Ciúme: Bom ou Ruim num relacionamento?

Arte de Helene Beland 
O ciúme exagerado é péssimo num relacionamento, seja qual for o tipo, a origem, tudo precisa estar na medida certa.  
Dentro de um relacionamento, quando o ciúme foge do controle, acarretam muito sofrimento, violência e destruição em ambas as partes. A lealdade e a confiança deve estar acima de qualquer coisa. Pessoas ciumentas limitam, castram e atrofiam o crescimento e relacionamento social, tanto do próprio como de quem é alvo desse ciúme.
No auge da paixão é comum que uma pessoa queira que a outra só tenha olhos para ela e isso leva a diferentes níveis de ciúme. Em muitos casos, crise de ciúme intensa e sem controle pode levar o ser humano a cometer ações tão desprezíveis que, uma vez passado o momento, a miragem da suspeita, ele se encontre envergonhado, arrependido, e perdido dentro de si.  Encontrar uma forma eficiente de lidar com esse sentimento sem afundar ou destruir o relacionamento é agir com sabedoria. O ciúme é encarado normalmente como uma forma saudável de demonstração de amor, mas quando se torna exagerado, pode até se transformar em doença. Para os especialistas, uma pessoa que desenvolve um sentimento possessivo pelo parceiro certamente pode estar sofrendo de um distúrbio obsessivo. Ele vê o amor de uma forma distorcida, que algumas vezes vira um sentimento doentio. O ciumento patológico é muito sensível, vulnerável, muito desconfiado, tem a auto-estima lá embaixo, e seu mecanismo de defesa é se comportar impulsivamente, quando vê já fez, já falou. Acaba sendo egoísta e até agressivo - ou seja, há um transtorno psicológico. 
Então! deixar  a brasa do ciúme esfriar é a melhor forma, respirar fundo e analisar o que é real e o que é apenas fruto da imaginação para não se arrepender depois, porque  o amor é o primeiro a ser afetado quando o ciúme causa discórdia, violência e desunião. Ultimamente a gente vê tantas vidas  sendo ceifadas devido a esse sentimento exagerado, doentio e sem controle, ciúme excessivo... Há casos que até me impressiona pela forma que são efetuada, por vezes não sei o que pensar, como pode eliminar alguém por ciúme, e se diz amar tanto a pessoa. “Quem ama cuida!”, mas cuidar não é sair da normalidade.

Creio que a casos difíceis até para os especialistas explicar o que gera esse sentimento tão doentio dentro da pessoa. O diálogo deve está sempre no centro da relação, e quando uma parte quer ter o controle do outro e ter o domínio, é muito complicado estabelecer a confiança na relação. Uma vez violada, é difícil reformá-la e construí-la novamente.
Um relacionamento sem a confiança e o respeito nunca será 100% pleno e feliz.
Ainda bem que há tratamento para um ciumento patológico, pena é que muitos não admitam que o necessite que precise de ajuda!

Obrigada a você pela presença!
Abraços com carinho!
Dias felizes pra ti!
Vou ali, mas logo estarei de volta!
Até a próxima postagem! 

Por Smareis!


Hoje minha postagem ficou imensa risos, porque além do meu texto gostaria de compartilhar uma crônica de um dos meus Escritores Favoritos Rubem Alves, Psicanalista, Educador, Teólogo e Escritor Brasileiro  que aborda esse tema muito bem analisado e construído. Caso queira ler com certeza vai valer a pena. Fique a vontade pra ler ou não!

O Ciúme
Autor: Rubem Alves

O apaixonado que desconfia quer manter sob controle até o pensamento do ser amado. Diante de tamanha impossibilidade, ele se tortura e quer o outro cerceado. É a antítese do amor
Ela tinha a beleza tranquila da maturidade. Bastava vê-la para adivinhar como ela teria sido. Ah! Com certeza provocara muitos suspiros de amor. De hábitos domésticos e simples, um dos seus prazeres era assentar-se numa poltrona e entrar na bolha que a leitura cria. Quem lê está num outro mundo, muito longe.

O seu marido a observava de longe. Olhos que observam são olhos que olham quando o outro não está olhando. Olhos que observam são olhos de felino que seguem a presa. Seu olhar era olhar de apaixonado que desconfia olhar de ciúme. Os olhos do ciumento vigiam. Vigiam gestos, movimentos, horas. Vigiam porque as modulações silenciosas e distraídas no rosto da pessoa amada podem conter revelações sobre aquilo que ela está pensando. O ciumento suspeita que a mulher amada lhe esconda algo. Ele olha na esperança de ver o escondido, de entrar dentro do segredo do outro. O ciumento detesta os pensamentos. Por mais que os vigie, eles estão além da sua vigilância.

Tem aquela modinha de Carlos Gomes, Quem Sabe? É um monólogo de um apaixonado. Ele sofre. Sofre porque a amada está longe e ele não sabe o que ela está pensando. “Tão longe de mim distante, aonde irá, aonde irá teu pensamento?” O seu desejo era saber se os pensamentos da amada pensavam nele. Ele pergunta por que não sabe e tem medo de saber o que ela estará pensando. Pergunta por que não confia. Minha amada, por favor, me diga “se ainda é meu teu pensamento…”.

Há os ciúmes mansos que todos sentem e só doem um pouquinho. E há os ciúmes que são um tormento, e que freqüentemente terminam em tragédia. Todo ciúme, manso ou atormentado, gostaria de ser dono da mulher amada, inclusive dos seus pensamentos. Ele quer conhecê-la por dentro e por fora para certificar-se da sua posse. Nos momentos de êxtase amoroso, esse tormento se resolve e o ciumento se acalma. Mas a sua calma é efêmera. Dura o mesmo tempo do ato sexual. Termina com o orgasmo. Passado o êxtase a dúvida volta. E, com ela, o tormento.

