Tudo junto e misturado...

14:30:00


Finalmente novembro chegou, e com ele um calor insuportável. O verão, conhecida estação de calor intenso, ainda nem deu o ar de sua graça e já estamos nos sentindo em uma fornalha. Tá dificil driblar esse bafo de dragão que está sobre o meu Estado. O povo pode ir preparando estoque de protetor solar porque o calor não vai dar trégua. A gente já acorda meia cansada, com indisposição física, irritabilidade e sonolência, mesmo tendo dormido a noite toda. Imagine depois do dia 21 de dezembro quando iniciar o verão. As perspectivas para esse verão não são nada animadoras em termos de refrescânciaE no meio desse cenário saariano, fugir do calor só é possível mesmo com um ar condicionado, ou mergulhado numa piscina. Mas não tá fácil para ninguém, e pouca gente está conseguindo comprar esse pedacinho de "qualidade" de vida. Agora as coisas vão esquentar ainda mais com essa mudança do novo horário. Isso significa uma hora a mais de sol no fim do expediente, mas também representa uma hora a menos de luz natural no começo do dia. Isso atinge em especial quem precisa levantar muito cedo, e muitas vezes, se vê saindo de casa ainda no escuro.

Eu particularmente não gosto dessa mudança. Mais há quem seja fã dessa alteração de horário, principalmente porque os dias ficam mais longos, o que deixa algumas pessoas mais dispostas para praticar algum tipo de exercicio físico. Os primeiros dias com o novo horário, parece que tudo fica meio confuso e fora do lugar, principalmente se tratando do horário das refeições, o horário de dormir. Nos primeiros dias a gente tem até dificuldade para acordar, e falta sono para dormir à noite, e o apetite também sofre alterações. Outro fator que causa transtornos na mudança de horário é a programação de televisão, que segue o horário oficial de Brasília, fazendo com que os estados que não adotam horário de verão, precisam se adaptar à mudança para não ficarem "atrasados" em relação ao que o resto do país está assistindo. Um estudo realizado recentemente no Brasil concluiu que o corpo humano precisa de ao menos 14 dias para se adaptar totalmente ao horário de verão. Enquanto essa adequação não ocorre, os brasileiros vão tentando habituar-se a esse novo horário e a nova mudança de governo que irá acontecer no dia 1º de janeiro de 2019.

Confesso que atualmente ando me sentindo absurdamente descontente, um cansaço misturado com uma pressa de mudança no Brasil. Mudanças que são absolutamente necessárias. Nós encontramos num ponto em que não tem mais jeito, precisamos mudar AGORA… Falta pouco (menos de 60 dias) para encerrar 2018, e uma grande massa do povo brasileiro clamam por mudanças, enquanto outra parte não acredita mais no governo, nem nos seus políticos, não acredita em suas leis, acostumou-se com a desordem governamental e passou a ver como normal às notícias trágicas sobre violência, corrupção, etc. Há um grande pessimismo no ar, mas há alguns sinais muito positivos, e isso aponta uma luz no fim do túnel. Todos nós brasileiros sabemos que o Brasil tem jeito, porque tem recursos naturais e humanos suficientes para dar a volta por cima. O problema é que essa transição vai exigir paciência, maturidade e disciplina. Caso sejamos um tantinho distraídos demais, corremos o risco de perdermos a capacidade de entender o processo. Como qualquer transição, pode ser dolorosa no início e durante o processo, mas gratificante quando houver terminado. 

Estamos em tempo de travessia, e esta travessia PODE levar o Brasil a um lugar melhor. Mas para todo esse processo dar certo necessitamos de governantes sério e íntegro, com pulso forte disposto a trabalhar para o crescimento do País. Eu estou bem confiante, porque ainda acredito que o Brasil pode escrever uma nova história. Vamos aguardar o próximo governo. Se vai dar certo? Ninguém sabe! Precisamos ter esperança mais uma vez, ACREDITAR que vai dar CERTO, principalmente em relação a mudança de lei da Maioridade Penal. O Brasil é um dos poucos países que ainda possuem a cultura de tratar jovens de 15 a 18 anos como crianças, não responsáveis pelos seus atos. Por isso a criminalidade cresce assustadoramente. Que me desculpe quem é favor dessa lei, mas, atualmente essa lei serve apenas para criar alguns bandidos perigosos, que ao atingirem 18 anos, estão formados para o crime, já que não puderam trabalhar e buscaram apenas no crime sua formação. A violência está sem controle devido as nossas leis. Se as leis fossem mais duras, reduziria bastante a criminalidade. O sujeito pensaria mais, antes de cometer um crime.

