Dezembro de surpresas...

Seja Bem Vindo, Dezembro!

Enfim, começou o fim do ano, onde o fim junta-se ao início, recheado de festas e comemorações. Como sempre, temperaturas altíssimas, e faltando vários dias ainda, para o verão iniciar. Gosto do verão em tese, ou seja, antes de ele se fazer presente. Meu conceito de casa ideal seria aquela com lareira na sala e um armário cheio de edredons, hum quem dera!...Mas, como Capixaba da Gema, eu sonho com o verão, com temperaturas excedidas, até eu começar a suar exageradamente, ver a conta de luz chegar a níveis astronômicos por excesso de uso do ar condicionado e ventilador, as ruas alagadas devidas as chuvas fortes arrastando carros, as praias entupidas de gente. E por ai vai... E a estação começa justamente em dezembro, como se o mês já não tivesse esgotado sua cota de itens desagradáveis. Mas fazer o que né? O pessoal quer mesmo é ir as compras  e ponto final.

O comércio anda a todo vapor, o povo não esta economizando...
Diversas filas em lojas, supermercados, shoppings etc e tal.
Tudo enfeitadinhos, sorteio com vários prêmios, povo com seu palpite na Mega Sena, inclusive anda em alta... Aos jogadores de plantão é bom correr rápido, o prêmio; bem gordinho e esta acumulado. Aproveitem, a multidão já está na fila, todo mundo querendo uma parte desse dindim...  E ainda de quebra tem os “apressadinhos”, que sai empurrando para abrir caminho, e costuma levar sua bolsa, relógio, celular de uma só vez,"Esse é o Brasil". Haja paciência e bom humor para enfrentar tudo isso. E o  trânsito louco e caótico, esse nem quero comentar, depois de ter que ficar 50 minutos esperando dois "abestados" encerrar uma discussão devido uma vaga no estacionamento da avenida principal. Esse mês me deixa sempre curiosa: Onde estavam todas essas pessoas “a mais” que aparecem no final do ano? Onde elas estavam durante outros onze meses? Dentro de casa, viajando, trabalhando, e, no calor do Natal, resolve sair, ir aos parquinhos, ver vitrine, passear no calçadão, lotar os shoppings e estacionamento. Todo mundo só fala em solidariedade, mais parece que só no fim do ano é que as pessoas precisam de roupas, alimentação. Eu acho que a solidariedade precisa estar acordada o ano todo, não só na época do Natal.

O problema desse corre-corre simbólico da temporada é a impressão de estar sempre atrasada, com acúmulo de afazeres e acaba sempre adiando o momento de fazer as comprinhas. Aos 45 minutos do segundo tempo, não tem jeito: vai-se ao shopping na esperança de conseguir comprar ao menos o mínimo necessário para celebrar as datas comemorativas, e se possível presentear aqueles que amamos. Outro sentimento bem-vindo é o do bom humor para você poder rir, quando perceber que todas as coisas aumentaram trinta por cento, mas que ganhamos bons descontos de até quinze por cento (no cartão) e que justamente o modelo de mercadoria que você queria acabou em todas as lojas. O bom de dezembro é que, como os outros meses do ano, ele, mais cedo ou mais tarde, acaba, e os transtorno também. Sempre acho que é mais tarde... Mas torço por Ano Novo chegar logo... É engraçado, mais parece que minha paciência resolveu tirar férias, justo no mês que mais preciso de sua colaboração... Ingrata, (risos) mesmo assim iniciei dezembro com sorriso largo no rosto, jorrando felicidades no olhar, com a esperança de que o Novo Ano traga bons frutos... Tem muitas festividades até tudo se normalizar... Natal, Ano Novo, Carnaval, Semana Santa.  Ah! tem também meu niver rsrsrs! Depois de todos esses acontecimentos importantes... O Brasil volta funcionar normal. Eu acho!

Farei mais uma atualização antes do Natal, depois irei me ausentar por alguns dias.


