Por onde andei??? Sentindo saudades!

Pintura por Susan Rios
Já faz varias semana sem atualização. Andei um pouco ausente lutando contra um enorme resfriado daquele que nem um incêndio te levanta (risos)...  Com essas mudanças bruscas na temperatura, o organismo não consegue dar conta mesmo sendo resistente a essas viroses. Sou bem resistente a resfriado, dificilmente fico resfriada mais esse me pegou de jeito. Meu Estado é feito de calor não de frio. A chuva chegou devagarinho mais não veio sozinha, trouxe alguns problemas respiratório... Uma hora fica calor, outra hora esfria, assim fica difícil não contrair um resfriado.
É importante cuidar bem da saúde e principalmente da alimentação, ingerindo muitas frutas, verduras e legumes, pois contém vitaminas C, essencial também que a gente beba bastante água principalmente quando está com algum tipo de resfriado, dever que muitas vezes deixamos de fazer.

Passei algumas vezes por aqui, escrevi alguns textos, mais tudo foi para o rascunho. É notícia ruim pra todo lado que a gente acaba entrando naquele modo pessimista de ver a vida. Nada vai dar certo, nada funciona, só desonestidade, só incompetência, só violência, uma roubalheira só. Aqui as leis não funcionam para os poderosos. O País anda doente e os governantes trucidando o que ainda nos restam…  Até os meios de comunicação aproveitam desses acontecimentos trágicos para abocanhar um pouco mais de audiência.  Fazem tantos sensacionalismos com alguns fatos que até aborrece assistir alguns programas de TV.  No meio dessas loucuras, eu me perdendo, achando, sobrevivendo. As vezes nada faz sentido, até os sinais que me ligam ao mundo, se desligam. Fico vazia de fórmulas diante de tanto barbárie do mundo, que ando sem palavras e sem nenhuma pretensão para a escrita. As palavras tem ficado adormecidas à beira das incertezas. Tem dia que a gente só quer o direito de ficar quietinha sem ter que dizer o porquê de estar assim... Apenas silenciar um pouco, deixar o coração te conduzir... Muitas vezes nossa mente se torna igual a um deserto... Mais no fundo sei que é através destes momentos que se adquire clareza para saber que tudo precisa de tempo e paciência.

São nesses momentos que deixo o coração falar por mim... Como dizia a tão querida Ana Jácomo em alguns trechos de suas escritas.
Que há dias que não queremos conversas vestidas de uniforme. Diálogos impecavelmente arrumados que não deixam o coração à mostra. As palavras podem sair de casa sem maquiagem. Podem surgir com os cabelos desalinhados, livres de roupas que as apertem, como se tivessem acabado de acordar. Dispensam-se tons acadêmicos, defesas de tese, regras para impressionar o interlocutor. O único requinte deve ser o sentimento. É desnecessário tentar entender qualquer coisa. Tentar solucionar qualquer problema. Buscar salvamento para o quer que seja. Falar sobre o quanto o mundo está doente. Sobre como está difícil à gente viver. Sobre as milhares de coisas que causam doenças. Sobre as previsões de catástrofes que vão dizimar a humanidade. Sobre o quanto o ser humano pode ser também perverso, corrupto, tirano e outras feiuras. Sobre os detalhes das ações violentas noticiadas nos jornais.  Esquecer esse blábláblá encharcado de negatividade que grande parte das vezes não faz outra coisa além de nos encher de mais medo. E essa hipocrisia que prevalece, sobre vários disfarces, em tantos lugares. O esforço de se falar qualquer coisa para que a nossa quietude não seja interpretada como indiferença, ou aquela conversa contraída pelo receio de não se ter assunto.