Algo precisa ser mudado urgentemente, por que sair para os afazeres do dia, ir a uma praia, ao shopping, e voltar a casa em paz é uma questão de sorte, tipo roleta russa, poderemos ou não escapar ilesos. Somos mais livres dentro da nossa própria casa, e, prisioneiros ao andar nas ruas, praças, etc. Cheguei à conclusão de que perdemos o nosso direito de ir e vir. Triste fato, mais é realidade. A população anda tensa, e porque não dizer apavorada. Até onde irá a insensatez, e a crueldade do "ser humano"? O desrespeito atingiu o clímax do cinismo e a passividade nos abate. Tenho sede de muita coisa, eu ainda procuro o tesouro dos sentimentos. Rostos mansos e calmos, translúcidos de PAZ, avessos às indevidas truculências. 
Há dias que, QUERO TIRAR FÉRIAS DA REALIDADEEEEEEEEEEEEEEEEE!

Que novembro nós traga muitas coisas boas!
Não importa a cor do céu, quem faz o dia bonito somos nós.
Como dizem por ai: Se o plano A não deu certo… O alfabeto tem mais 25 letras! 
Um feliz mês de novembro!
Um abraço!
Até a próxima postagem!


"O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)






                                          Coração Vago - Nando Reis

Postagens Passada

55 comentários

  1. Esse é o espírito - lamentos não conduzem a nada, acções sim.
    Beijos, feliz mês de Novembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Pedro. Uma boa semana.
      Um feliz mês de novemvro. Bjs!

      Excluir
  2. You mention two topics in which I have strong opinions, Smareis: Changing the clocks twice a year, which is absurd to my way of thinking, and teenage criminals, with which I have more than a little experience.

    I will not write at length about either of them, but in regard to changing the clocks from standard time to daylight savings time and back again no longer has rhyme or reason to it. I could care less which measure is used, but I think one or the other should be selected and stick with it -- forevermore.

    At one point in time when I worked in corrections, I had both the oldest inmate -- a murderer in his eighties -- and the youngest inmate -- a fifteen-year-old sentenced as an adult for multiple burglaries -- assigned to "my unit." I utilized both as informants, trading cigarettes for information. This is a topic I could talk about for hours, but I will simply say I think as a rule of thumb, individuals younger than sixteen or seventeen should not be housed with adult inmates. I will elaborate about that another day ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I do not like this time change in the beginning Fram. But as everything in life gets used to, we adapt with the passing of days.
      Teenagers certainly need to be separated from adult prisoners. But they are forced to take their mistakes and pay for them. Teenager is not a child, he knows very well what is right and wrong.
      Good week Fram, and a good month of November.

      Excluir
  3. November is the most beautiful month of the year, with the blend of warm colors.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I already like the month of September.
      Good week Catalin.

      Excluir
  4. Coisas boas neste novembro e nos demais que se seguem.
    Mudança horário, existe quem sinta mais e quem sinta menos.
    Aqui na Europa este ano foi tema pela UE e talvez para o próximo ano deixe de se alterar o horário.
    Por aqui, estamos no outono... chegou o frio e a chuva, este ano a tempo e horas...
    Obrigado e um abraço.

    Olhar D'Ouro - bLoG
    Olhar D'Ouro - fAcEbOOk
    Olhar D'Ouro – yOutUbE * Visitem & subcrevam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro o outono Rui, é minha estação preferida.
      Abraço e boa semana!