Ele a vigiava, silenciosamente o felino a vigiava. E a sua vigilância se exacerbava quando ela sorria ou ria. Como explicar esse sorriso se ele, o seu marido, não estava dentro do livro? Ela não precisava dele para ser feliz. Mergulhada no seu livro, o seu marido não existia. E isso não é o anúncio de uma infidelidade possível? Ter prazer com algo que não era ele, o seu marido… O prazer acontecia na ausência dele. A infidelidade com o livro anunciava a possibilidade de grandes infidelidades. E isso o torturava. Tortura que não o abandonava nem nos momentos de intimidade prazerosa.

Um ciumento não tolera a liberdade...

Mas aí algo aconteceu que o tranquilizou. Sua esposa adoeceu. Uma mulher adoentada é um pássaro de asas quebradas que não sonha e nem poderia jamais voar. Um pássaro de asas quebradas não planeja vôos proibidos. Pássaros de asas quebradas são confiáveis.
Isso o acalmou. Ele ficou doce. Até os momentos de intimidade ficaram leves: seu efêmero sentimento de posse se transformou num tranqüilo sentimento de eternidade. Agora ela era sua, para sempre.
Suspeito que os crimes por ciúme não têm o propósito primeiro de matar a mulher amada. O seu propósito, ao contrário, é garantir que ela não será de nenhum outro.

Mas há também um ciúme que dói de mansinho, sofrimento no coração de todos os apaixonados.

A cena: o marido e a mulher chegam a uma festa. Muita gente conhecida e desconhecida, música, risos, olhares… Marido e mulher se separam para se socializarem com outras pessoas. Numa roda, o marido conversa e ri distraído. De repente, ele vira o seu rosto e vê a sua mulher em outro grupo. Ela está de costas, vestido branco, costas nuas. Como ela é bonita! Ele a ama e pensa que outros homens já olharam para ela com olhares de admiração e desejo. Ela se tornou o centro das atenções da sua roda. Todos os homens se esforçam por lançar o seu charme. Ela ri. De costas para o marido é como se ele não existisse. Como aconteceu com a mulher que lia o livro. Ri por causa dos outros que a cercam, grupo do qual o marido está ausente. E ele pensa que, naquele momento, a felicidade da sua mulher acontece sem que ele dela participe. E lhe dói saber que ela pode ser feliz sem ele, ainda que num breve momento. Sofre em silêncio, sem demonstrar. E nem fará cobranças quando voltarem para a casa. Afinal de contas, ele é um homem educado que compreende os movimentos da alma.

O ciúme nasce quando se toma consciência de que a pessoa amada é livre. Ela é como um pássaro pousado no ombro. Nada o prende. Poderá voar para longe quando quiser.
Alguns ciumentos tolos acham que o casamento é gaiola que garantirá a posse plena do pássaro. Mas nada garante a posse do pássaro. O pássaro voa, o pássaro volta… Mas pode ser mesmo que ele voe e não volte…


                                   


O ciúme é uma das enfermidades psicológicas mais congênitas. Quando se nasce com ela, a cura é difícil. Ela envenena as alegrias mais gratas da vida, derrama fel em cada gota de água, em cada bocado de pão. (Mantegazza) 


132 comentários:

  1. O ciume mata quando o deixamos controlar a nossa vida.
    O ciúme é bom quando nos ajuda a amar com determinação as coisas que queremos e as pessoas a quem nos doamos.

    Um beijinho a todas as mães

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Luis, a falta de controle leva a sério problemas. Tudo precisa ser na dosagem certa.
      Abraço e ótimos dias!

      Excluir
  2. This is the third time I have started to write a comment to your post, Smareis. Your words are very thought-provoking, which is good, but which makes it difficult (for me, at least) to write a concise remark.

    I have written and told people in the past that I am a jealous guy of the sort John Lennon sang about (http://youtu.be/Bf5WwlMhV7I). This is true, and it sometimes has created problems for me.

    People are complicated. The person who becomes jealous often is insecure about the relationship or does not trust himself. Sometimes, one companion intentionally tries to make the other jealous. Sometimes, jealousy is pathological, which can be dangerous, and from which flight is necessary. Ordinarily, I think it is best for companions to bring their feelings out into the open when typical jealousy arises, and to discuss these feelings and to search for a cure to them. A wise and considerate companion will sense when the other is jealous or upset, and usually has the ability to end it with a glance and a smile if he/she wishes it to end.

    Love is a gamble that goes beyond emotions and pretty faces. Overcoming jealousy is one of the tests companions must defeat should it arise, I think, for actual love to endure and stand the test of time.

    A great post, Smareis ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fram, I really like your analysis about on my posts. And also I really enjoy reading what you write.
      I think the relationship has to be the clear and that nothing dull or hinder the relationship. Loyalty and trust should be above anything.
      The person with this kind of paranoia you feel anxious, depressed, humiliated. They say that jealousy is the middle ground between love and hate.
      The relationship needs to be all in some measure, a little jealousy is nothing more important or exaggeration deprive the other party of their freedom.

      Thanks Fram!
      Great Sunday and a great week!

      Excluir
  3. Querida Smareis

    Eis um tema, o ciúme, que envenena realmente os relacionamentos e que leva muitas vezes a situações-limite, com más consequências. O ciúme, quando se apresenta num quadro doentio é uma praga. Podemos vê-lo na violência doméstica e em múltiplas tragédias.

    Por cá, hoje é 'Dia da Mãe'.

    Desejo-lhe um excelente domingo.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olinda o ciume exagerado trás muitas consequências.

      Aqui o Dia das Mães é domingo dia 11.
      Então! Feliz Dia das mães pra ti, acho que toda as mulheres já nasce mãe mesma sem ser mãe. Feliz Dia das Mães a todas as mulheres e mães desde já!
      Obrigada Olinda!
      Ótimos dias!