É maravilhoso quando conseguimos soltar um pouco o nosso medo e passamos a desfrutar a preciosa oportunidade de viver com o coração aberto, capaz de sentir a textura de cada experiência, no tempo de cada uma. Sem estarmos enclausurados em nós mesmos, é certo que aumentamos as chances de sentir um monte de coisas, agradáveis ou não, mas o melhor de tudo, é que aumentamos as chances de sentir que estamos vivos, e poder apreciar as coisas bacanas da vida. As miudezas dela. A grandeza dela.  A roda-gigante que ela é, mesmo quando a gente vive como se estivesse convencida de que ela é trem-fantasma o tempo inteiro. Falar de coisas sensíveis. Do quanto o ser humano pode ser também bondoso, honesto, afetuoso, divertido e outras belezas.   Que a fala e as escutas possam ser um encontro. Um passeio que se faz junto. Um tempo em que uma vida se mostra para a outra, com total relaxamento, sem se preocupar se aquilo que é mostrado agrada ou não. Se aumentar ou diminuir os índices de audiência.
E ainda se não quisermos, não pudermos, não soubermos, com palavras dizer tudo que vem do coração, então deixa nascer aquele sorriso bom que acontece quando a vida da gente se sente olhada com carinho e amor. Às vezes, a gente nem precisa mesmo de palavras.

Um abraço!
Até a próxima postagem!

P.S: Não uso o Google +  e por isso não tenho conseguido retribuir os comentários das pessoas que usam apenas o sistema de comentário do mesmo, e não o do blogger...  Desde já obrigada pela visita e comentários.





















"Imagine um dia especial na sua vida e pense como teria sido seu percurso sem ele. Faça uma pausa, você que está lendo, e pense na grande corrente de ferro, de ouro, de espinhos ou flores que jamais o teria prendido não fosse o encadeamento do primeiro elo em um dia memorável.” – Grandes Esperanças de Charles Dickens.

58 comentários:

  1. "O único requinte deve ser o sentimento". Concordo. Gostei muito do seu texto com o qual me identifiquei.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Olá Smareis! Como está?
    A quem importa por onde andamos? A quem importa o que fazemos quando estamos ausentes. Quem sente de fato nosso sumiço? Aos amigos (mesmo que virtuais) e eu também estive meio cá e lá, mas os poucos e verdadeiros reclamaram minha ausência. Isso me fez um bem danado! Espero que este tempo que se deu tenha sido de reflexão e crescimento, de amadurecimento e espiritualidade (apesar da gripe). Seja bem-vinda à ativa e tenha bons dias!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom dia querida Smareis..
    eu que o diga aqui no sul.. antigamente era resfriado atrás de resfriado.. hj em dia com umas técnicas das terapias equilibrei tudo isso..
    pimenta ajuda muito a energizar o pulmão..
    gengibre leva embora a dor de garganta..
    e a agua solar que bebo a anos me faz a anos não ter resfriado nenhum..
    mas quem passa tem algo a liberar e para o corpo é uma limpeza..
    sobre a parte governante.. realmente está bem deprimente..
    mas é preciso passar por tudo isso.. eliminar essa energia velha para que uma nova entre..
    temos que pensar coisas mais positivas, só assim a coisa vai melhorar..
    cabe a nós escolher a bolha positiva ou negativa.. tudo smepre esteve em nós.. beijos e até sempre querida amiga

    ResponderExcluir
  4. Um belo texto que li com muita atenção e que concordo com você.
    Desejo que já esteja bem e deixo votos de um domingo feliz.
    beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  5. Querida Smareis
    Que bom te ter de volta e recuperada do resfriado
    Toda essas barbáries nos afeta psicologicamente e por mais que queiramos ser otimistas e acreditar que poderá haver mudanças para melhor, o quadro que nos apresentado é de negatividade e horrores
    Mas é preciso ter força, ter garra e lutar com todas as nossas forças pois acredito que um dia ainda teremos um mundo culturalmente mais evoluído com pessoas lúcidas que objetivam o bem da coletividade
    Uma linda e abençoada semana querida amiga
    Um super beijo