      Excluir
  5. Smareis, aqui há dias fresquinhos e outros de calorão muito grande. Também não gosto desse horário, mas acostumamos...
    Quanto à política, nem quero mais falar...Não aguento mais essa porcalhada toda... Ainda mais com as notícias desse absurdo aumento de ontem... E o povo? Se rala, com presidente A , B ou C... Não confio em nenhum1
    ! Triste ver o Brasil assim e desacreditar. Porém ,respeito quem acredite...beijos ,lindo NOVEMBRO e ânimo! Precisamos! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim como tudo na vida, a gente acaba se adaptando com o novo horário Chica.
      Bom novembro, e boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  6. Gostei bastante da musica, não conhecia o Nando Reis.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nando Reis é um grande compositor. Muitas de suas músicas se tornaram sucessos na voz de outros cantores. Na minha opinião é um dos melhores.
      Abraço e boa semana!

      Excluir
  7. O Brasil precisa de uma grande mudança sem dúvida, mas há coisas que são essenciais em qualquer país que os brasileiros terão que ter em conta. Desde logo, que vencedores e vencidos se respeitam e se unam em prol da mudança. Divididos e combatendo-se não chegam a lado nenhum.
    Também não gosto da mudança de hora. Especialmente a mudança para a hora de inverno. O meu relógio biológico, leva quase um mês para se habituar e durante todo esse tempo, como mal, durmo mal, raciocino mal. Mas compreendo que não tenha muita lógica mandar as crianças para a escola de noite e começar o dia a trabalhar de luz acesa.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que falta na política é isso mesmo Elvira. Vencedores e vencidos se unirem em prol do País. Essa mudança de horário mexe demais comigo, principalmente em relação ao sono. Meu humor fica péssimo.
      Boa semana e um excelente mês .
      Abraço!

      Excluir
  8. Hello, Happy November to you. I am not thrilled with the shorter winter days here. I wish it was spring again. Violence and crime seem to be happening world wide, It would be nice to feel while out walking in our cities. Your image is lovely. Wishing your a happy peaceful day!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Violence is the evil of the times.
      A great November month for you.
      Good week.
      A hug.

      Excluir
  9. Oi Smareis! Sempre me adaptei bem as mudanças de horário de verão, nem gosto ou desgosto, mas imagino que em algumas regiões deve ser mais difícil mesmo, como você explicou tão bem.

    Esperança? Sinceramente não tenho, não acredito que uma pessoa que "fala o que fala" e se comporta, possa ter capacidade para mudar através da paz e educação que é o caminho mais árduo, mas mais humano. Outros caminhos serão superficiais, o custo benefício não compensarão humanamente falando.
    Mia Couto disse sabiamente:

    "Há muros que separam nações, há muros que dividem pobres e ricos. Mas não há hoje no mundo muro que separe os que têm medo dos que não têm medo. Sob as mesmas nuvens cinzentas vivemos todos nós, do sul e do norte, do ocidente e do oriente".

    Espero estar errada e aplaudirei o que de bom vier, mas espero que os que acreditam nas tais "mudanças" saibam questionar e criticar o que de ruim vier, pois estamos tratando questões sérias com passionalidade, sem racionalidade, todos.

    Adorei seu retorno e o que falar do Nando Reis?? Amooo....
    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem pessoas que nem sente diferença nessa mudança de horário, Dalva. Eu demoro muitos dias para me adaptar, principalmente horários de dormir e refeições. O problema é que quando a gente começa a acostumar com o novo horário, ai muda de novo.

      Grande Nando Reis, eu adorooooo.
      Bom mês de novembro, e uma boa semana Dalva.
      Abração!

      Excluir
  10. Hello,
    Nice post with a wonderful image.
    Good to think about the time we live now, because the climate is changing fast.

    Best regards,
    Marco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. In recent years, the climate has changed a lot.
      Good week Marco.
      A hug.

      Excluir
  11. O povo trabalhador é que está tramado,
    neste mundo, seja lá em que pais for
    continua a ser cada vez mais explorado
    para mais e mais enriquecer o explorador!

    Desde há muito eu me lembro,
    não tenho nada contra o calor
    já se sente o frio em Novembro
    quem ama no coração sente amor!

    O mundo não estará ficando louco,
    alguém no mundo é que louco está ficando
    nem de perto nem de longe tão pouco
    com quem precisa se estarão preocupando?

    Tenha um bom dia amiga Smareis.
    Um abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do poema Edu!
      Uma boa semana amigo.
      Um excelente mês de novembro.
      Abraço!

