as palavras, enfim, divirto-me com todos meus eus.
    Qualquer companhia de quem gosto já me basta para me tornar alegre.
    Mas há pessoas que a solidão é uma companheira fiel.
    Sendo assim, nunca estou ou me sinto só.

    Parabéns pela escolha do texto!

    Abraços do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
  44. Querida amiga,

    Gosto muito e sempre de ler os textos e as questões colocadas aqui para reflexão. Achei muito correto o texto na íntegra. Muito obrigada, Smareis.

    Beijos com carinho e ótima semana.

    PS Que tudo se resolva rápido e satisfatoriamente.

    ResponderExcluir
  45. Obrigada amiga querida! Por nos proporcionar uma leitura ótima, que nos fez pensar, refletir....Uma semana feliz e cheia de oportunidades! Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  46. Hola Smareis, bella reflexion amiga. Siempre es maravilloso leerte, cuidate.

    ResponderExcluir
  47. Está í um texto com o qual me idetifiquei. Estar só não pode ser só dor, pois à vezes precisamos estarmos sós.

    Passe lá no meu espaço: http://palavrasproferidas.blogspot.com.br/

    Tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  48. Não sabermos ser boa companhia para nós próprios gera a maior das solidões .

    Um beijo Smareis e boa semana

    ResponderExcluir
  49. Excelente: por vezes a solidão é necessária mas não por tempo demasiado!
    Muito bom, como sempre!

    Já não vinha visitar-te há imenso tempo: me perdoa- anda completamente "confusa" na ordem dos blods a vititar! Posso mesmo dizer que ando "perdida" e acabo por "falhar" algumas visitas...ME PERDOA; sim? Bj

    ResponderExcluir
  50. Minha querida e doce amiga , a avaliar pelo carinho que ser maravilhoso você deve de ser; para mim você é um anjo daqueles que ainda andam na terra, como eu já tenho encontrado alguns por aqui.
    Mas que tristeza de um momento para o outro eles partem para outras paragens me deixando sozinha só na saudade, mas eu penso que valeu a pena pois mais triste é nunca os ter conhecido assim ficamos pensando neles o resto da vida.
    Quem passa por nós nunca vai só leva sempre algo e deixa algo de bom.
    Meu amorzinho tenha uma linda semana, cheia de luz com as cores do arco-íris, beijinhos de luz e muita paz no seu caminho que ele seja sempre um prazer ao percorrer.
    Sempre amiga Franciete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Franciete, doce amiga, obrigada pelas palavras linda e carinhosa, você também é especial.
      Fico super feliz em te vejo aqui.

      Muito obrigada!

      Beijos grande!

      Excluir
  51. Oi meu amor de amiga, esta é uma daquelas lições de vida que todos nós deveríamos de aprender e fazer, mas pena que nem sempre o conseguimos por que temos sempre falhas.
    Quando a vida nos dá a curva dos cinquenta a poeira começa a cair, com mais intensidade em cima de nós e começamos a ficar também como a boneca, um pouco escondida, por vezes até nos queremos esconder de nós mesmos.
    Esta é a prateleira a onde eu me venho há muito a esconder, e onde jamais quero ser vista, passou a juventude, passou aquele pedacinho de beleza e os atractivos se foram, e se vão cada dia mais e mais.
    É pena que nos falte tanto a coragem e que o sofrimento vá tomando conta de todo o nosso interior, beijinhos de luz e muita paz no seu coração e limpe sempre a poeira para enxergar sempre bem longe...

    6 de maio de 2012 08:27
    Excluir

    ResponderExcluir
  52. é engraçado, ao contrario da maioria, eu gosto de ficar so, pelo menos algumas vezes.
    quanto a voltar, nao vejo nenhum motivo para isso, mesmo porque recebo mais comentarios agora que encerrei as atividades do que antes. talvez a ausencia seja mais expressiva e interessante que meus textos. vai saber. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Benno,

      Também gosto muito de ficar só, a solidão por vezes é bem vinda.
      Acredito que você vai estar de volta logo logo com seus brilhantes textos.
      Vou estar esperando na primeira fila.
      Grande abraço meu amigo!

      Excluir
  53. Hola Smarei....
    La solitude,ca n'existe pas...
    7000000000 (You and my included).
    One world, with beatiful people, living their life's.
    With nature and animals, to keep everything in balance.
    Gros bisous,Willy

    ResponderExcluir
  54. lindo demais o texto! a solidão é msm um tema complicado... tantos tipos...

    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  55. OLá, obrigado pelas palavras deixadas no meu canto.

    este seu texto está delicioso. A solidão habita em nós porque temos défice de auto-estima, concluir-se-á assim? existe aqui toda uma diferente perspectiva da solidão que gostei muito de ler e à qual tenho de voltar.

    Silêncio e solidão são coisas diferentes para mim, mas concordo que só estamos sós quano nao nos sabemos acompanhar a nós mesmos...

    Um beijinho amigo

    ResponderExcluir
  56. Fiquei sem palavras com esta magnífica reflexão!! Idem!

    ResponderExcluir
  57. Olá Smareis!
    :)

    Gostei demais desse texto! Muito mesmo!
    Na verdade, existem tantas formas de encarar a solidão.
    Uma pessoa pode se sentir só, em meio a uma multidão, e um monge, retirado do mundo, por iniciativa própria, pode se sentir repleto e desconhecer completamente a solidão.

    Afinal, somos nós que ditamos o caminhar da nossa vida. Somos nós que fazemos as nossas escolhas e somos os únicos responsáveis pela nossa felicidade.

    Super beijo pra você.

    Fique com Deus.

