Raiva: Você guarda ou explode?

Tela do Pintor Scott Harding
A raiva em demasia pode gerar problemas tanto ao indivíduo, quanto às pessoas que a este relacionam. Muitas vezes a raiva nos domina simplesmente por que enxergamos problemas onde eles não existem, ou por que damos proporções maiores que as reais. 
Às vezes ficamos nervosos simplesmente porque temos expectativas negativas sobre as outras pessoas. Aprender a lidar com esse sentimento por vezes se torna difícil, mais não impossível. Já presenciei cenas que me fez refletir muito a respeito desse sentimento que o ser humano traz dentro de si, e explode por vezes em certos momentos. É complicado controlar esses impulsos repentinos, (como é difícil...), mas aprender a lidar com esse sentimento ajuda a manter, e melhorar os relacionamentos e as diferenças. A raiva surge de desejos insatisfeitos, de mágoas, frustrações, decepções, desilusões, que acaba gerando infelicidade envenenando corpo e menteO que a raiva resolve? Nada. Só machuca quem a sente. Foi o que me levou a pensar... Tenho me controlado, o resultado é bem melhor. Ultimamente quando me encontro em situações IRRITANTES, tento me controlar ao máximo, ficar calada é a melhor escolha para que eu não perca totalmente a razão... Respiro fundo, e procuro uma oportunidade futura, com palavras certas, que representem tudo que eu queira falar, sem gritos, sem palavrões, apenas mostrando que tenho razão...Aristóteles disse uma vez: “Zangar-se é fácil, difícil é zangar-se com a pessoa certa, no momento certo, na intensidade certa e pelo motivo certo.”
Não acho errado sentir raiva, errado é o modo como a expressamos, e o que fazemos com ela. Raiva é um sentimento, portanto temos o direito de senti-la.

Segundo a Psicologa Miriam Barros (minhavida.com.br). Extravasar a raiva sempre que ela surgir, como alguns aconselham, não é adequado e nem sábio. Isso pode até gerar um alívio momentâneo, mas, e depois? Grandes estragos são feitos nos relacionamentos em nome desse "extravaso". Uma palavra falada num tom agressivo, mesmo que num momento de raiva, pode estragar amizades e criar muitas barreiras. 


Se você fizer uma análise honesta sobre o que o deixou com raiva, encontrará uma tristeza por alguma perda, uma expectativa que não se concretizou, uma rejeição, uma mágoa e muitas outras coisas que nos entristecem.

É muito mais fácil reconhecer que estamos com raiva do que tristes. A raiva nos dá a sensação de sermos fortes e poderosos. Muitas pessoas acreditam que, se disserem que estão tristes, parecerão frágeis e vulneráveis perante os outros. No entanto, é preciso questionar essa crença. A nossa força não está na raiva, mas sim na coragem de tomar consciência dos próprios sentimentos e daquilo que nos faz sofrer e, se possível, encontrar um jeito de lidar com isso.

É claro que existem muitas situações que são de extrema violência ou abuso contra nós ou contra outros que merecem a nossa explosão. A maioria das questões que vivemos no cotidiano, porém, poderia ser resolvida de forma mais construtiva, ouvindo a tristeza que está por trás da nossa raiva. 

Embora seja difícil, esse exercício favorece os relacionamentos. Se conseguirmos falar para o outro o que nos deixou triste e que não queremos mais que aquilo aconteça, em vez de explodir e colocar para fora toda a nossa raiva, evitaríamos muitos rompimentos, mal entendidos e distanciamentos nos relacionamentos.( Miriam Barros-Psicologa)

 "Zangado com alguém? Escreva-lhe uma carta com todos os seus sentimentos, a sua raiva, decepção. Dois dias depois, pegue-a e leia. Ainda tem vontade de enviá-la? Raiva é como massa de torta: amolece depois de 2 dias."( H. Jackson Brown)



Beijos pra quem é de beijos!
Abraços pra quem é de abraços!
Beijos e Abraços pra quem é dos dois!

Até a próxima!

116 comentários:

  1. Es cierto; la ira es un Sentimiento inherente al Ser Humano y tenemos derecho a poseerlo, pero, también, tenemos el deber y la obligación de controlarlo y dosificarlo para no hacernos daño ni dañar a los demás de nuestro entorno.
    Precioso Post.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo esse texto. Porém, de vez em quando preciso explodir, não engulo sapos,rs... Depois de minutos estou bem, coloquei pra fora! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. O controle sobre os nossos sentimentos é fundamental para que não exacerbamos em atos violentos. Colocarmos no lugar do outro para entendê-lo é essencial para a prática desse controle. Tenho feito isso e consegui diminuir a raiva ema mágoa. Bjos, Smareis.

    ResponderExcluir
  4. When I was young, I had an explosive temper, a flash temper, and harsh words often would fly when I became angry. The only good thing about it was that it did not last. It was there -- and, then it was gone in a few seconds. Which is not to say my anger did not cause damage in relationships, but at least it did not go on and on and on.

    At some point, I even learned to feign anger. It became a device, a tool, to use to make a point or to get someone's attention in the sense of, "Listen, I really mean what I am saying." This was primarily for work.

    I think anger, in me, usually arises from frustration, and I have found no way to conquer frustration. All I can do is to practice self-discipline and to keep the anger within me in the sense of withholding my temper. What I can do is talk, communicate, explain. When I feel anger, now I usually look for a way to express myself in words.

    And, yes, I have heard of the technique of expressing your anger in a letter directed to the source of your anger. And, yes, often the anger is gone by the time the letter is ready to send and most letters are never sent. But, after considering the situation carefully, in my case, a few actually are sent. (No one is perfect.)

    In a sentence, I think of most feelings, most emotions, as tools to help you or to harm you as you walk through life. It depends upon how well you control yourself and how you use them.

    You have produced another fine post, Smareis, and I really, really like your choice of music today.

    ResponderExcluir
  5. Un tema muy bien abordado mi querida Smareis, estoy totalmente de acuerdo contigo, aunque te confieso que he aprendido de ciertas situaciones a controlar mis actos.
    Muchas veces aprendemos de los errores y eso nos ayuda a crecer y razonar diferente.
    Un placer pasar a leerte, te agradezco tu encantadora vista, abrazos miles!

    http://perfumederosas-cristina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Debo aguantar, debo aguantar... solo um poquitito mas. Respiro, conto 1, 2, 3... ;)

    Envio voce um grande abraco e beijo no seu coracao, Smareis querida.