                                                                                    Um abraço!
                                                                         Até a próxima postagem!

                                                                                  

49 comentários:

  1. Oi Querida Smareis!

    Amiga, adorei o texto, este é um momento de renovar a esperança juntamente com a fé para o Ano Novo. Gostei de ler, a única coisa que não gosto é o consumismo exagerado, parece que o mundo está acabando.

    Querida, eu estou me recuperando, não sei se vc ficou sabendo que passei por uma cirurgia no coração, e para completar, tive cólica de rins, estou visitando aos poucos.

    ET. Tem cartão de Natal que fiz para os amigos, vc é um deles.

    Beijos no seu coração e uma boa semana. Nati

    ResponderExcluir
  2. Samareis..Como dices la Navidad está cerca opino lo mismo tendriamos que ser igual todo el año no solo estos días.
    ¡Oh que bién vuestro clima ahora es caluroso!..Aqui hoy hace bastante frio..al parar de llover..
    ¡Buenas noches!..

    ResponderExcluir
  3. Ai temperaturas altíssimas,
    9º positivos aqui onde estou
    e ainda o inverno não chegou
    você com praias belíssimas!
    Manda um pouquinho desse calor
    para o meu corpo aquecer
    em troca te darei uma flor
    para você nunca se esquecer
    te deseja saúde, carinho e amor.

    Também lhe desejo uma boa noite, um abraço.
    Eduardo

    ResponderExcluir
  4. Achei um encanto.
    Há uma serie de episódios que me deixaram, totalmente, barralhado. Sim eu estou com frio e dentro de dias chega o Inverno. Aí o Veão vai chegar, que inveja, porque eu adoro tudo o que disse sobre o calor.
    Dezembro tem magias, o Natal, que não me fascina e um terminar e começar de ano, quase em simultâneo, apenas segundos.
    Deliciosa essa tua maneira de brincar passando por entre as frases de uma forma que encanta.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Sí, excelenterelato, me encantan chimeneas las en casa, genial!
    Besos!

    ResponderExcluir
  6. Com a globalização, minha querida Smareis, parece que estou lendo uma crónica passada aqui bem pertinho...Tudo igual! O corre-corre, esta pressa desmedida, este esbanjar descontrolado como se, só no Natal se fosse capaz de criar elos de união, para enraizar o resto do ano...
    Mas deixemos fluir este estado de euforia e que através dele a sociedade se esqueça do egoísmo e que partilhe um pouco que seja pelos que podem menos, pelos tristes e sem tecto...
    Falas em calor quando aqui a temperatura desce, convidando à lareira e ao mesmo tempo perdermo-nos na dança das chamas dialogando com as crepitações. Natal por aqui é neve e frio. É agasalho e conforto em lares aquecidos de paz! Mas nem todos, é verdade!
    Que o teu Natal seja de Paz, aquela que tão bem sabes transmitir e que deixas em abundância!
    Obrigada minha doce Smareis pela tua presença
    Um grande abraço com ternura!

    ResponderExcluir
  7. Olá Smareis! Houve época em que eu me entusiasmava com a chegada do Natal e do Ano Novo. Hoje, cônscio das desigualdades sociais e, diante de uma situação onde milhões e milhões de pessoas não têm um pedaço de pão para comer, essas festividades já não fazem muita diferença. Bela crônica amiga.

    Beijos e uma ótima quarta-feira para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  8. You are right, Smareis. December is a paradox of sorts. It is a rush to complete everything unfinished during the year about to end and a rush to prepare for the coming year about to begin, with a variety of holidays and traditions to add to the confusion and turmoil. It is a month which one day we wish did not exist and the next day we are happy and grateful is ours to experience.

    I will be brief this evening, and end with my hope that you manage to navigate your way through the twists and turns of December and emerge in January healthy, wealthy and wise.

    ResponderExcluir
  9. (^‿^)✿
    Hello et MERCI pour ce superbe partage ! J’adore !!!