    ResponderExcluir
  6. Magnífico este desabafo , foi um grito de alma, uma libertação de tantas coisas que moram dentro de nós.
    Tudo é verdade, aí como aqui, a corrupção e os governantes que apenas se governam a eles e aos amigos.
    O descrédito que os meios de comunicação aproveitam para empolar e destorcer como forma de vender mais.
    Senti como se fosse eu a descrever tudo o que nos deixa.
    A boa notícia é que o resfriado já foi embora.
    Brilhante. Beijinho

    ResponderExcluir
  7. First and foremost, Smareis, I know you are well-read and wise in the manner of ways to maintain good health through proper diet and a positive view of life, but to watch you and to listen to you I sometimes worry if you work too hard and for too many hours. I know the change of the seasons can cause climatic effects which affect wellness, but I wonder if you allow yourself enough time for rest and sleep.

    As for the world around us, it is clear you always try to bring an optimistic and hopeful message to people who come to your blog. I have written that I think you are part angel because you have a calming influence on me and provide me with renewed energy to think about the positive aspects of life and to look for the positive traits within other people. In this sense, I hope you never change and continue to be the sunshine for those who see you as I see you.

    So, I trust you will take care of your own health and personal needs first, Smareis, and continue to be a beacon of goodness in a difficult, harsh world because you and your words are important elements in the lives of many people.

    I wish you good health and good fortune ....

    ResponderExcluir
  8. Oi Smareis :)
    De vez em quando passamos por esta fase de
    introspecção...mas este é um bom
    momento para se 'adquirir clareza'.
    Algumas situações nos desanimam, mas
    não demora muito o otimismo acaba
    voltando, (o meu pelo menos!!),
    até porque reclamar não resolve nada.
    Desejo melhoras pra vc.
    Tenha uma boa semana, bjs!

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigado, eu quero passar este mau raia pessimista em breve e acompanhar-lhe boa saúde!

    ResponderExcluir
  10. Olá, Smareis.
    Bom tê-la aí, desse lado, de volta =)
    bjn amg

    ResponderExcluir
  11. Boa noite Samareis.
    Desejo que esteja melhor.As gripes são manhosas e ferram-se em nós com muita força. Também estive assim.Depois a Médica receitou uma dose mais forte e conseguimos vencer. O perigo não está em ficar com gripe - resfriado.
    O problema está em sair de lá - curar-se.
    Gosto de ler os seus textos.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Smareis!
    Essas fases de nossas vidas todos temos que suplantá-las.
    Dedico a você: "Dai-me Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida para um novo avanço"
    (Gabriela Mistral).
    Bjs e boa semana!

    VitorNani & Hang Gliding Paradise

    ResponderExcluir
  13. Samareis.Me alegra leerte..
    Samareis Me alegro de leerte..Vivimos en un tiempo con indiferencia ante problemas ajenos. Tenemos que intentar ser optimistas Para tener fortaleza ante cualquier negatividad que nos toque vivir.
    Aqui el tiempo también lo tenemos muy variable.
    ¡Cuidate!.
    Un abrazo..



    ResponderExcluir
  14. Oi Smareis! É sempre bom te ler. Me identifico com as suas palavras. Por vezes, sinto vontade imensa de deixar o Brasil. Beijo carinhoso! Renata

    ResponderExcluir
  15. O seus dias foram iguais aos meus....mas vc conseguiu fazer uma poesia , bjs

    ResponderExcluir
  16. HOLA. ENCAMBIO ACÁ DONDE VIVO HACE MUCHO CALOR. (RISAS)
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  17. Olá Smareis,

    Penso que falar sobre coisas desagradáveis ou pensar nelas apenas aumenta a energia negativa que nos circunda em razão de tantas barbáries. Já nem gosto de ler ou assistir aos telejornais, pois nunca acontece de uma notícia boa ser anunciada. Pior é que nem podemos nos alhear aos fatos, pois precisamos estar atualizados sobre os acontecimentos do mundo. Resta-nos pensar positivamente e orar para o equilíbrio se restabeleça. Se não podemos mudar nada, pelo menos façamos a parcela que nos cabe, não aumentando ainda mais o desalento das pessoas com as nossas lamentações. Nada fica ruim indefinidamente. Um dia o cenário há de mudar, trazendo alento e esperança para todos. Gripe já tira qualquer inspiração. Pior ainda se a ela é adicionada preocupação e estado de pessimismo, pois são fatores que acabam fragilizando ainda mais o sistema imunológico.
    Melhoras para você.