    ResponderExcluir
  7. Olá Smareis,
    Maravilhoso seu post, muito oportuno e esclarecedor.
    Precisamos aprender a controlar os nossos momentos de raiva, pois é um sentimento que, ao longo do tempo, pode gerar doenças.
    Obrigada pela partilha.
    Beijo grande, minha amiga.
    Muita luz!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Smareis, quanto tempo né?
    Aos poucos estou voltando...
    Linda reflexão!
    Muitas das vezes eu guardo pra mim sabe a raiva. Mesmo que depois me faça mal, sei lá! E tem vezes que expludo rs

    Beijos querida :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone!

      Quanto tempo minha amiga, alias tempo demais risoss. Que bom que esta de volta. Passo por lá pra ver as novidades.
      Beijos querida!

      Excluir

  9. Olá!Bom dia
    Smareis
    ah...gostei da frase de H. Jackson Brown
    bem...sim, concordo...que não é errado sentir raiva, errado é o modo como a expressamos, e o que fazemos com ela. Temos o direito de senti-la. No entanto,reconhecer que estamos com raiva é diferente de expressá-la verbal ou fisicamente... hostilidade e nossas ações podem ameaçar o bem-estar dos outros, pois as leis,
    normas sociais e senso comum estabelecem limites à expressão da nossa raiva. Porém, não somos "culpados, maus ou sem esperança" por ter ficado com raiva. Simplesmente não estamos bem treinados no controle. Qualidade que só podemos desenvolver com prática e tempo. Reagir com raiva é um hábito profundamente enraizado, e , leva tempo para ser removido. Com as mentes claras, podemos então discutir e resolver as situações difíceis com os outros e fazer um discernimento racional das situações em que a raiva pode ser adaptativa e para que, realmente, tudo esteja sob controle...
    Obrigado pelo carinho
    Bela semana
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  10. Samareis...Es importante lo que espones,dificil de controlar.
    ¡Gracias por tu visita!.
    Buenos dias.

    ResponderExcluir
  11. Hello Smareis
    I hate confrontation of any kind and usuallly walk away from any situation that could cause hurt to either myself or others. When I'm angry with myself, it doesn't last long, as I usually end up laughing at how stupid I am being. Anger is harmful, and life is too short! Lovely music Smareis:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Breathtaking!
      Thank you for your presence ...
      I fully agree contigo.Realmente anger is harmful, and life is too short.
      Glad you liked the music, I love guitar and piano.
      Kisses minh friend

      Excluir
  12. Twój post jest bardzo mądry i uczący. Ja nie należę do ludzi, którzy szybko okazują agresję słowną wobec ludzi, którzy mnie zdenerwują. Staram się ich zrozumieć i wytłumaczyć. Może dlatego nie mam wrogów, taki mi się wydaje. Pozdrawiam i dziękuję za odwiedziny.
    A sua mensagem é muito inteligente e de aprendizagem. Eu não pertenço ao povo que se tornarão rapidamente agressão verbal para com as pessoas que me perturbam. Eu estou tentando entender e explicá-los. Talvez seja porque eu não tenho inimigos, então eu acho que sim. Melhores cumprimentos e obrigado por visitar.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia

    Sou por natureza uma pessoa calma mas por vezes sinto raiva de... jogar, jogar e não me sair o euromilhões, lool (brincando...)

    Fique feliz
    ***************************
    Querendo visitem-me...Obrigado

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    Abraço

    ResponderExcluir
  14. Embora seja difícil, buscar o equilíbrio é sempre o melhor.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Posso zangar-me mas não permaneço zangada. Dá para entender?

    ResponderExcluir
  16. Cada dia um novo aprendizado...
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  17. Oi Smareis! Há algum tempo eu me sinto muito melhor por conseguir calar diante de barbaridades ouvidas e assim permitir que quem fala, ouça o que ele mesmo diz. Excelente reflexão. Beijo!

    ResponderExcluir
  18. Smareis

    Como sou (fui efetivamente) de relações humanas e por natureza, é muito difícil zangar-me com alguém. Com raiva nunca se chega a nenhuma conclusão. Tenho uma norma: nunca perder a razão falando. Algumas vezes ganhei consideração manifesta por isso.
    Aproveito a dizer que há novo post no TOP SECRET OLAVO.
    beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá Smareis,
    boa tarde,
    um texto fantástico,
    eu me senti refletido em grande parte dele.

    O tempo me ensinou a controlar a raiva, como o resto dos sentimentos =D

    Desejo-lhe uma esxcelente quarta-feira
    um beijo e um abraço

    ResponderExcluir
  20. Olé Smareis!
    Eu expludo sempre! A questão está na forma de explodir, posso insurgir-me contra a pessoa ou pessoas que me causaram essa raiva para tentar clarear as coisas, ou posso simplesmente ir dar um mergulho na praia e esquecer o assunto se ele nem valeu a pena...ou posso escrever um poema para exorcizar...
    Novamente uma grande reflexão. Gostei muito!

    Tenho novo post, se estiver interessada:
    http://escritacommusica.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  21. Precioso blog, me gusta lo que expresas en el.
    Hasta la próxima.
    Besos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Susi,

      Fiquei feliz com sua visita! Seja bem vinda!Obrigada pela presença.
      Seu perfil no Google+ esta sem o link do seu blog. Tentarei ver se encontro o endereço pra conhecer seu blog e seguir-te.

      Deixo um beijo!

      Excluir
  22. Oi,primeira vez aqui...
    confesso que sou um pouco explosiva.Alguma das vezes consigo me controlar mas na maioria das vezes demonstro a minha ira a ponto de falar até mais do que deveria
    boa semana ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucila,

      Seja bem vinda!
      Obrigada pela presença!
      Passarei pra conhecer seu blog.

      Grande abraço!
      Boa semana!

      Excluir
  23. Sim, as suas palavras sobre a raiva parece muito inteligente! Saudações!

    ResponderExcluir
  24. Oi querida Smareis!

    Amiga, ficar com raiva e deixá-la passar no mesmo dia é um bom sinal, mas guardar dentro de nós, não faz bem a nossa alma.O ser humano sente raiva, e o sentimento de raiva no dia a dia não é bom sinal de controle do mesmo.