    Cid@

    ResponderExcluir
  58. Uma excelente segunda feira pra ti minha amiga, muitas flores, paz e poesias...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  59. Smareis, minha querida,
    Tens razão quando dizes que a solidão é produzida por nós mesmos, dentro de nós.
    Mas como sentir-se solitário? A vida, num todo, pulsa ao nosso lado, num abrir e fechar de olhos. Enquanto você para a pensar, nascem e morrem milhares e milhares de pessoas no mundo inteiro.
    Enquanto pensamos em como estamos tristes, muitas vezes, por nenhum motivo especial, as flores se abrem. lindas e perfumadas, nos jardins da existência. E assim é, por aí a fora.
    Solidão? Por que?
    Se há tantos meios para contatar-nos hoje em dia, com os mais diversos cantos do mundo e com nossas amizades, com nossa família, e principalmente,
    com nosso "eu" interior, ordenando, com o poder mental, que a solidão se afaste e dê lugar ao normal estado do ser: feliz e satisfeito com o que possui e recebe de Deus.
    Sabe o que está faltando às pessoas?
    Agradecer. Agradecer a Deus por tudo o que a vida nos oferece, seja de bom ou ruim, pois recebemos sempre por merecimento.
    Um grande beijo, amiga.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  60. Gostei demais do jeito como "tratou a *Solidão...foi uma lição pra mim, e essa comparação com brinquedos da lojinha que ficam "abandonados, eu captei, isso sim é se sentir só; mas solidão não precisa ser sentimento triste, não.
    Ser só pode ser agradável e uma opção de vida*; temos amigos e quando estamos a fim detonamos a tal* e amamos... "Viver junto e sentir-se só... ah, já passei por isso! É triste!

    Beijo, parabéns pelo texto maravilhoso e pr compartilhar.
    Mery*
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  61. Amiga te mando un gran abrazo

    chica mereces que solo te pasen cosas buenas en tu vida

    desde aca te deseo lo mejor

    cuidate mucho y suerte

    ResponderExcluir
  62. Olá Smareis, desejo que tudo esteja bem contigo!

    A solidão de cada um depende do modo como cada qual encara sua jornada.
    Imaginar que cada qual é o único que necessita sobreviver, além de ser deveras mesquinho, nos faz sentir todo o peso do nosso egoísmo!
    E por cá todas as vezes que tenho chance de passar, admirado não me canso de ficar, pois sempre tem um belíssimo pensamento postado para me encantar. E assim sempre agradecido venho por cá, tanto pelo belo espaço, e, também por tuas gentis visitas e comentários por lá. Ótimo texto e uma deveras bela imagem, como sempre, parabéns!

    Sendo assim eu deixo meu desejo que você e todos ao redor tenham um viver intenso de felicidade, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  63. Só acrescentando, hoje em dia, a maioria das pessoas estão tão preocupadas apenas consigo mesmas, que acabam afastando as pessoas. E é sempre preferível estar só do que mal acompanhado. Esta observação entra em choque frontal com o grande desespero demonstrado com a solidão. As pessoas que não se importam tanto estar sozinhas, muitas vezes são mais solidárias e se preocupam mais com as outras pessoas. Definitivamente não são populares, pois, por estarem menos preocupadas consigo mesmas, acabam não querendo chamar a atenção sobre si mesmas, fazendo até questão de ficarem escondidas, quando vêem que não podem coloborar. Outras pessoas gostam de chamar a atenção sobre si mesmas e, por isso mesmmo, acabam chamando, ficando populares e famosas. Destas, pouca solidariedade verdadeira se pode esperar. No fundo, a solidão pode até ser uma coisa boa. Por isso, muitas pessoas que fizeram diferença no mundo eram pessoas solitárias.

    ResponderExcluir
  64. Sempre encantador passar por este lugar até para uma séria reflexão!

    ResponderExcluir
  65. Ótimo texto!
    Na minha crise dos 30 fiz essa "reforma", o resultado foi mesmo maravilhoso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  66. O texto é profundamente bonito, mas às vezes a solidão é oportuna para reaprendermos à vida.
    Abração.

    ResponderExcluir
  67. Amiga Smareis. Preciosa reflexión aobre las soledades del alma.
    Gracias por tu visita.

    Un gran abrazo desde Huelva en España.

    ResponderExcluir
  68. Isso. Smareis! Como tantas outras coisas, a solidão está dentro de nós. Não depende de termos ou não companhia física. É fundamental aprendermos isto, para que nos relacionemos bem com ela. Boa semana!

    ResponderExcluir
  69. Oi Smareis,

    Um tema de extrema importância.
    Quem já não se sentiu sozinho? Quem ja não passou por solidão e falta de amor próprio. E aí podemos ler nesse temos varias explicações para podermos preencher essa lacuna. Eu sei que Deus sempre esta comigo, mas é nessas horas que eu sinto melhor sua presença.
    Por isso hoje costumo dizer que não estou mai só.
    Beijos moça

    ResponderExcluir
  70. Solidão pra mim tem a ver com estado de espírito... às vezes a gente se sente só mesmo no meio da multidão, nzé? Hehehehe! Muito bom, querida. Mesmo! Valeu a pena esperar por este post... hehehe! Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  71. Solidão é um estado de espírito que quer nos indicar que precisamos dar atenção para algum ponto de nossas vidas que estamos desprezando.
    Uma boa semana. Beijos.

    ResponderExcluir
  72. Oi Smareis!
    Que belas verdades! A solidão é um mal que assola à muitas pessoas e com a tendência a se tornar mais frequennte neste corre-corre da vida moderna e da efemeridade dos laços afetivos, sejam amizades, casamentos. Este vazio nem sempre pode ser preenchido por pessoas, mas também por desejos e sonhos a serem buscados.
    Beijinhos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  73. Hola! Muy lindo todo lo que escribes, Un placer leerte. Me quedo leyendo todo lo que me habia perdido bendiciones

    ResponderExcluir
  74. Excelente reflexão minha querida.
    Solidão é a ausência de nós mesmos. Esse vazio da solidão se faz quando nos abandonamos e o sofrimento fica mais intenso ainda se não cuidamos de nós e ficamos esperando que os outros o façam.
    Boa semana amiga, beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  75. Smareis, siempre es un placer acudir a tu blog. Disfruto, reflexiono y aprendo de tus interesantes post.
    Es cierto que para existir el ser humano debe ser visible. A veces, las prisas, el estrés, impide tener una visión sosegada y tranquila de la propia vida para poder pensar. Es preciso adoptar una actitud más positiva. Se puede caer fácilmente en la soledad aunque se esté rodeado de muchas personas. Es preciso detenerse y disfrutar de las cosas sencillas, dedicarse un tiempo para si mismo.
    Sin dua es un artículo que me deja pensando.
    Gracias por compartirlo.
    Alegre por tu regreso.
    Abraços

    ResponderExcluir
  76. Querida Smareis..
    É sempre uma delícia entrar aqui em seu cantinho e ler seus textos.. sempre com escolhas formidáveis e que nos encantam!