    BISOUS ☼

    Bonne continuation !!!

    ResponderExcluir
  10. um texto oportuno e pertinente encerrando uma lucidez e realidade que subscrevo.
    beijinho amigo!

    :)

    ResponderExcluir
  11. Olá Smareis minha doce amiga
    Nunca tive esse frissom natalino que parece contagiar e enlouquecer as pessoas. Consigo perpassar a data com relativa paz e tranquilidade. Acho que também nesta época a falsidade impera pois fala-se muito em solidariedade mas de concreto mesmo percebemos muito pouco. Penso que esse sentimento deve ser permanente e não aflorar apenas no natal. Será que nos outros onze meses ela não é necessária? Sou meio cética sabe e vejo infelizmente muita falsidade nas falas e atitudes que algumas e não poucas pessoas emprestam ao seu caráter nesta época. Quem ama verdadeiramente o próximo não espera o natal para prestar solidariedade. Teu texto está soberbo... possibilitou-me uma excelente reflexão. Adorei ser descoberta viu?
    Um beijo carinhoso desta amiga que te admira

    ResponderExcluir
  12. Magnífico texto que revela, descreve e caricaturiza a época (toda a época) de festividades.
    Na verdade, os povos parecem iguais nos seus comportamentos de seguidismo reflexo: a última hora é que dá para lembrar.
    Parabéns. Gostei da tua oportuna abordagem.



    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  13. En Smareis siempre es Navidad, y una Navidad sin prisas. Así que tranquila, son los demás los que cambian sus hábitos, tú no.
    Un beso

    ResponderExcluir
  14. Muito bom dia querida amiga..
    bah srrs seria tudo de bom né..
    eu quando faz muito frio aqui sumo debaixo dos edredons...
    geada não é fácil rsrs
    lareira tb ajuda muito.. deixa um clima gostoso, geralmente é mais para casas de material.. aqui é de madeira então fica quentinho sempre..
    as compras de fim de ano é sempre esses rolos né..
    aqui nem shopping tem rsrs
    mas ter de aturar gente brigando aquele empurra empurra .. deve ser complicado..
    espero que consiga comprar tudinho e que dê uma chuvinha né rsrs
    beijão Smareis.. até sempre

    ResponderExcluir
  15. Adoro ler você Smareis, pensamos do mesmo jeito e nossos textos se casaram perfeitamente, você complementou lindamente o que eu escrevi, rsrsr, adorei isso.
    Um abraço querida amiga e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Smareis! Tudo bem? Há quanto tempo! rs

    Eu já fui bem radical em relação a essa época do ano, mas gosto do período natalino pelo fato de reunir a família e amigos mais queridos em torno de uma ceia. Não tenho paciência nenhuma para zanzar pelos corredores de shopping center atrás de presentes - e ainda suportar aquelas filas enooooooooormes tanto para pagar quanto para embrulhar e, pior, até para entrar no estacionamento. :( E concordo plenamente com você: solidariedade deve estar presente em todos os dias e épocas do ano, não apenas em um período específico.

    Um abraço, bom Dezembro e...paciência! rs

    ResponderExcluir
  17. Sim!!! Bem-vindo dezembro!!! E com ele - toda essa energia e essa vontade de celebrar - não só o Novo Ano como também este que finda! Hora de comemorar as coisas boas e estar junto dos que nos são caros! Adoro! Lindo texto, querida! Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Olá Smareis :)
    Dezembro, é o mês que as pessoas resolvem
    sair de casa de uma vez.
    Eu me estresso com tumulto e nessa época do ano, só vejo isso.
    Mas gosto da simbologia do Natal, só não aprovo o consumismo desenfreado que existe nesta data.
    Porém é um bom momento para renovar as forças e principalmente a esperança...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  19. Antes de mais, quem me dera a mim que o Verão estivesse ao virar da esquina. O Inverno está à porta e detesto frio, que já se faz sentir.
    Gostei muito do texto com muito sentido de humor e a descrição de toda essa azáfama de compras e de trânsito neste mês festivo. O mês de confraternização com a família, e também de esperança no novo ano.
    xx

    ResponderExcluir
  20. Que seja um maravilhoso dezembro e um ano excelente o que aí vem...
    Sem invejas, sem maldade! Que a Paz reine nos corações hoje, amanhã e sempre!!!