    Adorei o texto.

    Como sempre vc posta excelentes textos.


    Beijos amada amiga. Meu carinho e tenha uma feliz noite

    ResponderExcluir
  25. todos pasamos por momentos descontrolados
    nadie es la excepción
    cada quien aprende a controlar ese furor loco e intempestivo
    y obviamente hay quienes son incapaces de controlarlo
    de seguro aquellos que no pueden hacerlo necesitan ayuda profesional

    buena semana
    saludos

    ResponderExcluir
  26. Hola Smareis, una reflexión que me llega en el momento perfecto, es verdad todo lo que dices, no es malo sentir rabia, lo malo es la manera en como lo expresamos, la mayoria de las veces no sabemos como manejarlo, y siempre es bueno que nos recuerden que debemos hacer en los momentos de frustración!!

    gracias Smareis por tus reflexiones y gracias por pasar y dejarme un mensajito se te agradece linda

    ResponderExcluir
  27. Belo texto! Sábias palavras.Obrigada! Sempre é bom refletir.Faz parte do aprendizado.Felicidades amiga.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  28. Sentir raiva é se auto-consumir e, portanto, fazer muito mal à própria saúde. Daí, o melhor é entregar a DEUS.

    Belo e pertinente o texto. Ótima escolha.

    Beijos e ótima noite pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  29. Hola Smareis cuanta verdad en tu texto, aunque es dificil, muy dificil mantener el control, pero no imposible.
    Un fuerte abrazo.

    ResponderExcluir
  30. Ótimo texto, Smareis. A raiva faz parte da vida de todo mundo e é normal senti-la. Muitas vezes dá pra controlar, mas tem horas que a gente explode depois de tanto guardar. O corpo não aguenta. O seu post serve para refletir. bjsss

    ResponderExcluir

  31. Olá Smareis,

    Eu sou calma por natureza e controlo bem a raiva quando ela eventualmente surge, mas confesso que somatizo e isto não me faz bem. Guardar ou explodir não são boas escolhas, a meu ver. Esperar 'esfriar' e dialogar são atitudes mais sábias.
    A raiva é um sentimento maléfico e desastroso e contamina a todos, inclusive o ambiente, com sua energia negativa. Embora não seja fácil não senti-la, controlá-la poderá evitar grandes males, pois o que é dito em momentos de explosões costuma marcar e manchar ótimos relacionamentos, de qualquer espécie. Isto sem contar que ela pode gerar atitudes com sérias consequências. O pior é quando ela se transforma em mágoa, que corrói a alma. O equilíbrio e o diálogo serão sempre os melhores antídotos contra o veneno provocado pela raiva.

    Excelente tema e texto.

    Ótima noite.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  32. Smareis, querida!
    Primeiro quero te agradecer pela presença fiel no meu espaço,e depois te dizer que tenho mesmo blogado menos. Por lá, no meu blog, expliquei que faria isso, mas penso que coincidiu com a época em que você deu uma paradinha. Agora, há pouco, atualizei.

    Smareis, belo texto e mensagem. Menina... é difícil manter a calma, pois existem situações inusitadas e pessoas mais inusitadas ainda hehe.... O certo é tentar a calma e serenidade em todas situações, mas sem deixar de nos expressarmos e dizermos o que nos machuca e o que sentimos, mas sempre com um jeitinho mais tranquilo. Minha experiência me disse que tranquilidade é a razão para quase tudo.

    Grande beijo e agradeço a partilha de um texto, que, para mim pessoalmente, serve bastante!

    ResponderExcluir
  33. Una reflexió plena de contingut i de veritats ...
    Una abraçada

    ResponderExcluir
  34. Eu raramente "expludo", mas também acontece.
    Ultimamente, o meu esforço tem sido concentrar-me nas coisas boas, por pequenas que sejam ;)
    Beijinhos, boa quinta!

    ResponderExcluir
  35. Un buen texto, donde los sentimientos encuentra su sitio y su equilibrio.

    un abrazo

    fus

    ResponderExcluir
  36. Ola Smareis. Gostei imenso da mensagem. De facto a raiva é um sentimento que destroi quem sente e quem é alvo. Mas a nossa condição de humanos nos deixa por vezes tão fragilizados que não conseguimos controlar emoções e sentimentos e muitas vezes ultrapassamos os limites que cada um de nós deve impor a si próprio. Devemos limpar o nosso coração dos sentimentos maus. É um trabalho arduo mas que deve ser diário.

    Um beijinho
    cecilia

    ResponderExcluir
  37. Ola Smareis. Gostei imenso da mensagem. De facto a raiva é um sentimento que destroi quem sente e quem é alvo. Mas a nossa condição de humanos nos deixa por vezes tão fragilizados que não conseguimos controlar emoções e sentimentos e muitas vezes ultrapassamos os limites que cada um de nós deve impor a si próprio. Devemos limpar o nosso coração dos sentimentos maus. É um trabalho arduo mas que deve ser diário.

    Um beijinho
    cecilia

    ResponderExcluir
  38. Boa tarde Smareis.. então com um pouco do meu conhecimento sobre este sentimento pois estudei terapia chinesa.. quando a raiva estoura na gente sofremos uma forte enxaqueca.. pois ela é ligado ao órgão do figado.. ou seja mexe na hora com o nosso sangue sem controle naquele momento de estouro.. dá uma série de problemas nas mulheres atrapalha todo o processo de menstruação ligado ao sangue tb.. gostei do texto bem abordado.. mas eu como já senti muito isso transformei em bons sentimentos para os meus proximos por mais mal que me façam.. eu rezo 10 pai nossos para as pessoas que podem estar vindo a me prejudicar.. sentir raiva só nos envelhece e muda nossa fisionomia... te desejo um lindo dia.. me perdoe pela ausencia entrei tempos atras quando reativei o blog que tu no começo entrava.... minha net aqui tb é um caos espero poder acompanhar mais de perto tuas postagens.. tenha um lindo dia bjs

    lapidandoversos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samuel,

      Que bom que veio me visitar, Sempre bem vindo por aqui, obrigada!
      Já li um pouco sobre terapia chinesa, bem interessante. Realmente a raiva trás essa forte enxaqueca, dores de cabeça terrível. Por isso é bom controlar a raiva, coisa que é difícil, mais não impossível.
      Não tenho que perdoar nada, apenas agradecer pela presença. Importante é que veio. Acho que a net anda um caos quase todos os lugares, muitos congestionamentos, pessoas acessando a rede todo ao mesmo tempo. Efeito da evolução tecnológica.
      Deixo um beijo e desejo de ótima semana!

