Exigências da vida moderna

15:17:00


As crônicas do Luís Fernando Veríssimo sempre me chamou muito atenção por suas verdades relatadas sobre as questões sociais e políticas, sempre com um tom crítico velado e carregado de humor, algo característico do autor. Veríssimo pode ser considerado uns dos escritores mais populares do Brasil, com mais de 60 publicações, entre crônicas, contos, romances e quadrinhos. A crônica “Exigências da vida moderna", sempre me fez refletir sobre a efemeridade do tempo. Essa vida moderna é desgastante, vivemos em um contínuo estado de tensão, ansiedade, insegurança.

Até que ponto nós somos nós mesmo, quando nos submetemos e nos deixamos influenciar por modismos, e regras ditadas por outros. Às vezes me pergunto se vida moderna não tem mais de moderna que de vida... O excesso de tarefas que a vida moderna exige da gente, porque convenhamos nosso dia-a-dia é assim mesmo, claro não ao pé da letra, mais bem próximo disso. E se não abandonarmos um pouco essa vida "moderna" e retomarmos hábitos que nos faziam bem melhores do que hoje, poderemos apressar a nossa própria extinção. E ainda é importante salientar que não devemos nos escravizar aos modismos e ao consumo, a vida é muito mais do que isso. Os modismos e as dietas alimentares são citados na crônica como regras para manter a saúde e a boa forma física. Claro, que todos nós precisamos cuidar da saúde, mas tudo tem limite. A vida moderna está atrapalhando um pouco a liberdade de escolha das pessoas. É preciso ter cuidado para não renunciar ao direito de viver a própria vida. A vida passa tão depressa, que as pessoas não têm tempo para vivê-la e curti-la com tranquilidade como deveria ser feito. 

Na crônica o autor comenta como as pessoas estão tendo dificuldade para cumprir sua jornada dentro das vinte e quatro horas do dia. A vida moderna impõe rapidez, causa correria, cansaço e estresse, e honrar os compromissos diários está ficando dificil. A nossa própria existência é estressante, porque se baseia em um contínuo processo de adaptação. O estresse é tão antigo como a humanidade, como a própria vida, mas se hoje tanto se fala nele é porque somos submetidos a um bombardeio de estímulos estressantes. A humanidade está se distanciando de si, sendo escrava do tempo e perdendo a sua essência. Passa o dia buscando fazer mais coisas em menos tempo possível, se pararmos pra escutar cada orientação nova deixamos de comer vários alimentos e ingerimos outros tantos indiscriminadamente. Agora me diz: Isso é vida? Isso é normal? Para mim é sobrevida, sim sobrevivemos a esse corre e corre incessante porque afinal na opinião da maioria é assim que deve ser, e assim que tem que ser... Se não segue as regras está fora do padrão da modernidade. Quem aguenta tudo isso? Eu Smareis, te digo seriamente, NÃO AGUENTO! Se você obedece todas as regras, acaba perdendo a diversão."Criatividade é correr riscos, quebrar regras, cometer erros, e se divertir."
Enfim é vida que segue... 
Vamos a crônica abaixo, se ainda não conhece vale a pena ler.

Crônica de Luís Fernando Veríssimo - "Exigências da vida moderna"  

Dizem que todos os dias você deve comer uma maçã por causa do ferro. E uma banana pelo potássio. E também uma laranja pela vitamina C. Uma xícara de chá verde sem açúcar para prevenir à diabetes... Todos os dias deve se tomar ao menos dois litros de água. E uriná-los, o que consome o dobro do tempo. Todos os dias deve-se tomar uma Yakult pelos lactobacilos (que ninguém sabe bem o que é, mas que aos bilhões, ajudam a digestão).Cada dia uma Aspirina, previne infarto. Uma taça de vinho tinto também. 
Uma de vinho branco estabiliza o sistema nervoso. Um copo de cerveja, para... Não lembro bem para o que, mas faz bem. O benefício adicional é que se você tomar tudo isso ao mesmo tempo e tiver um derrame, nem vai perceber. Todos os dias deve-se comer fibra. Muita, muitíssima fibra. Fibra suficiente para fazer um pulôver. Você deve fazer entre quatro e seis refeições leves diariamente. E nunca se esqueça de mastigar pelo menos cem vezes cada garfada. Só para comer, serão cerca de cinco horas do dia. E não se esqueça de escovar os dentes depois de comer. Ou seja, você tem que escovar os dentes depois da maçã, da banana, da laranja, das seis refeições e enquanto tiver dentes, passar fio dental, massagear a gengiva, escovar a língua e bochechar com Plax. Melhor, inclusive, ampliar o banheiro e aproveitar para colocar um equipamento de som, porque entre a água, a fibra e os dentes, você vai passar ali várias horas por dia.
Há que se dormirem oito horas por noite e trabalhar outras oito por dia, mais as cinco comendo são vinte e uma. Sobram três, desde que você não pegue trânsito.
As estatísticas comprovam que assistimos três horas de TV por dia. Menos você, porque todos os dias você vai caminhar ao menos meia hora (por experiência própria, após quinze minutos dê meia volta e comece a voltar, ou a meia hora vira uma).
E você deve cuidar das amizades, porque são como uma planta: deve ser regado diariamente, o que me faz pensar em quem vai cuidar delas quando eu estiver viajando.
Deve-se estar bem informado também, lendo dois ou três jornais por dia para comparar as informações. Ah! E o sexo. Todos os dias, tomando o cuidado de não se cair na rotina. Há que ser criativo, inovador para renovar a sedução. Isso leva tempo e nem estou falando de sexo tântrico.Também precisa sobrar tempo para varrer, passar, lavar roupa, pratos e espero que você não tenha um bichinho de estimação... Na minha conta são 29 horas por dia. A única solução que me ocorre é fazer várias dessas coisas ao mesmo tempo! Tomar banho frio com a boca aberta, assim você toma água e escova os dentes. Chame os amigos e seus pais. Beba o vinho, coma a maçã.
Agora tenho que ir.
É o meio do dia, e depois da cerveja, do vinho e da maçã, tenho que ir ao banheiro.
E já que vou, levo um jornal...
Tchau... (Luís Fernando Veríssimo)