      Excluir
  12. Espero que ainda venha uma mudança para o Brasil, uma esperança, um novo florescer...
    Gostei muito da frase do Martin Luther King, não podia ser mais verdade
    Obrigada pela partilha
    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A esperança é o alimento da vida... E eu tenho esperança que algo bom possa acontecer em 2019.
      Boa semana, e um bom mês de novembro.
      Beijinho!

      Excluir
    2. Passarei por lá para ler o novo capítulo.
      Beijinhos!

      Excluir
  13. El calor pasará y llegarán momentos de frescura. Nuestra vida humana es muy corta -incluso la de aquellos que alcanzamos una vida muy larga- pero está la historia de los pueblos que son un largo exponente de guerras injustas e injustificables, de penurias y abusos que sufren la mayoría, en fin... cuando se oye al político de turno siempre promete acabar con los problemas pero, suele suceder, que cuando abandona el poder no ha cambiado nada y sí ha dejado nuevos problemas para el siguiente.

    Los pueblos queremos cosas tan baratas como la paz -no cuesta dinero- y un trabajo que nos permita vivir y sacar adelante a nuestra familia y, por último, educación para nuestros hijos. Creo que eso lo queremos todos los pueblos del mundo. El gran problema es que dejamos la solución en manos de quienes no son capaces de arreglar otra cosa que su cuenta en Suiza.

    Interesante tema, me ha gustado mucho la lectura de este post. Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Es difícil pasar ese calor por aquí Franciska. Todavía no empezó el verano.
      En la política se puede esperar todo ... La única cosa que la gente puede tener es esperanza de que algo bueno pueda suceder. Lo que venga de bueno va a ser ganancia.
      Buena semana.
      Un abrazo.

      Excluir
  14. Boa Noite, querida amiga Smareis!
    Tão bom quando você posta trazendo esperança e um tom de fé mesmo nas dificuldades da atualidade como horário de verão para nós (não troquei o meu, rs)...
    Também o caos político, sutilmente abordado aqui...
    Toques de Novembro...
    Céuz azul lindo, chuva fininha, em outros dias...
    Mas... é Primavera e vamos sonhar e viver, no coração, todo esse frescor das flores perfumadas independente de tudo, amiga.
    'Amar não é conceito'... (no vídeo) é pratica e muita vontade de que lutar para que dê certo todo sentimento do lado esquerdo do peito.
    "Não tenho dúvida, é com você que eu quero viver!" Lindo! (do vídeo)...
    Tenha dias venturosos e aconchegantes!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite amiga Rosélia!
      Precisamos ter esperança em alguma coisa nessa vida minha amiga. Mudanças sempre são bem vinda.
      Quando a música é maravilhosa, e o Nando Reis eu adorooo. Um grande compositor.
      Obrigada pelo carinho de sempre.
      Um bom mês de novembro, e uma bela semana pra você e os teus.

      Um beijo!

      Excluir
  15. Por aqui, começa a estar geladinho...
    Gostei do seu texto: dá-me uma ideia mais completa do dia a dia do cidadão brasileiro,
    estou a torcer para que tudo corra da melhor maneira para o lindo Brasil.
    Tinhamos 4h de diferença horária, agora temos 3h...
    Gostei da descrição, da bela ilustração, do epílogo, dos vários elementos reunidos com muito bom gosto.
    Saudações cordiais.
    ~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu torço bastante pelo meu País Majo. Precisamos de mudanças urgentes. Tenho esperança que algo bom possa acontecer em 2019, embora uma boa parte das pessoas não pense assim como eu.
      Uma boa semana, e um novembro cheio de coisas boas.

      Um abraço!

      Excluir
  16. São, de facto, tempos de travessia os que vivemos nos vários países do mundo. Por todos os lados há calores, há frios, há medos, há dores...
    Lutemos e aguentemo-nos, façamos por contribuir para melhorar um pouco ao nosso redor, mesmo quando só apetece desistir.
    Bom Novembro!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desistir jamais Fá!
      Bom novembro!
      Boa semana!
      Beijo!

      Excluir
  17. Respostas
    1. Es lo que mi país anda necesitando isaac.
      Buena semana.

      Excluir
  18. Aqui pela Europa o Inverno está chegando,chove e faz frio!
    Parabéns pelo post, um texto fantástico e uma música lindíssima.