      Excluir
  39. Olá!Boa tarde
    Smareis
    ...vim agradecer pelo carinho das palavras em meu blog.Fiquei muitoooo feliz, mesmo!Obrigado! De coração!
    Bela quinta feira
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felis,

      Não carece de agradecimento meu amigo.Você escreve divinamente, com grande maestria. És um grande Escritor merece publicar seu livro.
      É merecedor de elogios sempre!

      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  40. Raiva?!?! Felizmente já fui vacinado... hehehe! Querida... não que eu exploda, mas não guardo nada ruim comigo... dá muita ruga isso... hehehe! Bjos e boa quinta!

    ResponderExcluir
  41. Como sempre minha querida, todo o que publicas vem cair na hora certa, no tempo certo com a sapiência mais que certa que tão bem sabes transmitir. Raiva, quem nunca aa sente ou sentiu? o que me provoca mais...não será raiva mas mais dor é a ingratidão, falsidade, hipocrisia...Mas consigo já contar até dez ( recomendo contar até cem...) depois, espero que a onda passe. E é como dizes, a massa vai amolecendo, o travesseiro ajuda a pensar, a cabeça esfria e...a idade aconselha! Ah se aconselha Smareis! Nem todos têm a tua capacidade para ajudar a amortecer os dardos, querida! E sabes uma máxima que li ainda muito jovem, não me lembro de quem? Aristóteles? Não sei. Diz" Um Homem quando se enerva é menos homem" ! Não é com a força dos gritos e palavras injuriosas que a razão vem ao de cima!
    Quanta sabedoria e sensibilidade guardas dentro de teu coração! Tão bom ter-te encontrado querida amiga! Vou de férias e por isso farei uma pausa. De volta venho dar-te aquele abraço na alma e beijos no coração!
    Agora, fica com esta enorme e imenso carinho noutro abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manuzinha, receber elogios de uma amiga como você, me alegra e me engrandece por demais, me dando força pra continuar a escrever mais e mais... Ehehe é bom ir contando até a raiva secar, e a massa amolecer, assim a cabeça esfria NÉ?
      Não são força nem gritos, que alguém chega a algum acordo... A sabedoria é a chave que abre todas as portas.
      Muito bom te encontrar e ter você como minha amiga também.
      Desejo-te uma ótima férias, aproveite e volte logo pra nos presentear com seus sábios textos.

      Deixo um beijo!
      Ótimas férias!

      Excluir
  42. Eu já senti muita raiva sim... e quem ficou doente fui eu! As pessoas estão se lixando se sentimos raiva ou não. Os únicos prejudicados somos nós mesmos...
    Então, qdo sinto raiva, fico quieta num canto.... e a raiva passa..... é um autocontrole diário, um exercício difícil, quase impossível, mas é necessário pra nossa saúde.

    Beijos, linda, ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  43. Olá, querida
    Antes eu implodia... era detonada pela raiva... até que um dia, resolvi virar o jogo... respiro fundo...
    Vou te contar um segredo: ontem uma amiga me tirou do sério... revidei pois não aguentava mais... e fiquei em silêncio esperando acalmar-me... fui à igreja... com ela, convidei-a mas se não fosse eu iria só... aceitou...
    Me chamou pra tomarmos café da tarde juntas... aliviou a tensão um pouco...
    À noite, novo ataque de raiva contida... falei tudo que estava me engolido com calma... hoje tudo mudou... Voltou a harmonia... Havia lhe dito que nada iria amanhecer em meu coração porque eu não permito mais... Dito... e fito!!!
    Mas me custou uma noite bem mal dormida, certamente pois não gosto disso e acho que poderíamos viver tão harmoniosamente bem se ambos quisessem ser felizes.. Um só não dá totalmente... fica capengando... faltando uma perna da mesa...

    Ótimo post!!!
    A comparação da raiva com a massa foi "massa"... rs... perfeita!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  44. Oi amiga, não temos que ter raiva de nada, devemos viver felizes sem guardar rancor de nada e ninguém.
    Tenha uma ótima semana, beijos!

    ResponderExcluir
  45. Muito bom o post. Eu ja explodi com raiva, ja guardei raiva ja me anulei por raiva... Hoje depois de muito me conhecer treinei para ocasiões como a raiva. Hoje rezo um pouco peço paciencia serenidade...Converso com deus. essa foi a maneira de conseguir me manter tranquila diante de sentimentos tão ruins.

    beijos Smareis , fica com deus

    ResponderExcluir
  46. Smareis, adorei seu texto e vc finalizou muito bem dizendo q podemos sentir raiva mas o modo como expressamos e o q fazemos com ela q é o importante...
    Hj infelizmente passei raiva com minha mãe q é uma pessoa as vezes muito intransigível e uma pequena raivinha no trabalho. Dps pedi a Deus paz e recebi tb uma abraço bem forte do meu marido, raiva se foi kkk
    Bem sou de beijo e de abraço então deixo os 2 pra vc

    ResponderExcluir
  47. Não alimenta-la é uma arte e dolorosa,pois somos humanos com todas as fraquezas.Mas creio que ela nos desagrega e nos causa ulceras.Alimentar o coração com suavidade e amor é tudo que precisamos ainda que devemos consumir uma energia exagerada.
    Bela postagem amiga, para um exercicio de se libertar destaa ervas daninhas,tão comuns em nós.
    Um lindo fim de semana com alegria.
    Meu abraço carinhoso de paz e luz amiga.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  48. Olá minha linda, quantas são as vezes que a tento comer com o pão, mas o pão a gente engole e ela fica sempre com uma pontinha de fora para nos chatear.
    Amiga linda eu não sou muito de raivas, sou mais de desprezo... e rezo a Deus para que quem me a provocou nem me vislumbre. Porque assim melhor a posso esquecer, eu sei que os ódios, as raivas, e as mágoas são estados de alma, que muitas vezes nos levam à depressão...mas minha querida eu não tenho raiva mas sim magoas, talvez porque eu sou uma pessoa que tento não fazer aos outros o que não quero para mim.
    Mas como ninguém é perfeito, eu também faço parte desse rol, tem alturas que já nos semtimos de tal modo, que chegamos a ter raiva de sermos bons demais e fazerem de nós farrapos. Daí que custa mais a engolir e essa maldita ponta sempre nos vai marterizando.
    Tenha um feliz e santo dia com beijinhos e abraços porque eu sou dos dois.