    Beijão imenso em seu coração e uma maravilhosa semana para vc!!

    Verinha

    ResponderExcluir
  77. Olá querida amiga,

    Belíssima reflexão!

    Bjos no coração

    ResponderExcluir
  78. Ótimo post..

    Gosteii msm!

    Ótima Semana ")

    Muitos Beijos ;*

    ResponderExcluir
  79. Olá amiga querida....
    Gosto de passar aqui e ler seus post. Sempre bonito e bem escrito.
    Obrigada pela visita em meu blog.

    Ótima semana pra voce.
    Fica com o Papai do Céu.
    Aus 1000 e Beijos 1000 com carinho das amigas...

    KIPPY & LILLY

    ResponderExcluir
  80. Solidão

    Ei-la, veemente, surge com seu manto
    de púrpura na noite toda escura.
    Ela, altiva, com cores de ternura;
    O relógio não marca seu encanto!

    O Astro Rei vem, volta, no entanto,
    surgem na fronte rugas de torturas,
    e, silente e surdo... Oh! Loucura:,
    é a lâmina da morte sem o pranto!...

    A mente desvairada obumbra,
    e a alma jaz obtusa, na penumbra:
    lembra da utopia como remédio.

    A TV mostra o globo cor-de-rosa;
    não existe o filme de outrora,
    e, todo comercial é o mesmo tédio.

    Machado de Carlos

    ResponderExcluir
  81. Minha querida amiga,
    Embora longe pelos motivos que já deves supôr, eis-nos de novo e hoje tocas num tema (como sempre!!) que me é muito caro. A solidão para mim não pode ser motivo de tristeza porque quando estou só, não me sinto só. Sei que alguém chega, que a noite é mais uma forma de apreciar o silêncio que nos remete ao solitário mas gostoso. Estar só não é sentir-se só. E quando a solidão inquina o dia é porque dentro de nós algo grita e nós não ouvimos. E a falta de amor próprio é já um alerta da alma para cuidar da cápsula que transporta a nossa alma. Então é preciso alindarmo-nos porque a nossa Essência também faz parte deste todo de que somos feitos. Depois vejamos o silêncio não como o isolamento do nosso Eu mas antes uma ocasião para relaxarmos e pensar mais em nós para nos suportarmos e "suportar" os outros com mais amor. Sem silêncio...tudo se resume a uma correria para um vazio, e quando acaba temos a impressão que depois da meta atingida nada mais há para alcançar. É que depois da meta...
    existe a luz ao fundo do túnel.!
    Terno abraço querida amiga. Sempre tão bom encontrar-te!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manuela minha doce amiga grande poeta.

      Desejo sucesso nessa apresentação e lançamento do livro “INQUIETUDES” . Estarei por lá em pensamento,com a alma e o coração aplaudindo-te.

      “INQUIETUDES” e "O VENTO E AS VENTANIAS" com certeza será grande sucesso.

      Sucesso amiga!

      Beijos!

      Excluir
  82. Estar só não é nada estranho e nem por isso nos sentimos infelizes, mas o problema é quando sabemos que temos tudo o que a vida nos pode dar de bom e sentimos solidão, sentimos um vazio que não sabemos explicar. Temos família bem unida, amigos, situação financeira boa e o vazio continua; por mais que nos ocupemos, por mais que tentemos fazer aquilo que nos realiza, o vazio está lá e a ele se junta uma tristeza que não desaparece. Porquê? Aqui sim...está um problema sério que nos impede de curtir a vida e de aproveitar as pessoas lindas que estão junto a nós.É uma resposta que devemos procurar todos os dias nem que precisemos de nos isolar do mundo uns dias para refletirmos. Belo texto, Smareis! Não te preocupes com a ausência; há alturas em que o tempo não nos permite passar por aqui as vezes que desejaríamos, mas os amigos sabem isso, pois todos passam pelo mesmo. Agora vou ser eu que vou ter de me ausentar um pouco, pois vou ter comigo uma sobrinha do Brasil e, claro, tenho que lhe dar atenção. Fica bem, amiga e obrigada pelo belo texto. Um beijinho
    Emília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emilia minha amiga, essa resposta precisamos procurar com certeza, e e ela esta dentro de nós. Refletirmos sempre dá resultado...
      Minha amiga,Não demore muito a voltar dessa sua ausência, estaremos a sua espera.
      Obrigada pelo carinho de sempre.
      Beijos!

      Excluir
  83. Samreis, um beijo no seu coração. Esse é um daqueles textos que ao terminar de ler, tenho a nítida sensação que, o que em mim ele deixou, foi um convite a reflexão, e isso é bom. Muito bom! Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  84. Texto lindo!!
    Otima semana...
    Fabiola.
    http://blogencontrandoideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  85. Caríssima "parceira" desta vida.
    Deixou-me um comentário no "UCOMETA", mas praticamente já não o actualizo.
    Estou de corpo e alma aqui
    Tenho estado um pouco ausente, por isso não tenho aparecido.
    Vou tentar "colocar a escrita em dia".
    Uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo José, fico feliz por demais em te ver de volta.
      Ja passei por lá.
      Cuidado em sonhar demais kkkk. Enxaquecas é terrivel risosss.
      Grande abraço!

      Excluir
  86. Verdade alguns são solitários devido ao seu alter ego..
    Abomino egoismo conheço pessoas assim acham que estão tão acima dos pobres mortais que ficam só, triste não é mesmo.
    Mas tem a solidão boa e necessária para nos conhecermos e aprendermos a nos amar e ser felizes sem jogar isso nas costas de outra pessoa.