    ResponderExcluir
  21. Excelente texto, e também fico imaginando por onde andam esses abestados q se acumulam no último mês???é o Black Freud, querida!!! Bjs,

    ResponderExcluir
  22. Olá, Boa tarde,Smareis
    não tem jeito, dois mundos totalmente diferentes, O nascimento de Cristo, os corações se tornam mais sensíveis, pois o espírito contagia e o outro, Papai Noel , o consumismo exacerbado e esse corre corre desenfreado...tudo faz parte,mas que pelo menos saibam que a esperança de ganhar os presentes está relacionada à que Jesus também saiba de nossas boas intenções...
    Vim para agradecer a companhia em 2014, meus desejos de Boas Festas e Feliz 2015 pleno de saúde e realizações, para ti e familiares, belos dias , beijos!

    ResponderExcluir
  23. Oi querida, vim lhe desejar uma excelente, beijos e fique com Deus!!

    ResponderExcluir
  24. Olá Smareis,

    Gostei do toque de humor do texto, que ironiza os acontecimentos que norteiam o mês de dezembro. Se dependesse de mim, já pulava logo para janeiro de 2015. Sinto-me angustiada e estressada em dezembro, diante de tanta correria sem sentido. Até os supermercados ficam intransitáveis. Já decretei para mim que em dezembro é proibido ir ao shopping-rsrs Esse ano dezembro está mais sombrio para mim, devido ao falecimento de minha mãe, mas tenho que segurar as pontas em nome da serenidade familiar. Enfim, há a celebração Natalina, que também é uma festa de amor e esperança. Concordo com você no sentido de que a solidariedade e fraternidade não deveriam aflorar somente na época do Natal, mas, sim, fazer parte do nosso cotidiano.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  25. Não gosto do frio (rss). Sei que é mais gostoso dormir, as roupas são mais elegantes, come-se melhor... mas prefiro o calor. Pena que não temos praia e, nessa época, as tarifas são altíssimas para se viajar. Sem contar que todos os hotéis estão cheios de crianças e adolescentes, impedindo um descanso tranquilo. Sou da calmaria, quando vou passear.
    Creio que todos enfrentamos os mesmos problemas, em dezembro. Um corre-corre desnecessário, humores alterados, impaciência, filas... e por aí vai. No fundo, a comemoração do Natal fica resumida a presentes e comilança. Espero que os corações fiquem voltados para o lado espiritual. Isto já faria com que a harmonia predominasse nesse final de ano, possibilitando um dezembro de paz e união. Bjs.

    ResponderExcluir
  26. Oi Smareis! Feliz Dezembro! Beijo! Renata

    ResponderExcluir
  27. Oi Smareis,
    Você disse tudo só faltou o dia do niver pra gente aparecer e comer um bolinho. hahahahaah Mas com certeza dezembro tudo se complica, o transito fica um horror.Eu detesto calor (agora ne) qdo mais nova ia estudar e praia ai adorava. Enfim, ja que estamos em dezembro mesmo e não tem como modificar,bora esperar o natal, ano novo, seu niver, carnaval etc...
    Beijos e fique em paz mesmo no meio desse tumulto.

    ResponderExcluir
  28. Dezembro é por excelência o mês do corre-corre mas ainda assim um mês mágico. Não sei se é das músicas, das árvores enfeitadas com mil cores, das luzes...O certo é que tudo tem um aspecto diferente. :) E sim, tem razão, a solidariedade deveria estar presente todo o ano e não somente nesta época específica.