    Feliz semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Que bom que esta de volta e integra ...Sua falta deixa isso tudo aqui meio que vazio ...Um texto magnifico , e muito reflexivo ... Uma leitura gostosa , um jeito de navegar calmo por entre as palavras ...Deixo aqui meu carinho por você viu ! ( ou seria vice ?) rsrs beijosssss obrigado por ter ido la no nosso outro cantinho 1

    ResponderExcluir
  19. Querida, tão querida!
    Eu queria subscrever todas as tuas palavras, imbuídas de sentimentos já quase sem esperança . Não . Não queria dizer tanto , mas como dizes apetece despir o coração de palavras ornamentais e deixá-lo livre pelo menos uma vez para " desamargurar" este sentimento de quase revolta por tanta magoa , descrença , desconfiança com que se acorda quase cada dia .
    Saudades? Aí quantas minha querida Smareis! A vida e os contratempos me levam para mais longe e só uns " likes" para transmitir a minha presença .
    Como tu , resfriado, que teima ficar . Ora quase 30 graus ora um frio malandro . Até o tempo conspira!
    Que bom te ver ! Que bom ouvir as tuas palavras lisas que me encantaram sempre. Tu sabes .
    Aparece e se alguma nuvem te ofuscar, quero ver-te na bruma !
    Um terno e grande abraço amiga grande!

    ResponderExcluir
  20. Desabafar lava a alma. Gostei do seu texto.
    Tenha uma boa semana.
    Beijo da Nina

    ResponderExcluir
  21. Por mais que tentemos, a realidade tem nos sufocado, impedindo que o riso fácil se manifeste. Essa é uma sensação comum. Mas é preciso que nos detenhamos no que de belo a vida oferece, desligando-nos desse pessimismo avassalador. Por vezes, melhor não ver tv, não ler o noticiário, alienarmo-nos do mundo, passando a observar as flores, o céu, o brilho que ainda existe em muitos olhares. E sorrir! Espero que já esteja melhor. Bjs.

    ResponderExcluir
  22. Excelente Texto ! Gostei muito !

    ResponderExcluir
  23. Aunque has tardado en publicar, hoy lo has hecho extensamente y agradecemos tu esfuerzo.
    Me alegra saber que ya estás recuperada de ese resfriado. Por lo que cuentas, las variaciones de temperatura deben ser generales, en España también tenemos un tiempo que no es propio de esta primavera, tanto hace calor como de golpe bajan las temperaturas y se levanta un fuerte viento.
    El panorama mundial no es muy acogedor pero, de todas formas, no debemos de perder la esperanza y confiemos en que, no tardando, se encuentre una mejor solución para los males que nos aquejan.
    Como verás, hoy me he levantado muy optimista.
    Te dejo un fuerte abrazo con mis cariños.
    Kasioles

    ResponderExcluir
  24. Smareis, que bom tê-la de volta e que boa reflexão! Por cá tenho pensado o mesmo. É impossível com tanta dor à nossa volta e nós sem podermos fazer nada em relação à esmagadora maioria. O que nos resta? Contribuir com o nosso minúsculo grão de areia, que pode ser um rochedo para quem está próximo :)
    Beijinhos, boa semana!

    ResponderExcluir
  25. Ola Smatreis,
    Eu estou assim com uma gripe
    fortissima. Sua falta sempre é sentida.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  26. Ótimo Blog, texto maravilhoso. É de se encantar.

    E poderia me dizer por favor, o nome dessa linda música de fundo?