      Excluir
  4. Bom dia Smareis, reflexivo seu post, pois o ciúme na dose certa é até bom, mas exagerado é doença, que pena que muitas pessoas perdem a vida em consequências aos ciumes doentios!
    Abraços e bom domingo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Ivone!
      Pena mesmo, a falta de controle destrói muitos relacionamento que poderia ser duradouro e feliz.
      Abraços querida!
      Ótimo dias!
      Ótimo domingo!

      Excluir
  5. Olá Smareis,reflexivas suas palavras,mas ciúmes não é um sentimento que devemos ter,pois às vezes acaba nos prejudicando.
    bjs amiga e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carmem com certeza só tem a prejudicar ciume excessivo.
      Beijos e ótimo domingo, ótima semana!

      Excluir
  6. Bom dia Smareis, tudo bem amiga querida... falar de ciume é complicado.. eu estive anos atrás com uma pessoa obsessiva .. tipo, andar na rua eparecer um robo, não poder olhar para o lado, ser como um cãoa destrado.. chegou a um ponto que ela ligou aqui em casa e quem atendeu foi meu irmão.. sentou a lenha nele achando que era eu, brava pq não entrei no msn da época.. é o fim srs tinha 4 celulares, queria me forçar a usar um.. o pq odeio tanto essas coisinhas ai srs.. a gente passa por algumas com este sentimento.. ainda bem que to no meu cantinho.. agora tudo em paz.. beijos e até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Samuel meu amigo, tudo bem!
      Saudades de ti!
      O ciume é um sentimento meio que complicado. Viver sendo vigiado o tempo todo é morrer aos poucos. A liberdade de poder ir e vim é muito importante.
      Certa vez Mantegazza escreveu que o ciumento sempre espiona, sempre duvida, sempre sofre; indaga do passado, do presente, do futuro; nas carícias busca a mentira; no beijo procura a indiferença; no amor teme a hipocrisia. Acho que é por ai que o relacionamento desmorona completamente...
      Beijos poeta!
      Ótimo domingo, ótima semana, ótimo dias.

      Excluir
  7. Olá Smareis,
    Aquele ciúme normal que todos sentimos por alguém,
    esse é até saudável. Afinal gostamos de atenção e exclusividade.
    Mas à partir do momento que começa a ficar obsessivo e causar intrigas, é porque já virou algo paranóico.
    Quem confia em si mesmo, não morre de ciúmes por ninguém...
    Bjs :)

    P.S.:Muito boa essa crônica de Rubem Alves.
    É bem isso: 'Há os ciúmes mansos, que todos sentem e só doem um pouquinho, e há os ciúmes que são um tormento, e frequentemente terminam em tragédias.'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clau é isso mesmo, tudo tem ser na dosagem certa.
      Rubem Alves construiu muito bem dois tipos de ciume.
      Desejo uma ótima tarde,e uma excelente semana.
      Beijos!

      Excluir
  8. Boa tarde Smareis.. gostei do que escreveu acima. e do comentário em meu blog.. eu as vezes pego meio pesado srsr ma é que tá duro ver tanta coisa, tanta briguinha besta.. espera só a poesia de amanha srrs..
    sobre o meu blog eu achei legal tb esta parte da foto girar.. foi uma amiga aqui do sul que fez para mim, tudo no meu blog foi ela.. é a Fernanda Bender- do blog duas épocas- do rosa geada..
    ela esta no meu blog se desejar pedir a ela os códigos para tu por tb.. eu não sei mexer nesta parte..
    caso queira me mande um email tb que posso retornar para ela dai ela te passa direitinho.. bjs e até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samuel nada de pesado... Suas postagens são sempre bem construída dentro de tema bem atualizado.

      Amanha passo lá pra ver sua nova postagem. Gostei daquela fotinha que gira risoss,. Te faço um e-mail depois.

      Beijos!

      Excluir
  9. Ciúme natural e na dose certa até enriquece a relação! ;)

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, tem o ciume de zelo que são na dosagem certa.
      Beijos Teca!

      Excluir
  10. Oi Smareis! Sobre o ciúme sempre me vem a mensagem bíblica dizendo "que o amor não arde em ciúme". E como o ciúme consome os relacionamentos. Beijo e ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ciume é a causa de muitas separações e relacionamentos infelizes.
      Beijos e ótima semana Renata!

      Excluir
  11. Ciúme é uma doença obsessiva que destrói o Amor e o substitui pela posse da pessoa/objecto. Ora, como os Seres não são objectos, fica-se na dúvida se realmente o ciúme tem alguma relação com o verdadeiro Amor, com o Amor/partilha, com a sensibilidade e o carinho, com a Vida.
    Belíssima abordagem muito bem complementada pelo Artigo do Rubem Alves.
    A maioridade do Amor está na igualdade e troca de sentimentos comuns.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão Sol, o ciúme é uma doença que destrói tudo de bom que há dentro de uma relação, uma traça que vai corroendo o sentimento de ambos. O Amor precisa esta na igualdade...
      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  12. SAUDADE!
    E com a mesma força de sempre, caminhas em nossa direcção sempre com as mesmas palavras cheias de sensibilidade e sabedoria.
    Mas o ciúme, Smareis, penso que não se casa com amor...Quem ama , confia, dá a liberdade de que o outro necessita para ser igual a si próprio no seu espaço para continuar a crescer como pessoa. Nunca se pára, como já tens dito aqui. Não somos seres a caminho da perfeição? Ou será que é só como espécie?
    Um fantástico trabalho, minha querida, e sem dúvida um tema que aliviará muitas consciências perturbadas. É que aliado ao ciúme, vêm outros tormentos que tornam a bola de neve cada vez mais "preta" , maior...
    Fazes falta com o teu saber, com a tua forma de discorrer um raciocínio que penetra como uma corrente abençoada no rio dos nossos dias
    Beijinho enorme, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Manuela, te gosto muitíssimo.
      Muita saudade de ti também.
      Concordo plenamente que quem ama confia e da liberdade de que o outro necessita para ser igual a si. Pior que muitas vezes não é isso que acontece em alguns relacionamento.