    Um beijinho e um excelente fim-de-semana
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui anda chovendo bastante, mas o calor não dá trégua.
      Boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  19. Hola Smareis!

    Nos dejas una entrada muy interesante, digna de una mirada detenida, es vewrdad que el cambio de hora, no es solo en Brasil, tambien aquí en españa lo padecemos afecta a todos en general; pero esto se supera en unos dias, lo malo lo grave, esta en la violencia de todo clase de genero que nos embarga la vida.
    Te sobra razón en todo lo que nos cuentas, deberían endurecer duramente, las penas de criminalidad. No solo en tu pais estamos viviendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Debido a las leyes débiles, la criminalidad sólo tiene que crecer, como sucede aquí.
      Buena semana Marina.

      Excluir
  20. Podíamos trocar algum do vosso calor por algum do nosso frio... assim tudo ficaria mais temperado... Mas tal não é possível e nem sequer temos a esperança de um dia se poder importar/exportar temperaturas...
    Mas a esperança de um país melhor não pode morrer nos corações brasileiros. Vocês merecem muito melhor. E, para que tudo possa melhorar, há que erradicar (ou pelo menos minimizar) a pobreza. O processo é complicado, mas é possível acabar com o desemprego e melhorar a condição económica dos mais pobres. Aí, a criminalidade vai diminuir drasticamente e a segurança dos cidadão vai aumentar exponencialmente. Acredito no povo brasileiro, ainda que não acredite muito nos políticos... mas haja esperança.
    Smareis, um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde, Smareis. Achei muito sensata as suas considerações. Aquela que mais despertou-me a atenção e com a qual concordo plenamente é sobre a mudança da lei da maioridade penal. Tudo no seu blog é admirável! Meus efusivos parabéns, caloroso abraço e feliz novembro para todos nós.

    ResponderExcluir
  22. Smareis,
    Eu gosto do calor de onde vivo no ES.
    Vim do RJ e o calor d elá eu jã não
    consigo me sentir confortável.
    Ainda sobre o clima, em 2019 teremos
    muitas intervenções do "El Ninhõ".
    Penso que nesse mês de outubro e já
    agora em novembro foram muitos ventos,
    clima frio alternado com abafamento...
    e agora essa semana de chuva intensa.
    Em fim
    Quanto as mudanças, a democracia nos
    ensina a aguardar com esperança.
    Vivemos tempos complicados.
    Adorei toda sua publicação.
    Grata por somar conosco (seus leitores(as).
    Bjins
    CatiahoAlc. do Blog Espelhando

    ResponderExcluir
  23. O fresco que nos foi reservado contrasta com o tempo de férias que por aí se avizinha. Que elas revigorem os corpos e as Almas, mas que deixem a Paz reinar.
    Nós cá nos iremos segurando e encostando ao Natal, tradicionalmente... fresquinho.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  24. Olá Smareis ! Que texto bem escrito e de leitura fácil e agradável . Abordaste bem tanto a questão sobre o horário de verão , que eu torno a repetir , odeio . Não vou me acostumar com ele nunca e espero que um dia se acabe . Falaste tb muito bem sobre a nossa liberdade tolhida e a questão da mmaioridade penal . Assunto muito discutido nos dias de hj e que diverge opiniões . Mas é preciso que haja uma mudança na lei que precisa ser mais dura e mais abrangente . Vamos ver o que decidem os donos do poder . Muito bom vir aqui e ler um texto tão atual e interessante . Abraços e bom final de semana

    ResponderExcluir
  25. Querida Smareis

    Fico sempre espantada com o facto de haver tantas diferenças no globo terrestre, por exemplo, com frio aqui e calor aí ou verificar-se o sol da meia noite noutros locais, enfim uma variedade que, realmente, o homem não consegue controlar, mostrando a nossa pequenez. É certo que o avanço científico já faz coisas que pareciam inatingíveis, mas a força da natureza manifesta-se quando menos esperamos, motivo para nos mostrarmos mais comedidos e menos ufanos com as nossas proezas.

    Há algo que temos a capacidade de controlar e encaminhar para o bem comum: são os nossos bons sentimentos e a vontade de contribuir para um mundo melhor. As nossas opções podem levar-nos a obras maravilhosas e as mudanças deverão incluir a nossa felicidade e a de quem nos rodeia.