    ResponderExcluir
  49. Minha querida, o Céu não quis que eu lesse o teu comentário. Embora de férias sempre que posso pelo menos onde estiver publicarei os comentarios. Eis que quando me sorria com o teu carinho perante as tuas sempre queridas palavras ao clicar para descer...eliminei porque o rato me saltou!..Fiquei sem a tua presença para ler com mais harmonia este lago! Paciência! Obrigada pelo esforço, obrigada pela tua companhia e fica sabendo que és muito importante para a minha alma! Benvinda sempre querida Smareis!
    Um abraço enorme de paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manu,
      Que chato isso, de vez enquanto também perco alguns comentário quando vou libera-los. Acontece!
      Não se preocupe vou fazer outro comentário lá.
      Beijos e ótima férias!
      Sentirei Saudades!!!

      Excluir
  50. estar triste enojado feliz se vale

    pues somos humanos

    sentimos
    nos emocionamos

    sin los malos ratos los buenos no tendrian valor


    chica que mejore tu fin de semana
    un abrazo y un beso
    para ti

    ResponderExcluir
  51. Muito ruím conviver com pessoas raivosas.
    Graças a Deus este sentimento não existe dentro de mim, as vezes fico brava, mas raiva não sinto.
    Agradeço muito a Deus por eu ser assim.
    Um beijo em seu coração querida amiga.

    ResponderExcluir
  52. Perfeito este post, sempre me prejudiquei pela raiva, e realmente falamos sem pensar mas depois quando tudo passa é que vemos o quanto fomos duro com as palavras! beijos e um lindo FDS que se inicia!

    ResponderExcluir
  53. Feriadim é sempre muito bom, nzé? E sim, amiga... aquele cachorro chega se bonitinho de tão feio... hahahaha! Bjosss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquilo é bonitinho nzé!!!kkkk! que dente-dura mais sensual aquela hahaha.
      Beijokas amigo!
      brigadin

      Excluir
  54. Acredito que, algumas vezes, a reação deve ser imediata, se conseguimos ser comedidos, sem transformar um fato que pode ser solucionado, em tragédia. Todos ficamos com raiva, em determinadas situações. E nem sempre quem a provocou merece respeito. Em relacionamentos afetivos, responder em situações de conflito pode ser um erro porque palavras ditas não são apagadas. Aí, sim, creio se deva esperar a hora certa para colocar tudo às claras. A raiva faz mal maior a quem a sente. Bjs.

    ResponderExcluir
  55. Minha querida amiga, voltei, primeiro para agradecer o seu lindo comentário e o poema que o acompanha.
    Querida como você não é a única pessoa a pensar que só escrevo coisas tristes quase todos os meus amigos me falam do mesmo, mas meu bem esta foi a maneira em que comecei a escrever por um motivo muito forte, daí que ja não consigo escrever de outra maneira.
    Venho trazer um bucadinho de um comentário que fiz hoje de manhã a outra amiga e que diz assim.

    Deus nos criou há sua imagem e semelhança e nos fez todos iguais sim mas todos diferentes e ainda bem, porque assim vamos aprendendo quando o lobo veste a pele de cordeiro, amiga pelos meus poemas serem mais tristes do que alegres não quer dizer que o meu estado de alma se encontre sempre triste, até que sou uma pessoa bem humerada.
    Tenho sempre uma piada para contar mas o engraçado é que faço muitas piadas da minha vida passada e presente, mas desde que me conheço sei que tenho sido sempre bastante sentimental, e dai, eu contar a vida dificíl que passei durante a minha infancia e juventude.
    Mas se der uma volta aos poemas mais atrazados verá qual foi o motivo do meu blogue e a quem ele é dirigido.
    É a vida que nos empurra a maior parte das vezes e a gente não tem por onde escapar.
    Votos de um lindo e santo dia com beijinhos de luz e muita paz.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Querida,

      Realmente desde que conheci seu blog a alguns anos, quando você ainda usava Franciete, escrevia sobre passados tristes. E até hoje todos que te lê sempre entende que isso é mais que uma tristeza poética. Sua alma lamentando!
      A tristeza é a consequência de emoções vividas...
      Cada um escreve da forma que o coração ordena, seja tristeza ou de alegria, seus poemas são bonitos. Cada um sabe da sua tristeza que carrega...
      O poeta precisa da dor, e a melancolia pra escrever belas poesias. Poemas inspirados e cheios de sentimento com certeza também são os mais bonitos.
      É comum a tristeza ser descrita como algo amargo, ou como uma dor, ou como sentimento de incapacidade, ou ainda como algo escuro (Abismos).
      Obrigada querida pela presença e dos dois comentários.

      Grande beijos!

      Excluir
  56. Always nice to feed my "brains" with your vision of life!!
    Abraço,Willy

    ResponderExcluir
  57. Gran post. La vía de la ira hay que controlarla, pero no taponarla del todo.

    Yo personalmente lo pasaba peor antes, cuando me guardaba toda mi negatividad dentro. Ahora la suelto, aunque con medida, claro.

    Un muy fuerte abrazo,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  58. Gran post. La vía de la ira hay que controlarla, pero sin taponarla del todo.

    Yo personalmente me siento mejor que antes, cuando me guardaba la negatividad para mí solo. Ahora la suelto, aunque con medida, claro.

    Un abrazo muy fuerte,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  59. Raiva explodida é com certeza pessoa arrependida.
    Eu sou do tipo que espero o momento certo para jogar meu vernáculo sobre o objeto que me causou raiva. Vontade dá sim de desatar o nó da garganta, mas eu sempre lembro que a "palavra é como uma flecha lançada ao vento, ela não tem retorno e se apraz para o que foi enviada. E raiva gera raiva que se transforma em ira e ...
    Boa reflexão Smareis.
    Meu novo blog http://apenaspalavresias.blogspot.com.br/ o outro foi pro espaço.

    ResponderExcluir
  60. Olá, querida e "especial" Smareis!

    Foi com muita atenção e prazer que li e refleti sobre sua postagem.