      Obrigada querida!
      Sempre feliz quando te leio. És grande em sabedoria!
      Beijos!

      Excluir
  13. Minha linda, ciúme é algo que acho ruim sempre.

    Significa falta de confiança na pessoa que é vítima dele e sentimento de inferioridade em quem o sente.

    Não creio que seja prova de amor , paixão , afecto ou o que quer que seja de positivo...quando muito só de posse.E ninguém é dono de ninguém!

    Há uma coisa que exijo a quem está comigo: respeito , porque isso é algo que eu também dou,Mas nada mais do que isso.

    Minha querida, uma feliz semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São, o ciume é ruim, ruim demais... Confiança e respeito é essencial.
      Beijos querida!
      Semana feliz pra ti!

      Excluir
  14. Olá, Smareis!!
    O ciúme afecta não só o homem, mas também a mulher. O amor, de per si, é cheio de armadilhas. Quando se quer manifestar mostra a sua luz e não nos permite ver as sombras que luz provoca. Agora, com o ciume à mistura pode ser explosivo e até danoso. Só um diálogo franco pode conduzir a um fim auspicioso
    Um abraço, com o meu obrigado pela visita.
    Jorge

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge o ciume afeta as duas partes. O dialogo é essencial e precisa esta sempre no centro de uma relação.
      Um abraço Jorge!
      Ótima semana!

      Excluir
  15. Hola.Samareis.¡Muy bién espresado!.
    Los celos obsesivos pueden destruir
    `¡Gracias por tu visita!.

    Feliz fin de semana..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias Juolina!
      Celos excesivos destruye cualquier relación.
      Besos y Juolina gran semana!

      Excluir
  16. Como decía Miguel de Cervantes;
    "Si los celos son señales de amor, es como la calentura en el hombre enfermo, que el tenerla es señal de tener vida, pero vida enferma y mal dispuesta."
    Los celos sin justificación es una enfermedad que suele arruinar a la pareja y dejarla sin ningún poso de alegría en el Recuerdo.
    Maravillosa Entrada.
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola Pedro!
      Me alegro de verte aquí.
      Echaba de menos su presencia
      Miguel Cervantes tenía razón
      Los celos son una enfermedad arruina la familia y destruye todos los sentimientos en una relación.
      Deseo todo lo mejor para ti, y que todo salga bien en su viaje.
      Se ve bien!
      Un abrazo!
      gran semana!
      Besos!

      Excluir
  17. Los celos y la envidia, es causa de nuestro pecado o de enfermedad.
    No tiene que haberlos cuando confías...
    ¡Gracias por tu visita Smareis.! Un abrazo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola Marian
      Los celos y la envidia es bien parecido.
      La confianza es esencial en una relación.
      Un abrazo y una gran semana!

      Excluir
  18. Uma pontinha de ciúme, pode ser saudável!
    Todavia, quando o ciúme é exagerado
    Seja em que relação for não é aconselhável
    Deve ser sim o ciúme sempre moderado!

    Tenha amiga Smareis, uma belíssima noite,
    e lindos sonhos, um abraço.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edu, uma pontinha até que é aceito, mais quando é exagerado trás muitas consequência a ambas as partes.
      Uma ótima noite pra ti também Edu.
      Um abraço!

      Excluir
  19. Ciúme um sentimento a ser curado...
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  20. Jealousy is indeed not a good look for anyone!
    Happy May!
    xo Catherine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catherine!
      You're right, the jealousy is prejucial the life of any person
      Kisses and happy May.

      Excluir
  21. Sim , eu acho que o ciúme não é bom em um relacionamento, para o qual você está ansioso e um aumento constante de insegurança que pode levar a estados insalubres e perigosas de ansiedade ! Para outra pessoa o direito de limitar a sua liberdade e viver uma vida ! Eu acho que eles fazem mais mal do que bem !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ciume nunca é bom em nenhuma relação seja de amizade ou de amor. Para o ciumento, é verdade a mentira que ele vê, um olhar distorcido. Com certeza faz muito mal a ambos.
      Abraço e ótimos dias Leovi.

      Excluir
  22. DE NADA SIRVE TENER UNA PAREJA PARA DARLE CELOS. MUY POLÉMICO TU POST.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ReltiH La envidia y los celos no tiene nada que acresentar en una relación, es suficiente para destruir los sentimientos.
      Hug!
      gran día!

      Excluir
  23. O ciúme moderado tem a ver com o amor...
    Já o ciúme exagerado e sem motivo tem mais a ver com o egoísmo...
    Abraços, Smareis!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonel certíssimo sua analise.
      Abraço e ótimo dias!

      Excluir
  24. Muito já se falou sobre a doença que o ciume encerra, quando perde-se o controle deste. Talvez nem tenha mesmo controle o danadinho. Talvez para nao vive-lo só mesmo renunciando ao amar, mas como? Seu texto é perfeito com as reflexões e a inserção de Rubem veio calhar, quando se fala da vontade do outro de querer entrar no pensamento da outra parte. Aí nota-se que a doença já passou dos limites da cura e haja sofrimento e dor.
    Que bom voce por lá na minha pagina com seus incentivos e carinhos.
    Que Deus ilumine sua semana e que em cada dia voce sinta a renovação de suas esperanças de dias melhores.
    Um abração mineiro itabirano amiga.
    Beijo de paz e luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Toninho!
      Realmente haja sofrimento e dor quando não se consegue o controle esse bichinho que o ciume exagerado.
      No ponto de vista do William Shakespeare, os ciumentos não precisam de motivo para ter ciúme. São ciumentos porque são. O ciúme é um monstro que a si mesmo se gera e de si mesmo nasce.
      Adorei te ler amigo!
      Ótima semana e um ótimo mês!
      Um abraço!