    Bom fim de semana minha amiga.

    Bjo

    Olinda

    ResponderExcluir
  26. Um texto excelente. Foi um gosto lê-lo.
    Por cá novembro já começa a esfriar…
    Que o seu novembro seja muito bom.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  27. Aquí en España, con nioviembe comienza a entrar el aire frío, aparecen las lluvias y los días se acortan. Estanmos en pleno otoño y después de terminar esta estación nos llegará el crudo invierno.

    Besos

    ResponderExcluir
  28. Concordo com tudo que aqui você disse, Smareis! Aqui na Bahia, não temos o horário de verão; mas, ainda assim, ele interfere em nossas vidas, seja nos hora´rios da televisão ou de trabalho, pela dependência das grandes empresas do sul. Quanto ao calor, confesso: escondo-me dele no ar condicionado... mas sou castigado pela conta de energia! :( Fazer o que,né? Vamos em frente, que esse verão vem quente! Meu abraço, boa semana.

    ResponderExcluir
  29. Estamos nios aproximando do n Verão, normalmente muito quente, o que incomoda bastante. Gosto muito do Outono.
    Em relação ao Brasil, tenho por hábito, sempre acreditar que um dia todos seremos felizes.
    Nando Reis um grande compositor e cantor.
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  30. Que DEUS tenha PIEDADE de NÓS! Bela e bem coordenada crônica Smareis. Parabéns!

    Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

    Furtado

    ResponderExcluir
  31. Olá Smareis, td bem?

    Eu confesso a vc que prefiro os dias com sol, mas não necessariamente como no deserto do Saara, aquele calor insuportável ninguém merece. Gosto de dias com temperaturas amenas, mas detesto o inverno, não gosto de usar roupas de frio. Em SP o clima é tão louco que pode fazer frio mesmo no verão, então sempre precisamos estar com os agasalhos à mão.

    Com relação aos rumos do nosso país eu espero sinceramente que algo mude e as coisas melhorem, embora esteja descrente do novo governo por não concordar com algumas posturas e discursos que vão de encontro a tudo o que eu penso como sociedade. Não acredito de maneira nenhuma que armas seja o melhor caminho para diminuir a violência, vejamos o exemplo dos EUA. Tbm não sou a favor de reduzir a maioridade penal pq além de não resolver o problema vamos incentivar bandidos a aliciar crianças cada vez mais jovens para o crime e afastá-las das famílias e do caminho do bem. Acredito sim que esse problema só pode ser resolvido com educação, programas sociais, empregos e oportunidades iguais para todo mundo. Precisamos de livros ao invés de armas, educação para todos ao invés de redução da maioridade e emprego para diminuir o banditismo que assola o país. Nada disso é fácil em se tratando de Brasil, mas esse é o único caminho possível que eu vejo e tenho esperança que um dia mesmo que longínquo isso aconteça.

    Bom, eu gostei do seu texto e dei a minha opinião sobre a situação do país, de qualquer forma espero um país melhor e mais justo para quem tanto precisa disso. Que os trabalhadores e pessoas mais carentes tenham dias melhores, o povo não aguenta mais tantas injustiças e descaso dos governantes. Basta de canalhice e pessoas pensando apenas em si próprias, precisamos de justiça social e igualdade de oportunidades.

    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Aqui Novembro trouxe muita chuva , que eu não aprecio de todo...

    E, sim, por vezes apetece fugir da realidade


    Beijinho e bom resto de ano

    ResponderExcluir
  33. Oi Smareis! Andamos sumidos, mas nunca esquecidos. Muito quente por aqui tambem, e maior ainda e´ese clima de espera ansiosa por um Brasil melhor , e que não vai acontecer da noite para o dia.Menina ando numa correria danada, e gostaria eu tambem, de tirar ferias dessa realidade transloucada!Feliz por estar aqui comentando você, minha querida amiga. GRande beijo, e um abraço bem apetado. Tambem com postagem nova por la´.

    ResponderExcluir



Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!

Contador online

Aprenda com o autor da vida!

A Bíblia é o único livro que você lê na companhia do autor!