    Como estudei Psicologia, embora não seja Psicóloga, sei que tudo o que lá está escrito, está perfeito, todavia como aprender toda aquela lição?

    Não é fácil pôr em prática, tudo o que no texto é referido. É necessário preparação mental, abertura de espírito e muita compenetração, o que só se aprende com a prática e controlo das emoções.

    Como é minha forma de reagir? Bem, depende das circunstâncias. Já calei mais do que hoje calo, e pela anterior atitude, ganhei na adolescência uma úlcera duodenal.

    Mas, em geral, interiorizo. Quando o "mar abranda", costumo colocar, quase tudo cá fora, para arejar. Eu disse quase e não tudo. Vamos ver com o tempo, se vou conseguir me defender.

    Bom fim de semana.

    Beijos da Luz, com muito carinho.

    ResponderExcluir
  61. Oie vidinha...é ruim de eu guardar alguma coisa ..sou escorpiana.. explodo na hora kkkkk ..vim dar uma zoiadinha..e desejar a vc..um Feliz Inicio de Agosto...beijus ..e uma msg para vc !!!Que a nossa amizade não seja como a lua que apesar de linda às vezes muda de fase, mas que seja como o céu que apesar de lindo e infinito...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vidinha querida da serra mais linda carioca, gosto da sua zoadinha mágica de mais (9 anos) nessa blog esfera. Acho que vamos aposentar nesse mundo de blogs kkkk.
      Que nossa amizade continue por muitos e muitos anos.

      Beijos!

      Excluir
  62. LA IRA, ES YA UNA ACCIÓN MUY RETROGRADA.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  63. O melhor, certamente, é pensar antes de falar. Explodir só trás problemas e acabaremos dizendo muita coisa que não queremos e que o outro não merece ouvir.
    Nem sempre é fácil pensar antes, mas há que tentar.
    Uma discussão é saudável, desde que seja bem argumentada e lógica!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  64. Oi, querida e "especial" Smareis!

    Não sei explicar pra você, o motivo da minha vinda aqui, de novo, ou será que sei?

    Estou conversando com meu ego, e de facto, não há fronteiras para a amizade. Falo da boa, da sincera, logicamente, porque outra, eu não conheço nem aceito.

    Gosto de você e tenho apreço por você, porque:

    1 - É uma mulher inteligente.

    2 - É uma mulher imparcial, ou tenta ser, quase sempre.

    3 - É uma mulher diplomática e muito compreensível.

    4 - É uma mulher sensível, mas ao mesmo tempo, perspicaz.

    5 - É uma mulher com sensibilidade, o que, à partida, faz com que ganhe logo, o "jogo".

    6 - É uma mulher culta e muito atenta à sociedade.

    7 - É uma mulher, naturalmente, curiosa. Caso tal não acontecesse, nem tinha graça.

    8 - É uma mulher de muito bom gosto, mas discreta.

    9 - É uma mulher "ESPECIAL", é uma SENHORA.

    10 - E por fim, é MINHA AMIGA.

    COMPLETEI O PUZZLE, TENDO SIDO A ÚLTIMA PEÇA, TALVEZ, A MAIS SIGNIFICATIVA PARA MIM.

    Que mais posso querer da vida, tendo uma amizade com todos esses predicados?

    Só me resta pedir ao bom Deus, PAZ, SAÚDE E AMOR, não só para ambas, mas também para o mundo inteiro.

    Obrigada pela sua presença e gentis palavras em meu blog.

    Gostamos do mesmo tipo de música, já entendi. Acho que até temos muito bom gosto.

    Já coloquei as flores, numa jarra de cristal. Sim, vieram de você, portanto, tinham de condizer, com sua pessoa e seu "savoir-faire".

    Deixo, também, aqui, papoilas vermelhas, muito abundantes na província, onde nasci.

    Que enfeitem sua tarde e seu fim de semana, com alegria e harmonia.

    Beijos da Luz, com muita estima e carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luz, minha amiga querida,

      Que dizer diante de tantas palavras bonita.
      O PUZZLE ficou perfeito, acertaste quase 100 por cento.
      O mais importante de tudo isso, é a nossa amizade.
      Você é perfeita em tudo que faz.
      Já coloquei papoilas vermelhas num jarro de cristal.Cuidarei com carinho para que não murche.

      Obrigada pela amizade e carinho!

      Deixo beijos e rosas vermelhas pra ti!

      Excluir
  65. Respostas
    1. Gracias Marylin por la presencia, Sera siempre bienvenidos.
      Un beso!

      Excluir
  66. saberla, conocerla y después tratar de desecharla, para que no nos haga mal.

    Un abrazo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias Cecy por la presencia, soy feliz cuando leo.
      Un beso y una gran semana!

      Excluir
  67. Hanging onto anger can sure cause stress can't it? It's good to forgive and forget. If a person can. Easier said then done.
    Wishing you a wonderful weekend!
    xo Catherine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thanks Catherine for the presence, I'm happy when I read, and get your comments on my blog.
      A kiss and a great week!

      Excluir
  68. Oi querida!

    Passando para matar a saudade e saber como vc está?
    Espero que esteja bem!
    Desejo também um ótimo domingo e deixo essas flores para alegrar ainda mais o seu dia:

    .................... //\\\
    .................. // . . \\
    ................ // \_-_/ \\
    ................ \ /`'--'`\ /
    ................ /_|-♥-|_\
    ................. \\___//
    .................. /\)—(/\
    ................ /______\
    ....;@@@;.....|_|_|......... ;@@@;.........;@@@;...
    ........\|/.......(__/__)............\|/.................\|/......

    beijos em seu <3
    http://cinthiaduim.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cinthia,
      Menina já faz alguns anos que não nos falamos. Achei que havia parado com o blog. Que bom que veio me visitar. Fiquei feliz com sua presença.
      Passarei por lá!
      Muito obrigada pelo carinho.

      Beijos!

      Excluir
  69. amiga ótimo texto, já tive meus momentos de explosão, de estresse e você está certa, não vale a pena, conseguir manter o controle é melhor, por mais que um segundo de explosão parece bom, as consequências nos acompanham muito tempo e não tendem a ser boas.. ótimo texto.. beijos mil e ótimo domingo..