    Querida Smareis, muito obrigada por este seu lindo texto.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
  29. Olá, Smareis
    Tenho que confessar que este mês, Dezembro, é para mim um verdadeiro tormento (desde há dois anos para cá...).
    A minha vontade seria "saltar" por cima dele, e ir directamente para Janeiro...
    Mas, como tal não acontece, faço o possível por me alhear da grande alegria que já representou o Natal, a reunião da família, as crianças doidas de alegria - na noite de Natal um dos elementos da família vestia-se de "Pai Natal" e vinha distribuir os presentes, mas só depois de as crianças, todas sentadas em círculo frente à árvore de Natal, gritarem a pelos pulmões: Pai Natal! Pai Natal! Era tão lindo! Mas passou... e agora é para mim um dia muito triste...

    Mas... não pensemos em tristezas.
    Gostei muito de seu texto.

    Beijinhos
    Mariazita
    A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  30. BUEN MOMENTO PARA ESCRIBIR ESTE TEMA.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  31. I really dont' like, the darkest and even the coldest month of the year!
    "Solitarity" mixed with "Solidarity" give's as result "feel good now for a while".
    Like the open "hidden" feelings in your text!
    XXX

    ResponderExcluir
  32. Es cierto; por estas Fiestas todo se multiplica y magnifica. Las Tiendas se llenan de personas (vendedores y compradores que antes apenas aparecían). Se eleva el consumo a su máxima expresión. Tenemos que esperar colas en los comercios y parece que siempre llegamos Tarde a algún lugar.
    En cualquier caso; el ambiente es especial, lleno de Luz y Color, respirándose un aire de Fantasía y Magia.
    Me ha encantado tu Post.
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
  33. Smareis, querida!
    Pois é, no Natal as tentações são muito fortes e, mesmo sem querer, acabamos cedendo às tentações do consumo. Pessoalmente, procuro ser mais comedida, mas há pessoas que não se controlam. Enfim, é Natal! [risos]
    Amiga, falando nisso, aproveito o momento para te desejar um Natal de boas e felizes reflexões!Bjsss

    ResponderExcluir
  34. Eu também acho que solidariedade deve estar presente o ano inteiro, não apenas no Natal...
    Fora a tradição religiosa cristã, o Natal tem de positivo a reunião de familiares e amigos e uma espécie de trégua para esquecer por momentos a realidade nem sempre agradável do dia a dia...
    Belo texto, Smareis!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  35. Bom dia, Smareis!
    Eu não sou fã do calor, acho que compartilho da sua ideia de sala com lareira. Gostaria de uma cabana num local que nevasse rsrs.
    O que me entristece em dezembro, além do calor é exatamente essa "urgência" e a perda do espírito Natalino. O que deveria ser calmo, introspectivo... virou um caos e exatamente o oposto. Por aqui, as lojas não estão apinhadas ou com filas, pelo contrário... o povo parece não estar comprando (talvez ainda não seja a última hora rsrs). Os enfeites estão cada vez mais escassos e todo o amor que deveria transbordar, está guardado a sete chaves. As pessoas que saem nessa época, saem dispostas a brigar, a disputar etc... Se saem nessa época, sabendo que está tudo cheio pq já não saem com doses extras de paciência? Confesso... não sou fã de shoppings e evito ir; nessa época então, passo longe e evito sair pra me decepcionar com certas atitudes.
    Não sei... acho que muitos deveriam ver que Natal não é bagunça e sim um momento de passar com a família e distribuir solidariedade.

    Abração e lindo dia.

    ResponderExcluir
  36. Un texto precioso acorde a estas fechas tan especiales... feliz diciembre!
    Buen fin de semana, besos!