      Excluir
  25. Como em tudo na vida, o que pé demais, faz mal! Acho que só um bom ciuminho, o cuidado vale... O enorme, doentio fora! beijos,lindo aqui! Linda semana,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, tudo que é demais não faz bem...
      Linda semana pra ti também Chica!
      Beijos!

      Excluir
  26. Quina veritat! La gelosia fa sempre mal!
    Petons

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias Agullainquieta

      Besos y buena semana!

      Excluir
  27. Smareis, sem dúvida que o ciúme exagerado é mau, Deus nos livre!!!
    Beijinhos, boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo em excesso cansa.
      Beijos Madalena!

      Excluir
  28. Pode ser a idade (hehehe) mas eu não tenho mais paciência com ciúmes... Fica bonitinho até na adolescência, mas depois é uma coisa que só envenena a relação! Querida, saudades de ti! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fred, eu também não tenho paciência com ciume.Deus me livre disso!
      Tava com saudade de você meu amigo. Beijos!

      Excluir
  29. Olá Smareis!
    Peço desculpa da repetição...mas também penso que uma pontinha de ciúme é saudável , tal como o sal, tempera e dá gosto a uma relação. Também é sabido que tudo ´que é em demasia causa problemas...
    Um meio termo será óptimo. Um beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é bem por ai Maria Emília...Um meio termo!
      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  30. Olá Smareis,
    Excelente seu post, uma mensagem reflexiva e muito bela! Acredito que, sentir um pouquinho de ciúme apimenta uma relação, porém, o ciúme excessivo é bastante prejudicial, atormenta, gera sofrimento. Tudo na vida deve ser dosado!
    Saudades de você, minha amiga!
    Um beijo com imenso carinho. Muita paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ilca, tudo na vida na dosagem certa tem bons resultados.
      Também tava com saudades de você!
      Ia mesmo passar no teu blog.
      Ando um pouco ausente devido alguns desafios da vida.
      Um beijo com carinho!

      Excluir
  31. Olá Smareis!
    Ui! Complicado, mas na minha humilde opinião o amor tem de ter na sua base a confiança. Quem ama e vive uma relação adulta e saudável só tem mesmo é que confiar. Eu sou casada e nunca senti ciúmes do meu marido, nunca. Talvez eu seja um caso raro, porque considero que ninguém é de ninguém e as pessoas só devem estar juntas se ambos quiserem. É claro que se eu soubesse um dia que meu marido tinha saltado a cerca, ele poderia mesmo ficar para lá da cerca. Ah, mas ele só tem olhos para mim...;-))))
    Um belo tema!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura, onde há confiança, respeito, lealdade, o ciúme não impera. Zelar e cuidar de quem a gente ama, e a melhor forma de evidenciar o amor. Seu marido estar de parabéns, que ele continue sempre tendo olhos só pra ti. Mesmo sem te conhecer pessoalmente, eu acho que você é uma mulher forte, determinada e muito inteligente. Esses são atributos que eu admiro numa mulher.
      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  32. Ola Smareis,
    Muito bom o tema de hoje. Acredito que o
    desapego pode libertar o ciumes. Tem pessoas que
    tem aquele ciumes de posse, possessividade que acha que a
    outra é propriedade dela. Tem outras que tem ciumes de coisas.
    Muita paciencia e desapego da pra resolver isso.
    saudades. Um beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bandys , eu acho que por ai também pode funcionar. O desapego é um exercício mental que modela o caráter da pessoa. Bom mesmo é treinar-se para se desapegar (pelo menos um pouco) de tudo que a pessoa teme em perder.
      Tem uma síntese de frases do Mestre Yoda assim: "Apego leva ao ciúme; ciúme leva à raiva; raiva leva ao ódio. E o ódio leva ao lado Negro da Força”. Uma coisa puxa a outra.
      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  33. Hola Smareis! Yo te comparto con cientos de lectores y no soy celoso, jajajajaja :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola Ricardo felicitaciones por no ser un hombre celoso.
      Hug, y el éxito en sus libros.

      Excluir
  34. Oi Smareis! Como está?
    Penso que o ciúme nada mais é do que um sentimento doentio de posse. A pessoa ciumenta sempre vê o parceiro (a) como se fosse sua propriedade, quando sabemos que ninguém é de ninguém. As pessoas se unem por um sentimento maior que a posse, o amor. E é este que deve cimentar uma união e não a propriedade privada.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Augusto tudo bem!

      Com certeza ninguém é de ninguém , o amor é a benção maior que existe em um relacionamento. Ciume exagerado só atrapalha e faz muito mal.
      Abraços!

      Excluir
  35. Los celos hablan de las propias inseguridades.
    Pero hay gente que los padece y sufre por ello.

    Un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Los celos son la inseguridad, el deseo de posesión, por lo que está mal. Cecy besos!

      Excluir
  36. Oi Smareis,

    Falar de ciúme é sempre complicado, abomino ciúmes, sofri em todos os meus relacionamentos, infelizmente!

    Sou do ipo que respeita a individualidade de cada um, nao fuço no celular, acho que e-mails e contas em rede social sao particulares, mas tive que abrir tudo isso, por conta de um ciúme absurdo...


    Gostei muito do seu texto, bem reflexivo...

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou tipo assim, não fuço em celular, sou muito discreta quando se trata de privacidade da pessoa, porque eu gosto também que respeita a minha. A confiança e o respeito precisam estar caminhando juntas numa relação, se não as coisas não funcionam bem.
      Beijos e obrigada pelo carinho.

      Excluir
  37. Smareis,muito bom o seu texto e adorei ler o Rubem Alves tb. Ciume é um sentimento ruim demais, dominador, controlador e só torna as pessoas infelizes. bjs,

    ResponderExcluir
  38. Hola Smareis,
    buenas tardes-noches,
    mas reflexiva que nunca!
    yo doy gracias que no "sufro" de celos, porque en verdad causa mucho dolor a todo aquel que lo padece...
    Creo que es algo enfermizo.