    ResponderExcluir
  70. Boa tarde, Smareis. Excelente postagem, amiga.
    Eu aprendi muito aqui e pude ver o que realmente tem por detrás da raiva que eu sinto em uma determinada situação.
    Geralmente eu penso que explodir é melhor, só assim não ficarei doente, mas pensando muito bem, como diz o texto, os estragos são MUITO MAIORES e SÉRIOS.
    Então, tenho de encontrar o equilíbrio em mim, a fim de não colocar tudo a perder com a minha razão, minha visão sobre o que me magoa gerando raiva.
    Penso que muitas vezes estamos com a razão sim, mas a nossa impulsividade aniquila o nosso argumento quando se faz com raiva, principalmente nas relações amorosas.
    Parabéns pela postagem INTEIRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Beijos de muita luz e excelente semana.

    ResponderExcluir
  71. Eu não sou de guardar...Falo tudo que tiver que dizer e esclareço logo para não acumular mágoas.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  72. Quem não está sujeito à raiva? E quantos sabem lidar com ela? Já aprendi um pouco sobre, mas ainda fico meio perdido quando sinto raiva. Meu beijo.

    ResponderExcluir
  73. A raiva acontece por causa da instransigência, esta mania que temos de achar que os outros devam se comportar como desejamos. A coisa mais tola nisso, é que nem por um momento achamos que também deveríamos pautar nossos atos pelos mesmos critérios que impomos aos outros. As pessoas mais desonestas que conheço, aqueles que se sujam nos mais simples detalhes, são as que mais se indignam com a desonestidade dos outros. É que quando se tratam deles mesmos, a vantagem que obtém em cada ato é a única coisa que conseguem ver, mas no caso dos outros só faz terem mais raiva. É gente que morre cedo. O stress e a raiva acabam com eles rapirinho.
    Quando ao meu balanço, como o resultado deu muito negativo, acho que o blog vai permanecer fechado. Bom, como houve uma pessoa que pediu, eu republiquei o meu último post por alguns dias. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Benno,
      Obrigada pelo comentário Argucioso!
      Feliz quando te leio e quando te recebo.
      Que pensa que o balanço por lá deu negativo. Penso e creio que pra mim daria positivo. Tente novamente quem sabe o resultado seja diferente!
      Torcendo aqui sempre!
      Beijos!


      Excluir
  74. A raiva, Smareis, faz parte de nós... e controlá-la faz parte do aprendizado, eu acho. :) Belo texto, boa semana!

    ResponderExcluir
  75. Queridona!!!!!!!! Passando para desejar uma maravilhosa semana pra ti! Bjossssssss!

    ResponderExcluir
  76. O controle de nossos expulsos é necessário. Existe momento pra tudo. Explodir até pode ser necessário, mas que seja o último recurso a ser usado. Isso vale para tudo em nossas vidas. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  77. O texto é maravilhoso, já li 2X é o melhor de tudo é refletir, antes da raiva e do rancor. Amiga uma feliz semana. Vou linkar seu blog ok. Bjs e abraços!

    ResponderExcluir
  78. Oi querida!

    Adorei receber o seu carinho e a sua visitinha!

    Realmente... agora estamos mais devagar com os nossos blogs. Mas o importante é, não perdermos nunca o contato. Não é mesmo? ;)

    Tenha uma excelente semana amiga!
    Beijinhos <3

    http://cinthiaduim.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cinthia, quem agradece sou eu... Feliz com sua presença. Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  79. Olá! Smareis! Como vai?
    Eu sou do tipo de pessoa que acaba explodindo! Principalmente se estou numa fase que me sinto "fragilizada"! E tb explodo, se vejo alguma injustiça sendo feita com alguém!!! Tomo as dores da pessoa !!! Rss...
    Tb já escrevi , meus sentimentos pra não explodir! Mas , leva anos pra que eu mude de opinião!!! Se é que mudo, pois quando fico com "raiva" é porque fui realmente injustiçada ou prejudicada!!! Rss...
    Mas,são raras as pessoas que me tiram do sério, pois procuro ser sempre dócil com todos!!!
    Amiga, hoje cometi uma gafe!!! Kkkkkk!!! Acessei o link do seu blog, mas como estava na minha Lista de Favoritos, próximo ao blog da Tetê, eu fui parar no post dela!!! Kkkk!!! Li e comentei , escrevi seu nome, e só quando postei ,que notei que não era o seu blog e sim o dela!!! Kkkkk!!! Então escrevi um outro comentário pra ela me desculpando,pelo erro!!! Rss... Estou ficando velha mesmo!!! Rss....
    Uma Ótima Semaninha pra Vc!
    Bjinhossss, MARY.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mary, isso acontece, não se preocupe. Já aconteceu comigo de abrir várias janelas e trocar também.
      Isso é a vida corrida que por vezes temos na blog esfera.
      Obrigada pela presença minha amiga de anos e anos.
      Beijos!

      Excluir
  80. o segredo não é esconder a raiva, mas evita-la. Não ter raiva não é ser apático, de jeito nenhum. As pessoas mais eficientes em suas lutas pela justiça são calmas. Só a calma é eficiente. Os raivosos que me perdoem.

    ResponderExcluir
  81. Tempo di vacanze per me. Un felice agosto a Te ... ciao

    ResponderExcluir
  82. Querida Smareis

    A raiva é um descontrolo funcional do indivíduo.
    É necessário essa virtude de autocontrolo para manter a serenidade suficiente ao bom desempenho da personalidade.
    Referes:
    "[...] A nossa força não está na raiva, mas sim na coragem de tomar consciência dos próprios sentimentos e daquilo que nos faz sofrer e, se possível, encontrar um jeito de lidar com isso.[...]"
    Cá está o princípio da Personalidade, da Formação Moral, da Educação Cívica...

    Sempre encontro motivos nas tuas Postagens para "REFLECTIR COM SMAREIS".


    Parabéns. Texto Magnífico.



    Beijos



    SOL

    ResponderExcluir
  83. Oi amiga!

    Gosto de passar por aqui e ouvir essa música inicial, transmite uma paz interior maravilhosa. :)

    Fiquei muitos anos afastadas com os blogs, me cansei um pouquinho. Agora resolvi voltar meio que engatinhando ainda, rsrsrs... Tenho uns outros links de blogs, mas que não dou manuntenção e alguns deles as imagens saíram fora do ar e ficou feinho demais.

    Tenha uma excelente semana, querida!