    ResponderExcluir
  87. Querida amiga

    Há na solidão,
    palavras infinitas,
    que nos falam
    com seu silêncio,
    sobre caminhos
    de esperança,
    que as vezes os olhos
    não conseguem ver.


    Que sempre haja amor,
    para alimentar de sentidos
    sua vida.

    ResponderExcluir
  88. Olá amiga! Passando para agradecer as honrosas visitas e informar que estamos de volta, e que continuamos contando com as costumeiras atenção e colaboração.

    Belíssimo e profundo texto da Rosana. Próprio para reflexão.

    Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosemildo que bom que estar de volta, fiquei super feliz em te ver aqui. Muito obrigada mesmo. Ja passaei pelo seu blog.
      Beijos grande!

      Excluir
  89. Oi Smareis, tudo bem?
    Menina, a solidão a 2 é a pior que existe. E em vários pontos concordo com vc.
    Eu sou movido a emoção, o que escrevo coloco minhas emoções, meus sentimentos e de pessoas próximas tbm, dessas eu pego emprestado, rsrs.
    Um bjo querida

    ResponderExcluir
  90. A pior coisa é se sentir sozinho mesmo quando acompanhado ou rodeada de um monte de pessoas. A solidão dói mais.

    Gosto demais dessas reflexões que vc promove.

    Obrigada pelo elogio, Smareis!
    Você é uma linda!


    Beijos.

    ResponderExcluir
  91. Amiga mia tu juventud y cultura estan presente en tus maravillosos relatos.

    ResponderExcluir
  92. Que texto maravilhoso essa da Rosana...lindo post Smareis.Ih amiga esse negócio de sumiço está acontecendo com muitos é a nossa correria do dia- a dia o importante que ganhamos amigos nesse mudo dos blogs, alis que ja´está passando dos blogs e vindo pra vida real,adoro.
    Vc tb pode contar comigo , lembre-se sempre. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patricia, o tempo anda muito curto mesmo, acredito que seja pra muitos blogueiros. Tem amigos que se torna tão especial que tiramos ele do virtual e passamos para o real.
      Você também pode sempre contar comigo.
      Muito obrigada pela amizade.
      Um grande beijo!

      Excluir
  93. Parabéns pelo texto e belissima reflexão...todos nós passamos um vez na vida por momentos solidão, e muitas das vezes acompanhados, pois nos falta alguem especial, alquem que já se foi para outra vida, assim como aconteceu comigo....sou uma pessoa feliz, mas a saudade me traz uma solidão, até em festas...olhe e penso....ahhhhhhhhhhhhh, como me sinto só.
    Sou totalmente sentimental e por isso tb gosto de escrever os meus textos, é uma das formas de poder abrir meu coração a luz.
    Parabéns amiga, por tão sábias palavras de amor e de gd reflexão.
    fiques na paz de dD
    us e sempre nos dando de presentes textos como este.

    ResponderExcluir
  94. Thanks so much for stopping by sweetie, I am your newest follower:)

    ResponderExcluir
  95. "Mas felizmente podemos mudar isso."
    Bem-vinda de volta, Smareis!
    Beijinhos,
    Madalena

    ResponderExcluir
  96. Oi, Smareis. Primeiramente, muito obrigado pelo carinho da presença durante a minha ausência longa. Devagar estou retornando.

    Olhe, eu acho a solidão uma porta com entrada e desvios. As angústias provenientes da existência (aquelas para as quais não encontramos explicação) é que nos atolam em estado de solidão. Isso não importa se estamos fisicamente sozinhos ou cercados de pessoas. Cabe a nós , exclusivamente, cuidarmos para que ela (a angústia) não nos domine a ponto de acharmos que a vida não vale a pena, que não existe amor, que as pessoas não ligam. Ela é boa quando tem data marcada por nós para ir embora e é cruel quando não conseguimos fazer com que nos sintamos bem de qualquer forma. Mas uma coisa é certa, quanto mais pessoas ao redor e quanto mais amor recebemos e principalmente damos, menos esse sentimento faz parte de nossa vida.

    Um grande abraço e obrigado mais uma vez. Paz e bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada José Claudio,o prazer foi meu.

      Fico feliz que esta de volta, seja sempre bem vinda.
      Um grande abraço pra você!

      Excluir
  97. obrigada pelo comentário lá no blog!!
    passando para desejar uma ótima terça feira!

    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  98. Olá!Bom dia!
    Tudo bem?
    ...A solidão dói.
    "Não fomos feitos" para viver sozinho...
    Boa terça!
    Beijos

    ResponderExcluir
  99. Querida, obrigada por tua presença constante e teus generosos comentários.Adoro.Teu post sobre a solidão nos faz refletir sobre o significado da palavra solidão.Ela pode estar plasmada na nossa alma, mas também ser uma boa companhia.
    Depende do momento e das nossas escolhas.
    Amei o texto. Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  100. Amiga Smareis! Adorei o teu texto! Eu neste momento tirei uns dias só para mim,estou na minha casa da praia completamente sozinha e sinto-me bem porque ao mesmo tempo tenho os telefonemas dos pais,irmãos,amigos etc... porque se não fosse assim acredito que ao fim de uns dias a solidão ia começar a doer e não consigo imaginar o que seria se não tivesse ninguém para interromper o meu silêncio nem que seja apenas por 5 minutos.

    Desejo-te uma óptima semana,beijos

    Carla Granja

    http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carla, e aproveite esse descanso, e volte renovada.
      Beijos grande minha amiga♥

      Excluir
  101. Lindo texto para refletir um pouco. Precisamos aprender a ser menos egoístas e assim afastar a solidão.
    Beijos.
    Denir.

    ResponderExcluir
  102. Smareis, Querida

    Ser só, estar só e sentir-se só, são coisas diferentes a reflectir.
    A solidão até pode ser a mistura de tudo ou só coisa. Mas, o estado de Alma é que define da Solidão.
    Um belo tema para muita reflexão.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  103. Uma boa tarde pra você
    Visitar os amigos e amigas deixa
    a gente feliz com tudo que ve
    Poemas,Poesias,artes,receitas
    e toda criatividade só temos
    que deixar nossos elogios,é
    sempre um prazer .Vc merece tudo isso
    Abraços com carinho Rita!!