    Me encantó el texto de Rubem Alves.

    Te deseo una hermosa semana
    un beso y un abrazo gigante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seguramente Ariel celos detrás de muchas tristezas y decepciones de las dos partes. También detesto enfermiza envidia.
      Gran semana!
      Un abrazo!

      Excluir
  39. Texto espetacular! Não gosto de ciúmes. Confia ou não confia. Para mim, ter ciúmes é ser inseguro.
    Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Tunin, a insegurança é grande causa desse tipo de ciúme. A confiança é base de um relacionamento.

      Abração!

      Excluir
  40. Bonjour chère Smareis,

    Le sentiment de jalousie ne m'effleure pas un instant. Je pense qu'il est bien inutile ... Il n'apporte que déchirement et souffrance. Il enlaidit l'amour.
    Une très jolie publication qui développe parfaitement cette perception maladive qui peut aller jusqu'à la folie extrême.
    Gros bisous ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salut mon chéri Martini
      Jalousie exagérée est une maladie qui finalement détruire cette relation et de très nombreuses familles. Très triste. La dépendance affective et une caractéristique forte de jaloux.
      Merci des soins!
      Bisous dans votre cœur!

      Excluir
  41. Ótima postagem, Smareis. E um pouco de ciúme até faz bem pro relacionamento, mas o que alguns chamam de ciúme é na verdade posse, obsessão doença, agressão e psicopatia. Isso é uma desgraça na vida de qualquer pessoa. Bom texto o seu. E tb gostei da crônica que vc escolheu. Complementou bem a postagem. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sérgio!
      É uma desgraça mesmo, o ciúme é a maior prova da insegurança pessoal.
      Bjs!

      Excluir
  42. Belíssimos textos querida Smareis.
    Ciume exagerado só leva a destruição, seja lá em que relação for.
    Sentir ciumes é normal, desde que ele seja normal.
    Grande beijo em seu coração e parabéns por seu maravilhoso texto casado tão bem com o de Rubem Alves.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Tereza, tudo que é demais tem consequência desastrosas.
      Beijos querida, e muito obrigada pelo carinho.

      Excluir
  43. Eu vejo, assim: em tudo na vida deve haver o equilíbri, pois se ele se rompe, certamente trará infelicidade.
    Beijos.
    Élys.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Élys, O equilibrio é necessário para que as coisa fluem bem. Principalmente num relacionamento.
      Beijos!

      Excluir
  44. Hello, Smareis.
    Everybody can make a mistake ,because mistakes, are a part of life!!
    Forget the strong ego ,and make love....
    Kisses xxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Willy!
      The Selfishness parenthesis is the jealousy and insecurity is the most corrosive poison a relationship destroys more than jealousy itself.
      Kisses xxx

      Excluir
  45. Excelente o tema do seu post Smareis...as suas palavras e as do Rubem Alves...

    Ciúme é um caso sério!!!

    Uma pitadinha, pode ser tempero, mas quando passa do ponto, com certeza, intoxica.

    Beijinhos,
    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Valeria,
      Eu já estava com saudades de ti.
      Intoxicação triste essa, risos.
      Beijos!

      Excluir
  46. OI SMAREIS!
    ACHO O CIUME RUIM DE QUALQUER MANEIRA. É UM SENTIMENTO DE POSSE QUE DÁ A IDEIA A QUEM O SENTE DE QUE É DONO DO OUTRO.
    LI O TEXTO DO "RUBEM ALVES", QUE ESCOLHESTE E TE DIGO QUE SÓ ABRILHANTOU O TEU.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ruim mesmo Zilani!, essa idéia de querer ser dono do outro é desastroso.
      Abraços!

      Excluir
  47. Olá, Smareis
    Gostei da sua reflexão, este mês estou fazendo aniversário de 30 anos de casamento e não sei o que é sentir ciúme. Mesmo unidos, somos livres e este é o segredo que dura estes anos todos. Obrigado por comentar no meu blog.

    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Geraldo!
      A liberdade é muito importante com certeza!
      Parabéns pelos 30 anos de casamento, e que muitos e muitos outros anos possa vir para acimentar mais essa união.

      Abraço!

      Excluir
  48. Olá, Smareis
    Como não ler um texto de Ruben Alves, que tanto aprecio???
    No meu blog já publiquei, uma ou duas vezes, textos desse GRANDE senhor (e tenho muitos outros guardados).

    Penso que o ciúme significa, antes de mais e acima de tudo, falta de confiança em si mesmo.
    Uma pessoa com auto-estima elevada, que tem confiança em si própria, pode até sentir ciúme, mas não se deixa dominar por ele. É aquele ciuminho que serve para apimentar e tornar melhor uma relação.
    Infelizmente, à conta de ciúme doentio, têm sido cometidos muitos crimes.

    Aproveito para lhe desejar um muito feliz DIA DAS MÃES!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Mariazita, você disse tudo, sentir pode até sentir, mais não se deixar dominar por ele.
      Aqui no Brasil acontece com freqüência, violência devido ao ciúme doentio.
      Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  49. Olá amiga Smareis, interessante sua postagem. Concordo com a amiga Chica quando diz que tudo em excesso é prejudicial, porém um pouco de ciúme é bom.
    Grande abraço, saúde e paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo em excesso faz um grande mal Milton!
      Abraço!

      Excluir
  50. Smareis querida!
    Retorno com calma... tenho tido pouquíssimo tempo em razão do trabalho, o que tem adiado a atualização do meu blog também. E dia 5 de maio ainda foi meu aniversário rsrs podes imaginar que tirei uma folguinha :)

    Grande beijo e ótimos dias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cissa estava com saudade de ti.
      Também tenho estado bastante ausente dos blogs devido a vários trabalhos, e muitos desafios pra se vencido.
      Que legal aniversário, nem sabia!Então! Meio atrasado, mais são desejos de todo coração! Parabéns por hoje, mas felicidades sempre!
      Um abraço com carinho!
      Beijos!