    Beijos <3

    ______
    ____(_)_
    __(_)O(_)
    ____(_)
    ____ \/
    ___ \\|//

    http://cinthiaduim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  84. AMORECA..ESTOU AGUARDANDO VC NOS MEUS CANTINHOS..TODOS COM POSTAGEM NOVINHAS !!!FELIZ SEMANINHA!!TE ESPERO EM KKKKKK
    http://casadanadja.zip.net/kitutes.htm http://fantasiadeamor.zip.net/ http://petalaspost-home.zip.net/

    ResponderExcluir
  85. Olá, como está?
    Após uma já longa ausência, aqui estou de novo!
    Aqui é verão, sabe...

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  86. A ascensão de "ídolos" como as Geyyyyysyyysss é algo que está além da minha compreensão, cara amiga! Hehehe! Bjos e ótima quarta pra ti!

    ResponderExcluir
  87. Muito prudente, muito sábio. Gostaria de ser assim...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  88. É verdade Smareis,mas acho que é melhor colocar pra fora que guardar raiva e mágoas,isso até adoece a gente.Claro que no momento da raiva é difícil a gente se controlar,podemos até passar dos limites e depois vem o arrependimento.O melhor então é contar até 10 e depois ir falar diretamente com aquela pessoa que provocou a raiva.Um beijo!

    ResponderExcluir
  89. Oi Smareis querida

    A raiva é mesmo um sentimento muito ruim, tanto pra gente, quanto para os que estão ao nosso redor. Por isso se soubermos controlar, com certeza viveremos melhor.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  90. Oi Smareis, tudo bem?
    Estou voltando aos pouquinhos... depois de algum tempinho de "férias"!! rs
    Mas a raiva é um sentimento que não podemos nutrir.
    Temos que esperar a cabeça esfriar pra ela perder a intensidade.
    Com a cabeça quente, poderemos fazer coisas absurdas, e depois nos arrepender...
    Viveremos bem melhor sem esse terrível sentimento!
    Beijos amiga!
    Mariangela

    ResponderExcluir

  91. Querida Smareis

    Que bela lição nos dá com este seu post. A raiva é um elemento perigoso no relacionamento com o outro. Procurar controlá-la e chegar à fala, dizendo as nossas razões e chegar a um entendimento é o melhor.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
  92. Olá querida amiga Smareis!

    Tudo bem com você?
    Primeiramente, gostaria de pedir desculpas pela demora em retribuir o seu carinho.
    Ando numa correria que somente hoje consegui sentar e reservar um espaço para a Casinha.
    Aqui na cidade a maioria das lojas estão em promoção! É uma tentação, rsrs...
    Às vezes eu aguardo, outras, explodo e sai de perto, rsrs...

    Agradeço de coração o carinho e aproveito para lhe desejar um ótimo restinho de semana.
    Bjkas da sempre amiga... TATIANA BERTOLIN

    casinhadasgifs.zip.net

    ResponderExcluir
  93. Procure um lugar próximo à janela
    desfrute cada uma das paisagens
    que o tempo lhe oferecer,
    com o prazer de quem realiza a primeira viagem.
    Não se assuste com os abismos,
    nem com as curvas que não lhe
    deixam ver os caminhos que estão por vir.
    Procure curtir a viagem da vida,
    observando cada arbusto, cada riacho,
    beirais de estrada e
    tons mutantes de paisagem.
    Preste atenção em cada ponto de parada,
    e fique atento ao apito da partida.
    E quando decidir descer na estação
    onde a esperança lhe acenou,
    não hesite.
    Desembarque nela os seus sonhos.
    De aquele abraço apertado nesse Dia Dos Pais ,
    Que espera você na última estação .
    Caso seu pai não esteja a sua espera
    muitos pais estão a espera dos filhos.
    De aquele abraço com um largo sorriso
    o importante é saber , que nesse Domingo
    esteja feliz seja como filha , filho
    ou pai.
    Um abraço e um beijo carinhoso.
    Que seja eterna nossa amizade.
    Caso gostar na postagem
    deixei um mimo para você.
    No Domingo Realizarei o sorteio do livro.
    A venda também na Rede Ponto Frio.
    Para presentear seu Pai.
    Me prometa ser Feliz .
    Evanir S Garcia.

    ResponderExcluir
  94. Guardar ressentimentos e explodir ainda não são os melhores itens para se deixar cultivar em nossa mente e coração.
    Provavelmente por preservar esse tipo de sentimento é que muitas pessoas nunca atingem a verdadeira felicidade, o que conquistam duram pouco, pois a meta não é ser feliz intimamente e sim momentaneamente, vivem o momento ali na hora, depois é como entrar no chuveiro e tudo escorre pelo ralo.
    Minha querida, gostei muito de seu texto e espero em breve podermos falar um pouco mais, precisamos as vezes nos alargar nos sentimentos.
    Bjs no seu coração
    Nicinha

    ResponderExcluir
  95. Olá Smareis

    Sempre que venho aqui volto acrescentada de mais um dos seus seus preciosos textos .
    A solução mais coerente é respirar fundo e sair de cena quando estamos diante de uma situação de raiva.
    Saber lidar com essa situação é de grande sabedoria. E nada melhor que um dia depois do outro para desanuviar o ressentimento.
    Adorei.
    Uma semana iluminada para você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  96. Criamos continuamente possibilidades em torno de nós,
    mas nos surpreendemos quando elas acontecem. Pois é, as vezes esquecemos e acabamos juntando este lixo essencial na nossa vida. Obrigado pela visita.. Suas palavras e carinhos deixadas em meu blog sao os verdadeiros motivos de ainda permancemos neste mundo virtual. Parabens pelo belo post. Boa semana e FICA EM PAZ. BYE.
    ASS: ocavaleironegro.zip.net

    ResponderExcluir
  97. Olá amiga Smareis.
    Todos nós já sentimos raiva, todos temos o direito de a sentir e todos temos o dever de a compreender e apaziguar, para não descarregar em quem não devemos. Por vezes essa raiva não é dirigida a mais ninguém, senão a nós próprios, pois muitas vezes vimos nos outros o espelho daquele lado de nós que detestamos. Pela nossa saúde compete-nos compreender e apaziguar.
    Como sou de beijo e abraço, aqui deixo um cesto cheio dos dois.
    http://espacoconscienciapura.blogspot.com

    ResponderExcluir

Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!