    ResponderExcluir
  27. É uma época em que muitas pessoas estão resfriadas.Espero que esteja totalmente cura.
    Concordo plenamente com tudo que você escreveu. Creio que o mundo estaria melhor se a mídia selecionasse melhor o que mostrar e não mostrassem tanta violência....
    Feliz semana.

    ResponderExcluir
  28. Querida Samereis, que bom que você está bem e que bom que voltou a postar.
    Desejo que fique sempre bem e feliz, grande beijo no coração e se cuide viu?

    ResponderExcluir
  29. Querida Smareis, até com resfriado você nos traz mensagens lindas e positivas. Fica boazinha logo, tá?
    Te adoro, amiga!!!

    ResponderExcluir
  30. Smareis,your comments, on my cyber window, give's my ,the positive boost,knowing that i can't see you ,and sometimes ,yes, you are there as a living person ,right in front of me....
    Feliz semana ,and dont be afraid of the dark...
    XX Willy

    ResponderExcluir
  31. I'm glad you are well again, keep on with your writing.

    ResponderExcluir
  32. Beijos desde Valencia Smareis.Obrigada por su visita a mi blog.
    Um abraço, Montserrat

    ResponderExcluir
  33. Thanks for visiting my site and for your kind words. I very much enjoyed my visit to your site. I will be back!

    ResponderExcluir
  34. Para conservar a boa saúde, Smareis, e livrar-se de um resfriado, nada melhor do que ter bons pensamentos, alimentação leve, frutas, muita água e repouso.
    Então, vá para a cama e sare logo rs!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  35. Ainda bem que voltou e está totalmente refeita.
    Essas coisas são chatas, demoram a passar, deitam a pessoa ao chão.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderExcluir
  36. Bonjour chère amie,

    J'espère que peu à peu vous vous sentez mieux...
    Boire une décoction de citron pressé + une gousse d'ail haché + Une cuillère à soupe de vinaigre de cidre + une cuillère à soupe de bon miel.

    Tout comme vous lorsque je lis, j'entends et vois tout ce qui se passe dans ce monde je suis effrayée et j'ai honte d'être un humain... Les animaux sont plus respectueux.

    Très joli billet...

    ❀ Gros bisous ❀

    ResponderExcluir
  37. OLA! Que bom que retornou... E a gripe se foi? Tomara que sim..
    LINDO TEXTO E BELA MUSICA. Também estive ausente por vários desafios e retornado para ver os amigos. Deixo meu agradecimento pelo carinho e nossa amizade de décadas. Desejo sucesso. e fica em paz. bye.

    ResponderExcluir
  38. Um belo e magnifico texto.
    Gostei.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  39. Vim ler novamente e deixar-me encantar.
    Boa semana

    ResponderExcluir
  40. Querida Smareis.

    Adorei esse seu texto, de uma beleza que me tocou profundamente.
    Tem razão, deixemo-nos levar pelo sentimento, e com coração nas mãos dizer tudo aquilo que nos vai na alma. Esquecer um pouco toda esse sensacionalismo que grassa por aí que transforma a vida numa coisa completamente negativa. Todo esse negativismo faz com que não se dê valor às pessoas que no dia-a-dia mora ao nosso lado, no nosso prédio, no nosso bairro e cruza connosco na nossa cidade ou aldeia.