    ResponderExcluir
  104. Smareis, o auto-conhecimento é um enfrentamento de quem somos do jeito que somos. Amei a história da bonequinha. Se não nos cuidarmos, como poderemos cuidar dos outros?

    Jesus disse que tudo se resumia a apenas duas leis: 1) Amar a Deus sobre todas as coisas e 2) Amar ao próximo como a si mesmo. Assim, tendo Deus como fonte primeira de nossa alegria e amor, poderemos nos amar verdadeiramente. E se nos amamos, então teremos verdadeiro amor para oferecer ao nosso próximo.

    Abraços sempre afetuosos.

    Fábio.

    ResponderExcluir
  105. Uma excelente tarde pra ti minha amiga, repleta de paz e muita poesia...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  106. Verdade amiga! As """"músicas"""" de hoje só tem refrão. E refrão ruim. Hahahaha! Valeu, querida! Bom saber que o TPM te diverte... é pra isso que ele existe mesmo! Bjz!

    ResponderExcluir
  107. Concordo com esse texto. Qualquer pessoa está apta de sentir-se sozinha, tendo alguém ou não. Esse sentimento só está ali porque de alguma forma deixamos estar. Não devemos culpar os outros, mas devemos pensar tão somente o que fazer com essa dor e buscar a mudança.

    P.S.: a música do fundo me trouxe uma paz. Gostei.

    ResponderExcluir
  108. es verdad la soledad es un estado de ánimo, podemos estar rodeados de gente y sentirnos solos....
    muy interesante escrito, saludos amiga

    ResponderExcluir
  109. Olá Smareis!
    Lindo texto sobre a solidão.
    Abraços e muita paz!

    ResponderExcluir
  110. Parabéns pelo texto reflexivo e dos comentários inteligentes, muito interessante tudo! Antecipo-me e te desejo um Feliz Dia das Mães, aquela que é presente de Deus nas nossas vidas! Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  111. Hola amiga! Creo que a veces podés estar rodeado de mucha gente y sentirte solo, lo importante es aprender a estar solo, a estar con uno mismo para después estar bien con los demás!
    Besito
    Rooa

    ResponderExcluir
  112. Olá Smareis,

    acho que todo ser humano é só, tem coisas impossíveis de partilhar, as dores por exemplo, podemos contar com toda presença e apoio do mundo mas uma dor na alma quem a sente não pode dividi-la que quem está ao lado, mas sermos sós não quer dizer ser solitários, sentir solidão é estamos desconectados de nós mesmos e não adianta termos quem quer que seja ao nosso lado.

    O texto é excelente, explica tão claramente e ainda propõe a troca do sentimento da solidão pelo sentimento de amor.
    O amor é um ótimo companheiro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  113. Smareis querida! Tõ com saudade de você..... Tem Selo Comemorativo pra você lá no blog! Uma quarta-feira abençoada! Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  114. mi buena amiga como te visito pra saludarte
    volvere que estoy de fiestas ahora

    ResponderExcluir
  115. Olá, Smareis,

    A pior solidão é quando a pessao se esconde dentro de si, Obrigado pelo seu comnetário no meu blog.Tenha uma ótima semana.

    Um abraço, paz e bem
    GERALDO RIBEIRO

    ResponderExcluir
  116. Uma bela quarta feira pra ti minha amiga, paz e carinho sempre...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  117. Olá,Smareis!!

    Uma bela reflexão!
    A pior solidão é quando nós nos abandonamos.Aí,sim tudo fica mais difícil!
    Beijos querida!!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  118. Pois é, querida... cada modelito """melhor""" que o outro, nzé? Que bom que curtiu! Beijoooooos e boa quarta!

    ResponderExcluir
  119. Olá querida e "especial" Smareis,

    Saudades, não é?
    Eram recíprocas, amiga, tenha disso certeza.
    Há pormenores em seu blog, que são uma fofura, um prazer para os olhos e para a alma. Estive olhando para eles, agora, (um, penso que é bem recente) e não consigo me conter, não consigo deixar de referir, aquilo que senti aos vê-los e a observá-los.

    Para aqueles dias, em que esteve ausente, pelos motivos já explicados, a todos, em seu blog, por você, pôs o SOL todo gordinho e risonho, em cor amarela, quente, como você, que abre e fecha seus braços, como que a abraçar cada amigo, que chega, e da sua boca se soltam corações vermelhos, de paixão e afeto.

    SENSIBLIDADE APURADA E PRÓPRIA DE UMA VERDADEIRA ANFITRIÃ, concluo.

    No lado esquerdo, outro pormenor inteligente, me despertou a atenção: uma bonequinha, de aspeto dócil, nos diz "Boa tarde Visitantes", enquanto pisca, "maliciosamente" o olho a qualquer um(a) amigo (a), que vai surgindo e com a "agravante" de soltar beijinho, em forma de coração.

    CORDIALIDADE E SENSIBILIDADE À FLOR DA PELE, eu já sabia.

    Venho visitá-la, uma vez, apenas, sempre que posta, mas não venho apressada, nem sujeita à tirania do relógio, que aliás não uso.
    Óbvio, que em meus compromissos profissionas, eu tenho horário para cumprir, mas na amizade, na entrega, nas emoções e nos afetos, não tenho hora marcada, nem lugar.
    Gosto de me dar e de estar, simplesmente, sentindo e "saboreando" a outra pessoa.
    É assim, a minha forma de vida, o meu peito e a minha sensibilidade.
    Já não mudo, porque fui e sou muito amada e amo, também.

    E como o amor, a amizade, a sensualidade, a sensibilidade e a cumplicidade, são entidades abstratas, mas para mim palpáveis e intrínsecos à minha pessoa, aqui estou junto de você para dialogarmos.

    Já nos conhecemos, o suficiente, para estarmos à vontade, uma com a outra, e desabafarmos, falarmos desde a moda à família, aos problemas sociais e ao amor.