      Excluir
  51. Ficou enorme , mais ficou coletas...ótimos textos sobre o ciúme....Acho um ciúmezinho light vai bem pra todo mundo, mas também depende o assunto. Bjs

    ResponderExcluir
  52. Rubem Alves me encanta com seus escritos. E fala com propriedade sobre o assunto. Sua postagem ficou ótima. O ciúme causa sofrimento a ambas as partes e eu o vejo, na maioria das vezes, como doença. Temos medo de perder quem amamos, mas isso não justifica a opressão imposta por quem alimenta a desconfiança.
    Estive ausente da blogosfera, razão de ter demorado um pouquinho para chegar (rss). Bjs.

    ResponderExcluir
  53. Gostei de seu texto e também do texto de Rubem Alves.
    Tenho marcas ruins sobre ciúmes na minha vida.
    Sempre é bom ler sobre o assunto.

    Abraço.
    Lu
    dosamoresmeus.blogspot.com

    ResponderExcluir
  54. Um bom tema sobre o ciúme. Mas é muito raro não haver ciúme,
    um mais controlado ou não...
    Gostei muito de o ler.
    Desejo que esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  55. O ciúme é um bichinho que corrói por dentro, faz ver coisas onde não tem . Inferniza quem o sente e a quem é dirigido. Infelizmente temos assistido pela TV tantos assassinatos por ciúmes. Uma situação deplorável. Bjs, Feliz dia das mães.

    ResponderExcluir
  56. È por sentir saudades que estou aqui para desejar
    um abençoado e feliz final de semana.
    Que DEUS te abençoe a cada
    dia com sua infinita graça e Misericórdia.
    Beijos no coração e meu carinho.
    PS.Recadinho na postagem..
    Evanir.

    ResponderExcluir
  57. Feliz dia das mães, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  58. Ciúmes exagerado é insegurança.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  59. Eu e meu esposo fomos dos 8 ao 80. No começo eramos muitos jovens, tudo era motivo de briga só não chegamos a fias de fato não sei como...depois paramos e conversamos sobre o tempo que estávamos perdendo, pois todo lugar que íamos não aproveitávamos. Resolvemos que se estávamos juntos era pq nos amávamos.
    Nunca mais brigamos, não mexemos nas coisas um dos outros como celular, e-mail e etc...nos respeitamos. E que paz santo Deus hoje sim temos uma vida maravilhosa. Quem é ciumento não vive pois o tempo todo pensa besteiras e pior pode matar o amor e o parceiro nos casos extremos que vemos por ai.
    Um feliz dia das mães a ti e suas seguidoras.

    ResponderExcluir
  60. Olá Smareis,

    Gostei da crônica de Rubem Alves e também de suas considerações sobre o assunto. Creio que o ciúme, quando não patológico, é gerado pela insegurança. Quem confia em si próprio não sofre desse terrível mal, que maltrata ambas as partes e ainda destrói o relacionamento.
    Um ciúme em dosagem homeopática é até bem vindo, pois sinaliza cuidado, zelo, amor. Todos sabemos os resultados dramáticos de ciúmes exacerbados. Em muitos casos de violência, agressão e até morte é de se pressupor que não existe amor, mas apenas sentimento de posse e orgiulho. Que ama não mata e nem agride. Já sofri muito em razão de crises de ciúme do meu marido, que sempre estragava momentos importantes de minha vida. Graças a Deus, hoje ele está mais comedido.

    Feliz domingo das mães, com muita alegria em família.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  61. Oi Smareis querida, o ciumes nao traz nada de bom, mas infelizmente, ele existe.
    Tenha um otimo e feliz dia das maes (se vc for mae), bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  62. Olá Smareis
    O ciúme é como veneno que actua lentamente destruindo relações, vidas e pondo até em causa ,a própria saúde O ciumento compulsivo é um doente que acaba também por sofrer aquilo que não consegue controlar.
    Beijo e bom Dia da mãe por aí.
    Graça

    ResponderExcluir
  63. Belo post, Smareis e inspirada a escolha da crônica. Talvez seja um lugar- comum, mas penso no ciúme como uma espécie de sal: sem, não dá; mas se exagerar na dose, estraga tudo! :) Boa semana.

    ResponderExcluir
  64. Oi Smareis! Que bom voltar em teu blog e também te encontrar lá no meu cantinho!Acho que ciúmes até certo ponto pode ser aceitável,o problema é quando este se torna doentio,aí só Deus na causa...
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  65. Retornei, querida Smareis!
    Não tenho outra maneira de conduta com os blogs que não seja assim: consigo visitar quando atualizo, pois assim otimizo meu tempo.

    Primeiro quero te agradecer e muito pela atenção em razão do meu aniversário. Adorei tuas palavras, você é uma queridona e que faz falta quando 'some' dos blogs :)

    Quanto aos ciúmes... hummm... complicado... Pois penso que seja mesmo normal um ciuminho aqui e ali, mas que é sempre bom a pessoa tentar deixar tudo o mais sutil possível. Por outro lado, há pessoas que se tornam doentes e obsessivas, e nesse estágio, a necessidade de um tratamento, ou mesmo, o fim desse relacionamento.

    Gosto muito dos teus escritos. Já disse e repito!

    Muitos beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
  66. Olá querida Smareis!

    O ciúme em excesso é devastador, sentir isto não leva a lugar nenhum. Podemos Amar, mas com ciúmes com certeza o Amor acaba, sufoca-se, pode ser numa amizade, etc...

    Gostei do texto, muito bom e serve para refletir em todos os aspectos.

    Amiga, obrigada pelo apoio, estou voltando aos poucos, não posso ficar muito tempo no PC, ainda estou sendo medicada, mas graças a Deus, vou me recuperando. Agradeço imensamente a sua linda amizade,

    Agradeço

    Você é uma amiga(o) especial.
    Quero guardar-te sempre em meu coração!
    Não tenho nada que possa recompensar ter uma amizade tão linda assim.
    Apenas digo obrigada, pela força, carinho e sua amizade.