    Parabéns por essa sensibilidade e esse amor que nos conseguiu transmitir com as suas palavras.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
  41. Um texto impressionante, um desabafo, um grito de revolta que me tocou fundo e me sensibilizou. Como sabes, estive aí no Brasil e cada vez que aí vou volto triste com o caminho que o meu querido Brasil está a tomar. Mas, Smareis, aqui acontece o mesmo, apesar de se pensar que não. Só a violência não é tão grande,embora para lá caminhe se as coisas continuarem assim, todos os outros aspectos são iguais. Os meios de comunicação não param de falar e empolar as desgraças, deixando de lado o que de bom acontece, não só aqui como no mundo inteiro. Massacram-nos com desgraças, deixando-nos ainda mais desencorajados: Sabes, deixei de ver televisão, ligando-a apenas um pouco antes de dormir para ver um ou outro programa que me eleva o espírito. Portugal está a atravessar uma crise financeira muito grande, com um elevado desemprego, mas choca-nos a corrupção e os desmandos do governo; estamos a ter só duas classes sociais, os pobres e os muito ricos; a classe média desaparece a cada dia que passa. O povo português não tem vontade de sorrir e apesar do sol que a nossa Primavera nos tem trazido nota-se o desespero de alguns, pois o pão na mesa começa a faltar. Mas o que mais incomoda, Smareis, é a falta de humanidade que se vê por todo o lado, a irracionalidade do ser humano, a falta de compaixão e solidariedade. Amiga, muito e muito obrigada pela partilha deste " grito " que é também o meu e. com toda a certeza, de toda a gente boa que não se cansa de trabalhar pelos mais desfavorecidos da nossa sociedade dita moderna; desses os meios de comunicação não falam. Não dá audîência! Espero que o teu resfriado já tenha desaparecido e que o teu ânimo volte. Precisamos das tuas palavras, amiga! Beijinhos e fica bem.
    Emília

    ResponderExcluir
  42. Olá Smareis! Uma dorzinha de vez em quando é bom, pois é sinal que estamos vivos, e que é chagada a hora de agradecer a DEUS por esta coisa maravilhosa chamada VIDA que ELE nos deu, e que é o mais importante. Belo texto! te cuides, recomponhas às energias e voltes, pois sabes que serás sempre bem-vinda.

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  43. He leído todo el texto, donde expresas tantas verdades.
    Pero es cierto, perdámosle el miedo al miedo, tratemos de ser optimista. Este mundo DEBE cambiar alguna vez, para mejor !
    Cuida tu salud, por sobre todo.
    Y no perdamos la esperanza , nunca.

    Muchosss besitos, Smareis.

    ResponderExcluir
  44. En primer lugar me alegro de que tu resfriado haya remitido y, poco a poco, estés mejor.
    El Ser Humano está lleno de Hipocresía y si vamos a la Política es más apreciable, todavía, el nivel de auto-placencia y cinismo.
    Tenemos que salir del cascarón, huir de la coraza, mostrándonos tal y como somos. Exhibir nuestras virtudes y facultades Humanas e impregnar nuestros Sentimientos con los demás congéneres, esbozando sonrisas de Felicidad por sentirnos personas de Bien; sin artificios ni disfraces que nos adulteren y nos desenmascaren.
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
  45. A vida que se desfia nos segundos de cada momento.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  46. Bom dia, Smareis!
    Às vezes não queremos mesmo dar vida às palavras e precisamos nos recolher, nos recompor para renascer novamente.

    Não assisto a jornais há muito tempo. Acho que a imprensa se deteriorou e infelizmente, o negativo e a violência é o que está na TV incansavelmente.
    Mas, também acredito que o mundo vive do que se alimenta. Se na TV dispendessem tempo maior para reportagens boas e de tantas coisas boas que acontecessem, o mundo não estaria tão envenenado. Sempre falo isso pra marido.
    Quando há algo bom pra se mostrar, a reportagem não dura 2 minutos, mas a violência é esmigalhada, debulhada, detalhada....

    Infelizmente!
    Fiquei interessada em Charles Dickens e vou pesquisar.

    Abração e bom retorno.

    ResponderExcluir
  47. Resfriado, resfriado, é mesmo o que nos querem impor de informação menos séria e menos clara.
    O "teu" resfriado, cura-se com os cuidados que conhecemos; demora o seu tempo, incomoda, mas passa. Aquele outro é coisa que resfria o mais avisado dos Seres.
    Um bom Post; um grito aos Direitos de verdade.
    Parabéns.



    Beijos



    SOL

    ResponderExcluir
  48. Belo texto.

    Saúde, muita saúde para você. :)

    Bjs.