    A CONFIANÇA ALCANÇA-SE, QUANDO NENHUMA DAS PARTES FALHA. É o nosso caso.

    Hoje, não lhe trouxe rosas vermelhas, como vai já sendo hábito, lhe trouxe uns docinhos tradicionais portugueses, doçaria conventual do Alentejo, província onde nasci e a que, gloriosa e honradamente pertenço.

    Já falámos de tanta coisa, mas a minha imaginação é assim. Parece uma ribeira, que está nascendo, constantemente, e as águas são límpidas. ESSE É O MEU PRINCIPAL ORGULHO.

    Vamos falar de solidão? Li os comentários, que antecederam o meu, e, naturalmente, as opiniões são divergentes, como o são as pessoas.
    Rosana Braga, estive pesquisando, trata muito bem temas como este, que nos faz refletir.

    Antes só que mal acompanhado(a), talvez, mas depende desse "MAL". Há os chamados males menores, que devem, em minha opinião ser considerados.

    A solidão na terceira idade é aquela, que mais me confrange, me magoa, quando filhos deixam seus pais entregues a si próprios, com doenças do sistema neuro-vegetativo central, ou em instituições de pouco ou nenhum crédito.
    Eu sei que a grande maioria não tem possibilidades económicas para mais, então, os coloquem na casa deles, porque aqueles pais passaram por grandes dificuldades, de toda a espécie, para os criarem. Em casa de seus filhos, há, DEVERIA HAVER, carinho e nunca maus tratos.

    Depois, há aquela solidão, em que após algum tempo acompanhados, precisamos de espaço. No sexo masculino, esse tempo de duração é, no máximo, de um ano, está provado, cientificamente. Nas mulheres, o tempo é superior.
    É NORMAL, somos diferentes.

    E ainda há aquele tipo de solidão, em que as pessoas afirmam: estou bem melhor, desse jeito. MENTIRA! Se o coração falasse muito teria de contar.

    Solidão a dois, também é dolorosa, mas mais tarde ou mais cedo, as coisas se definem. Essa é a menos perigosa de todas.

    Já debatemos bem esse assunto, penso eu.

    Por hoje, vou deixá-la, com o meu olhar, a ternura, que já é de você e com a mais santificada amizade.

    Beijos sinceros de sua amiga Portuguesa, LUZ.

    ResponderExcluir
  120. Oi minha querida,

    Estamos bem, tocando a vida, infelizmente o tempo que me era essencial para q pudesse desenvolver textos com alguma qualidade tem estado muito restrito, e as atividades não me permitem mais exercer esse agradável passatempo de escrever, e principalmente, visitar a todos e deixar uma palavra amiga.

    Futuramente não sei ainda como deverá estar, caso consiga alguma disponibilidade voltarei a escrever pois ainda não desativei o blog.

    Agradeço o carinho da tua visita, como outros também não a esquecerei, meu beijo querida, muita saúde e incontáveis realizações.

    ResponderExcluir
  121. Hi there.
    Thanks for dropping by my blog and wrote a few lines.
    Sure it strange, for me, the month of May beginning of summer and for You it´s the end of the summer.
    Have a nice continuation of the week.
    Hug.

    ResponderExcluir
  122. Smareis querida, estava meio ausente da blogosfera, estou de mudança e meu tempo ficou curto, pois tenho outras prioridades para acertar! Mas aos poucos estou voltando a blogosfera, mesmo com esse turbilhão de acontecimentos, eu não esqueci de passar aqui, ás vezes apenas lia e comentava em silêncio pra minha alma.
    Tema tão delicado... solidão! Acho que se conhecermos nós mesmo, jamais nos encontramos só, ou em falta de algo. Ás vezes eu prefiro está só, do que em má companhia!
    Teve uma época em minha vida, em que me sentia só, abandonada, mesmo ao redor de muitas pessoas, sentia a falta de algo... foi aí que me dei conta que o problema era comigo, precisava parar, ficar na minha companhia, me reavaliar por dentro, me conhecer melhor.
    Tem momentos, como diz o texto em que precisamos parar e nos conhecer, saber lidar com nós mesmo... tenho certeza que a solidão passará longe.
    Querida uma linda quarta-feira, cheia de paz.
    Beijos no ♥!
    Lorena Viana

    ResponderExcluir
  123. Olá adorei o seu Blog parabéns, obrigado por me seguir, venha viajar comigo sempre que puder! Concordo com o texto sobre a solidão, muito pertinente a reflexão! Abraços

    ResponderExcluir
  124. Creo que una cosa es estar solo y otra en soledad.

    Se puede perfectamente estr solo y en cambio vivir rodeado de seres que nos hacen sentir solos o en cambio que nos acompañan.

    La soledad pienso que es carencia de entorno....falta de luz en él, algo que no hemos sabido cultivar.

    Creo que se puede estar solo por propia eleccion, pero la soledad nosotros la creamos.

    Cariños

    ResponderExcluir
  125. Minha querida

    Um texto muito profundo sobre a solidão, que é um assunto delicado, porque cada um sente a solidão de uma maneira diferente...para mim a pior solidão é a acompanhada por uma presença ausente.

    Beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  126. Adorei passar por aqui,obrigada por me segui...
    bjs
    juliana

    ResponderExcluir
  127. Olá,muito feliz em ter você lá no blog,volte sempre que puder.
    Texto lindo, sempre que puder estarei aqui lendo seu seus textos que tocam meu coração.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  128. Querida amiga,as reflexões que nos oferece são profundas e necessárias. Nada tem a ver com a presença de um companheiro ou de outras pessoas ao nosso lado.
    Precisamos sim, aprender a ser menos egoístas só assim será possivél afastar a solidão.
    Bjs

    ResponderExcluir
  129. .


    Tem vez que eu, introspectivo, me
    vejo fundido em corpo e alma por
    entre a multidão carregando nas
    costas o pesado fardo do abandono.

    Beijos,

    Palhaço Poeta




    .