    ResponderExcluir
  37. Oi Smareis! Quem é vivo sempre aparece! Né? Realmente é sempre assim a cada fim de ano...Apesar de gostar deste clima natalino, acho que tá faltando o essencial, a verdadeira fraternidade, que como vc disse deveria durar o ano inteiro, a compreensão com as falhas alheias que também deveria durar o ano inteiro, o desejo de fazer o outro feliz...E principalmente lembrar do aniversariante: Jesus! Ainda espero passar o natal num lugar branquinho por causa da neve e não neste calor abrasivo. O problema não é o calor...mas aqui onde moro ele dura o ano inteiro então...Boas festas e um abração!

    ResponderExcluir
  38. OI SMAREIS!
    SABE AMIGA, CONCORDO QUE O MÊS DE DEZEMBRO É ATÍPICO E ACONTECE TUDO QUE RELATAS, MAS, NELE NASCI, ME CASEI E TIVE MINHA PRIMEIRA FILHA, ENTÃO, VIVA DEZEMBRO!!! RSRSRS
    HOJE MESMO TIVE DE SAIR E FIQUEI ESTRESSADA DEMAIS COM A LOUCURA QUE ESTÁ, TENS TODA A RAZÃO MESMO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  39. E por aqui é frio de rachar :)

    Beijinhos e Bom Natal!

    ResponderExcluir
  40. Esse mês é corrido mesmo, não só por causa do Natal! Se tratando de Natal, eu não gosto, mas acabo que me envolvo por causa das crianças da minha família e do Natal dos Correios que todo ano participo.
    Tbm farei só mais 1 post dia 12 e depois o blog só volta em Fevereiro Bjs, volto pra ver seu último post.

    ResponderExcluir
  41. Como disse no meu post: o Natal é sempre que a gente quiser!

    ResponderExcluir
  42. Olá Smareis!
    É uma loucura mesmo, mas o Brasil só funciona depois do Carnaval. Eu me entristeço com esse consumismo desmedido, mas confesso que adoro um presente. Tenho medo desta sensação de estar sempre atrasada, do tempo não dar para nada! Um beijo!

    ResponderExcluir
  43. Belo post, Smareis! Essa é, realmente, a rotina do fim de ano; mas vale, por nos lembrar que o amor sempre deve existir entre os homens. Curtamos, pois, esse clima de Natal! Boa semana, amiga.

    ResponderExcluir
  44. Natal é o símbolo da esperança que sempre é a vinda-à-Terra de uma criança.

    Dezembro para mim é período muito triste !

    Meu bem, abraço de boa semana :)

    ResponderExcluir
  45. OI QUERIDA SMAREIS
    Desculpe a minha ausência. Afinal de ano correndo atrás na campanha da festa de natal das crianças. Mais feliz por esta aqui no seu belo cantinho. E ouvindo essa música e muito gostosa de se ouvir.Bom dia!!
    "O que te desejo hoje?
    Em cada passo, fé.
    Em cada conquista ou lição, gratidão.
    E para tudo fazer sentido...alegria!
    Um beijinho
    Ana

    ResponderExcluir
  46. Tirando o calor e a praia, por aqui é quase igual.
    E também gastamos fortunas de electricidade, não para arrefecer, mas para aquecer as casas.
    Não sei por que não construíram ainda 2 túneis entre Portugal e o Brasil. Um para vos mandar o frio e outro para vocês nos mandarem calor...
    Edredões, é por aqui mesmo... brrrrrrrrrrr...
    Tem uma boa semana, querida amiga Smareis.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  47. Oi querida amiga Smareis, vim lhe desejar uma excelente semana, beijos!!

    ResponderExcluir
  48. Olá Smareis

    Desejamos que passes um Natal muito feliz com muita saúde, amor e paz e que o ano de 2015 te traga muita felicidade e transforme os teus sonhos em realidade.

    Seguindo a máxima “Ano Novo, Vida Nova”, informamos que o Farol vai sofrer algumas mudanças já a partir do próximo mês de Janeiro. Assim, aproveitamos para te convidar a participar no desafio com o qual em 2015 iniciaremos essa mudança.

    Beijinhos e abraços dos amigos,

    Argos, Tétis e Poseidón

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd



Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!