    Com certeza e Fé em Deus,irei refazendo a vida.

    Beijos e um feliz final de semana. Nati

    ResponderExcluir
  67. Olá, Smareis. Uma forma de abordar o ciúme que tanto mal provoca as pessoas levando muitas vezes até a morte. Realmente uma patologia! O cuidar na relação é essencial, más o poder de posse anula tudo. Tirando assim o direito de ir e vir. Ser feliz! Obrigada por partilhar. Uma feliz semana! Bjos e flores.

    ResponderExcluir
  68. Olá, Smareis.
    Bela mensagem e reflexão; o ciúme é, de certa forma, algo normal pois foi criado para que a pessoa proteja seu companheiro e, desta forma, aumente as probabilidades de seus filhos sobreviverem.
    O que ocorre é que, em demasia, ele se torna um a doença que pode vir a trazer consequências trágicas.
    Fiquei por um bom tempo sem internet e só consegui normalizar a situação agora.
    Abraço e uma excelente semana pra ti, Smareis.

    ResponderExcluir
  69. Um tema muito pertinente, Smareis. Sou casada há 38 anos e, como em qualquer relacionamento tem havido momentos de tudo, menos de ciúmes.Ser um casal não significa ser dois em um, mas sim ser duas pessoas que fazem o seu percurso juntas, continuando a ser individuos e por isso diferentes em todos os aspetos.É preciso muita paciência, muito respeito pela individualidade de cada um e muito diálogo para que se consiga um relacionamento longo e saudável. Nunca tolhi a liberdade do meu marido nem ele a minha; é claro que discordamos muitas vezes , mas já aceitámos que isso é normal e vai continuar assim sempre. É uma utopia acharmos que podemos modificar o outro; podemos tentar adaptarmo-nos a ele, mas nunca tentar mudá-lo. Há certos programas de que o meu marido gosta muito e eu não, mas, ele sempre os fez, com os irmãos ou amigos e eu simplesmente fico. Ele gosta de caça e de pesca, muito bem, ele vai e eu fico; o mesmo faz ele em relação ao que eu gosto e ele não. A confiança é a base de qualquer relacionamento e ela deve existir em qualquer situação. Não acho que um pouco de ciúme tempera o amor; penso, pelo contrário, que lhe tira todo o tempero.E não adianta pensar que o ciúme evita traição. Quem quer traír fá-lo e de uma maneira tão perfeita que nem se desconfia. Conheço casais que só saiem se forem os dois, e se um quer ficar em casa o outro tem de ficar por muito que lhe apeteça saír. Não, isso não faço e nunca fiz, nem na altura do namoro. Bem, amiga, já me alonguei muito. Obrigada pelo interessante tema e fica bem. Um beijinho de grande amizade.
    Emília.

    ResponderExcluir
  70. O ciúme só existe na nossa cabeça. Quando se confia não existe ciúme, quando se desconfia não vale a pena ter ciúme!

    ResponderExcluir
  71. Belo texto amiga!Quem vive por meio de cobranças e desconfianças, não vive.Felicidade é paz e liberdade.Parabéns!Abraços Eloah

    ResponderExcluir
  72. Minha querida

    Uma matéria que dava pano para mangas, como se costuma dizer, porque o ciúme é um sentimento que tantas vezes acaba com os relacionamentos. Duas pessoas que resolvem partilhar a vida têm que ter confiança uma na outra e só assim dá certo.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  73. Smareis, vim deixar um abraço e desejar um lindo fim de semana pra vc!
    Beijos

    ResponderExcluir
  74. Smareis o ciúme levado ao extremo pode destruir não só um relacionamento mas até mesmo uma vida. Quem ama do coração, ao longo da caminhada em conjunto, acaba certamente por algum dia ter uma "pontinha" de ciúme, mas tal como tudo na vida o ciúme na dose certa não faz mal a ninguem.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  75. Los celos son malos compañeros de viajes.

    un abrazo

    fus

    ResponderExcluir
  76. Portador de uma abraço da saudade amiga.
    Uma bela semana a voce com todas as alegrias e paz.
    Que cada dia seja de muito carinho e reflexão.
    Relação é a permissão de se conhecer e promover mutuamente.
    Linda postagem e reflexão.
    Abraços.
    Beijo de paz.

    ResponderExcluir
  77. Se a sua segunda-feira foi maçante, a terça cansativa, a quarta superfrenética, a quinta cheia de espinhos e sua sexta está fritando sua paciência... Então eu desejo que você tenha um Sábado fantástico e um Domingo cheio de coisinhas gostosas!

    Bom fim de semana!
    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  78. Oi querida, vim lhe desejar uma ótima semana, beijos!!

    ResponderExcluir
  79. Amiga, tudo bem?
    Sei que está ausente do blog resolvendo as pendências da vida, agaurdei seu retorno com das outras vezes! Pois bem, hoje vim deixar um grande abraço pra vc e te convidar pra comparecer na terça 24.06 no meu blog pra nossa festinha de 3 anos.
    Desde já, te agradeço por acompanhar por um bom tempo nosso cantinho.Bjs

    ResponderExcluir
  80. Olá, Smareis!
    Como vais?
    Cheguei em um momento que não estás. Espero que esteja tudo bem e que voltes logo.
    Tudo o que é demais não é bom. Foge à normalidade, penso eu.
    Precisamos respeitar a individualidade das pessoas para que haja felicidade.
    Bom domingo!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  81. Aí deu uma sauadade e eu vim passsear por aqui.
    Desejo que esteja bem e com paz no coração.
    Que suas manhãs tenha sido coloridas e floridas já com perfume de primavera.
    Fiquem bem e volte tão logo possa.
    Carinhoso abraço amiga.
    Beijo

    ResponderExcluir

Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!