    ResponderExcluir
  130. Lindo texto reflexivo Smareis.
    Penso que a solidão não é uma questão de falta física, mas de uma falta na alma. Uma necessidade de se estar só. As vezes estamos solitários em meio a uma multidão, nossa alma se sente sozinha, ou as vezes precisamos estar sozinhos para refletir, para encontrar o caminho, para analisar situações.
    A solidão somente é ruim quando nos sentimos sozinhos de nós mesmos. Aí é cruel.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  131. Minha querida Smareis,

    Houve uma época em minha vida em que me sentia só,mesmo quando na companhia de várias pessoas...durante um longo tempo este sentimento me acompanhou,até o dia em que lancei o meu grito de independência e fui viver só,mas acompanhada de meu espírito,livre e sem amarras.Doeu?sim,amiga,doeu muito,como deve doer o primeiro sopro de vida que nos preenche os pulmões ao nascermos,mas foi como um renascimento,uma descoberta de um mundo novo, pleno e verdadeiro.
    Amiga querida,hoje não sei mais o que é solidão e ter pessoas assim como você no rol das minhas amizades é um importante motivo.

    Te gosto muito,
    leninha

    ResponderExcluir
  132. Smareis querida!Obrigada pelo carinho e pela gentileza! Graças a amigos como você que cheguei aos 1000; e é para quem posto e escrevo.... A presença de todos vocês me inspira e alegra! Uma quinta-feira abençoada! Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  133. Um lindo dia pra ti minha amiga...beijos.

    ResponderExcluir
  134. Também não curti as cuecas, não! Mas achei o comercial bacana! Beijão, queridona!!! Excelente quinta pra ti! E valeu pelo carinho da tua presença no TPM! Gosto muito!

    ResponderExcluir
  135. Hi there!
    Thanks for dropping by my blog and that you wrote a few lines.
    Right now I and the lady of our house Ann Marie is on to hanging up her paintings for the exhibition, it´s starting next week, but when I'm back on the blog again in about 10 days I will see some more of your interesting blogs.
    Have a great finish to this week!

    ResponderExcluir
  136. Voce Smareis..me supreende com os seus textos de enorme beleza e tambem me deixa refletindo nos temas que aqui coloca.
    Penso o seguinte... todo na vida nessecita se uma reciclagem
    e nao podemos viver do passado sem pensar no futuro que ainda temos sempre pela frente..muitas pessoas fecham-se porque se sentem mal consigo proprias outras por mortes de alguem que lhes tocou muito .outras por problemas de saude o de amor.. fecham-se em casa ..fecham-se em palavras fecham-se de coracao
    e isso e mau...
    A vida tem que ter alegria.. porque somos nos os condutores dela.. é verdade que existe dor ..mas tambem e verdade que quanto mais pensarmos nela ..mais dor teremos..
    a solidao mata..destroi e consume a almas..
    So mesmo os que conseguem encarar a vida sem olhar a idades
    sem olhar que ja nao sao capazes..(nao fazem isto fazem outras coisas..podem ser mais felizes..

    Um beijo com o maior carinho de Mundo...obrigada pelos seus belos ensinamentos e obrigada por sempre passar pelo que eu escrevo.. voce merece o maximo respeito por tudo que nos da ler e faz sentir nos nossos coracoes
    Rui

    ResponderExcluir
  137. Hola Smareis! Muy interesante e inteligente reflexión la que nos acercas. Claro que la soledad es un sentimiento complejo, que siempre relacionamos con el aislamiento,pero también nos sentimos solos rodeados de mucha gente.
    Gracias por tus visitas y lindos mensajes, un abrazo afectuoso amiga.

    ResponderExcluir
  138. Querida amiga
    Meu Abraço de Paz e bem!

    Mãe do céu da terra e do mar
    Por favor,
    Ensina-nos o teu segredo
    Do Teu Amor
    Para que não tenhamos medo
    De apreender Amar!
    Meu abraço carinhoso para você!

    Se você for mãe Feliz dia das Mães!

    Maria Alice

    ResponderExcluir
  139. Disse tudo, que posso eu acrescentar.
    A solidão não se explica apenas se sente.

    ResponderExcluir
  140. Olá Smareis

    Adorei a sua visita, obrigada.

    BJ000000000...............
    www.amigadamoda1.com

    ResponderExcluir
  141. Oie doladinha saudades..pow meu pc tb ficou dodoi kkkkk..estou no lap de Drika eta treco ruim kkkkkkk mas vim te ver e te dar um beijinho ....e desejar a todas mamys presentes ausentes essa linda msg !!!!
    Mãe,és o anjo meigo de bondade és o sublime amor da humanidade Mãe, és um eterno sonho que junto trago comigo. Neste dia, minha gratidão.

    ResponderExcluir
  142. Mais do que ser ternura
    É cativar corações e mentes.
    Mais do que ser luz,
    É colorir o universo de cores mil.
    Mais do que ser ponte
    É caminho seguro a seguir.
    Acima do bem e do mal
    Do que já houve
    Do que há
    E do que houver.
    É fonte de esperança
    É bênção insuperável
    Entre os seres, inigualável,
    De beleza extasiante
    Dando-se por inteiro
    Sem dia, hora, lugar
    É bela, é forte
    É fonte de amor
    É mulher.
    É mãe!
    Um feliz e abençoado Dia das mães.
    Tem um presente para você na postagem
    ofereço com muito carinho.
    Deus abençoe todas as mães do Mundo.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  143. Amiga/irmã, que bom quando podemos sentir assim...a distância não importa, a amizade une todos! Linda mensagem você escreveu, e nos convidou a refletir muito! Solidão para quem tem amigos não fica muito...ou nunca fica! Um grande abraço e sempre muitoooo obrigada pelo teu carinho lá no "meu cantinho"...

    ResponderExcluir
  144. Paso a saludarte y a dejarte un abrazo grande, amiga.
    Es muy cierto lo que expresas en el texto tenemos que querernos y mimarnos un poco a nosotros mismos para transmitir esa belleza que tenemos a los demás.

    Te dejo todo mi cariño en un abrazo.