    ResponderExcluir
  49. Ai está a solução para a cura e bem que te preocupas com a prevenção. Quando vejo TV, escolho programas na natureza selvagem que cada vez é mais estreita. No ano 2050 vamos ter o triplo dos problemas, são estes os patrimónios que estamos a deixar para aqueles que estão a nascer.
    Vou fazendo algo que me faça sentir feliz rodeado de gente alegre.
    Bj

    ResponderExcluir
  50. Smareis, as coisas não estão nada boas, mas o que podemos fazer no momento é viver da melhor forma possível. E nas próximas eleições não votar nestes que estão no poder há anos e anos. Tem que renovar, ousar renovar. O novo sempre assunta, mas é necessário.
    Às vezes dá uma revolta mesmo, um vazio, mas não temos muitas opções.
    Espero que vc fique bem e que continue a escrever lindamente os textos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  51. Smareis, como sempre expões bem o que te vai na alma. No caso te lendo que a habitual atenção, ocorre-me dizer o seguinte, como comentário: "eleva-te a ti e elevarás a sociedade". É este o único contributo que temos sempre à mão .

    Se tenho andado sumido, deveu-se a férias, com o sortilégio de as ter passado no nordeste do Brasil.
    Beijos

    ResponderExcluir
  52. Olá, Smareis
    A instabilidade do clima é notória, não só no Brasil mas um pouco por todo o mundo. Aqui, em Portugal, temos estado, nos últimos dias, com temperaturas acima dos 30º, mas a partir de amanhã já vão descer para os vinte e pouco. O organismo, forçosamente, ressente-se.
    Tenho várias amigas brasileiras que se queixam do mesmo. Uma está com uma gripe fortíssima, presentemente a tomar antibiótico.
    Do mesmo modo, também as pessoas têm comportamentos fora do que era normal. A violência tem recrudescido de maneira assustadora, os valores perderam-se como que levados pelo vento, gerou-se uma grande confusão entre o bem e o mal, o certo e o errado, o correcto e o incorrecto...
    A sociedade vai precisar dar uma grande volta para que tudo entre nos eixos...
    Gostei muito do seu texto, com o qual concordo em absoluto.

    Desejando as suas melhoras, deixo votos de bom final de semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  53. Boa tarde, o mais importante é que cada momento seja vivido com enorme felicidade e intensamente sem importar o lugar, seu texto é maravilhoso.
    Votos que tenha recuperado da gripe e que tenha um excelente fim de semana.
    AG

    ResponderExcluir
  54. Olá, Smareis.
    Sem dúvida, todos os dias somos obrigados a ver notícias ruins e acontecimentos desagradáveis ocorrendo em diversos lugares a todo momento e a diferença que isso provocará em nossa vida dependerá da atitude que tomemos a respeito delas.
    Segundo Buda, somos aquilo que imaginamos ser, e se nos imaginarmos como seres sempre dispostos a ver o que o melhor o mundo nos oferece todos os dias, é o que seremos.
    Dias frios e chuvosos sempre existirão, e é só passando por eles que daremos real valor aos dias de Sol.
    Espero que melhores logo e obrigado pela visita, Smareis.

    ResponderExcluir
  55. Magnífica reflexão. E um convite a pensarmos também.

    A música é espantosamente linda....

    Obrigada

    ResponderExcluir
  56. Oi minha querida Smareis ! Passando para deixar aquele abraço carinhoso , e um grande beijo ! Espero que tudo esteja correndo bem com você ! OTIMA SEMANA !

    ResponderExcluir
  57. Oi querida amiga Smareis, ótimo post!
    Vim lhe desejar uma excelente semana, beijos e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  58. El amor no es ineludible. ES el mayor sentimiento que acerca a la humanidad. De él se derivan otros sentimientos que son tan relevantes, como lo haces ver en tu reflexionador: el afecto, la solidaridad, la honestaidad que a l avez son valores. Pero antes, que todo es necesario expresar el afecto. Hacerlo caricia y palabra. MI abrazo. Carlos

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd



Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!