    ResponderExcluir
  145. Querida Smareis!
    A Solidão é muito triste,e a Solidão acompanhada ainda é mais triste!!!
    Amiga,desde já estou vindo desejar um Feliz Domingo das Mães pra todas Mães e Filhas!
    Beijos em seu Coração,
    Mary.

    ResponderExcluir
  146. Ola. Obrigada pela visita e comentário, seja sempre bem vinda! Também gostei imenso do seu espaço e voltarei em breve!
    Um beijinho carregado de po-magico.blogspot.com
    Apareça ;)

    ResponderExcluir
  147. Um excelente final de semana pra você minha amiga, muita paz, carinho, amor e poesias,,,beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  148. Smareis, vim retribuir a visita ... amei seu blog, seus textos ... nossa dá para fazer uma deliciosa leitura por aqui, ameii vou ficar um pouco por aqui rssrrs bjs querida, adorei sua visita lá no meu blog

    ResponderExcluir
  149. somos pequeños pedazos de vida y amor

    eso me acorde hoy al despertar

    chica que tengas un gran fin de semana

    sonrie ¿ok?

    ResponderExcluir
  150. Querida amiga
    Meu Abraço de Paz e bem!

    Mãe do céu da terra e do mar
    Por favor,
    Ensina-nos o teu segredo
    Do Teu Amor
    Para que não tenhamos medo
    De apreender Amar!

    Meu abraço carinhoso para você!

    Se você for mãe Feliz dia das Mães !

    Maria Alice

    ResponderExcluir
  151. Buona serata e felice fine settimana....ciao

    ResponderExcluir
  152. Oi Smareis!Amei o texto,que bela comparação pra nossa vida!E no final um incentivo pra que a vida melhore.É isso aí!Mudando de assunto,vc entrou no Pinterest?Caso tenha entrado quero lhe seguir lá,viu?Bjos e feliz dia das mães!

    ResponderExcluir
  153. HOLA, SIEMPRE UN PLACER LLEGAR HASTA TU CASA.
    BESOS

    ResponderExcluir
  154. Smareis,
    postei o agradecimento a ti, depois da crônica das mães.
    Novamente, muito obrigada, queridona!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  155. Ola minha querida amiga!
    Obrigada por me receberes de volta...de braços aberto!
    E sabes, concordo com este teu texto, a solidão não se sente por estarmos sós ou acompanhados esta surge porque falta algo em nosso coração, algo que pelo tempo podemos acabar por ter ou algo que ... nunca será preenchido, só na verdadeira vida...
    gostei muito!
    beijinhos,
    pensando com arte.
    (publiquei o seguimento do outro texto, espero a tua opinião)

    ResponderExcluir
  156. Um belo sábado pra ti minha amiga, repleto de poesias e flores...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  157. Oi Smareis, tudo bem?
    Menina, a solidão é algo tão triste, que infelizmente algumas pessoas meio que caem nesse abismo. Fora aquela solidão a dois né? Essa é a pior.
    Que bom q tu gostou do poema, peço até desculpas pela demora em responder, mas essa semana foi um pouco corrida pra mim.
    Um bjo menina

    ResponderExcluir
  158. Olá Smareis!
    Gosto de ler os teus textos! lindos, me fazem bem para o coração.
    Feliz Dia das Mães.
    Bjs

    ResponderExcluir
  159. Querida Smareis

    Excelente texto sobre um tema, a Solidão, um mal do nosso tempo, especialmente quando ela é imposta pela própria vida, pelos mais variados motivos. Reflectir sobre nas suas variadas vertentes é importante para todos nós.

    Minha amiga, deixo aqui beijinhos a TODAS AS MÃES e votos de muitas FELICIDADES.

    Beijos

    Olinda

    ResponderExcluir
  160. Excelente texto. Quantas vezes nos sentimos só, estamos rodeado de pessoas. Solidão realmente sói de mais. Beijos
    http://meuspreciosospes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  161. Primeira vista aqui e vou te falar que fiquei encantada com os textos e o blog como um todo.Parabéns!!!

    Bom,quanto ao texto,engraçado que hoje li vários textos que falam mais ou menos do mesmo tema,rs.
    Acredito que na vida precisamos de alguns momentos a sós,momentos de nos encontrar conosco mesmos,refletir sobre a vida e algumas questões pelas quais estamos passando,momentos para tentar escutar um pouco o nosso coração e o que ele quer nos dizer que tantas vezes deixamos soterrado.
    A solidão,pode ser mesmo um estado de falta,que inúmeras vezes tentamos preencher com alguém,até que vem um momento em que você percebe que as pessoas vem e vão e o problema,a solidão ou a angústia continua ali,então é nesse momento que devemos voltar o pensamento pra nós e deixar de lado o medo de nos conhecer verdadeiramente,não é fácil eu sei,mas é um exercício diário que vale a pena fazer!
    Uma ótima semana pra vc,abraço!=)

    ResponderExcluir
  162. Solidão é parte de nós,
    não é estarmos rodeados que nos tira
    essa condição.
    Também não é sinal de não se ser amado,
    somos.
    Mas seguimos
    contra a multidão.
    Sinto assim...

    ResponderExcluir
  163. Olá,muito bom receber você lá no blob,já tinha lido o texto mas li novamente ótima reflexão. hoje tem um post de passo a passo, um colar fofo, vem ver.
    Bjs e ótima semana!

    ResponderExcluir
  164. Linda essa homenagem. Adorei. Beijos
    http://meuspreciosospes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  165. Uma linda e reflexiva mensagem de vida.
    Uma ótima semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderExcluir
  166. Ola Smareis, cheguei até aqui pelas lindas palavras e poesias aqui postadas e essa da Solidão sempre bate em nossa porta, mas com a força do amor tudo se resolve. é um grande prazer estar aqui e com sua permissão irei segui-la.
    Um grande Beijo.
    Obs. Espero sua visita.
    Edison

    ResponderExcluir
  167. Maravilhosa homenagem a essa classe que acredito que você já faça parte! Parabéns, bjos.

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd



Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!