Então pessoal, será que no meio dessa correria, ainda sobra tempo pra ler os e-mails, visitar os blogs favoritos, ler um bom livro, ouvir uma boa música, e o mais importante, não esquecer de orar, agradecendo a DEUS por ter tempo para tudo isto...
Finalizo com beijos, abraços, sorrisos, gratidão e respeito, por que você merece! 
Amanhã é outro dia, e tudo começa de novo, de novo e de novo...
Até a próxima postagem!

"O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença." 
(Luis Fernando Veríssimo)


                   

Postagens Passada

136 comentários

  1. Boa noite, querida amiga Smareis!
    Eu tenho meditado muito sobre isso.
    Tenho visto amigos muito queridos neste "inferno astral"... nem sei como não enfartam... coitados!
    Vivem numa correria desde que acordam até a hora de dormir...
    Penso que fogem de si mesmos...
    Tenho lido sobre esse estresse angustiante que mata os seres humanos pouco a pouco... como uma droga morosa (muitas vezes, não)... Quando se percebe, já o enfarte roubou sua vida...
    Meu Deus, como rezo pelos meus amigos!
    Sinto piedade da pressa deles. Apiedo-me ao vê-los tão sem tempo para verdadeiros valores, para saborear a vida... carinho recebido e ter qualidade de vida.
    Oh! Querida amiga, que tristeza eu sinto em sentir a quem amo tanto sem tempo pra quase nada.!
    Que postagem atual e significativa!
    Tenho procurado me manter serena e viver cada momento com a maior serenidade que consigo.
    Deus nos abençoe com o Dom da serenidade e paz de espirito!
    Tenha dias felizes e abençoados!
    Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem
    P.S. os vídeos são lindos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite querida!
      Infelizmente essa vida moderna não tem nada de moderno Rosélia. Esse corre-corre diário é o grande vilão do mundo moderno. É necessário que a pessoa comece a compreender seus limites para que não venha danificar sua saúde física e mental. Quando a “resposta” do organismo não consegue manter este equilíbrio, as consequências podem gerar um estado de fragilidade que leva as várias doenças. Quanto maior a ansiedade, menos controle teremos para nos manter (física e mentalmente) serenos e tranquilos. Que Deus nos ajude a manter a serenidade.

      Continuação de boa semana!
      Um beijo!

      Excluir
    2. Boa tarde, querida amiga Smareis!
      Hoje passo para lhe trazer um convite especial e particular, com carinho:
      O convite está nestes blogs:
      https://espiritual-marazul.blogspot.com/2018/08/o-amor-dos-deuses.html
      http://www.idade-espiritual.com.br/2018/08/convite-especial-9-anos-do-blog.html
      Saberei compreender, claro, se não puder participar.
      Mas esperarei com carinho, se puder.
      Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

      Excluir
    3. Fiquei feliz pelo convite minha amiga, espero que da próxima vez eu consiga participar.
      Beijos!

      Excluir
  2. When I worked in a prison system, I constantly heard employee complaints about the level of stress. My reply always was to the effect, "If you want to experience real stress, try a newspaper newsroom thirty minutes before deadline."

    I think I pretty much have eliminated stress as a factor in my life, unless I start thinking about everything I have failed to get done during the course of a day. You are absolutely right about "modern life," Smareis .... there never is enough time to live according to fad and to fashion. That is why I take risks, break rules and try to laugh at and to learn from my mistakes.

    I think Lenine is a fine musician, but when it comes to a choice between Lenine and Oswaldo, I prefer Oswaldo's hair .... I am trying to be sort of funny, but I actually do prefer the music of Oswaldo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Because it's Fram, I do not like to follow rules either. Running risk is sometimes dangerous, but it's worth it. If we lived our lives for fear of making mistakes, we would pass most of it without doing anything at all. Making mistakes is an essential part of life and has some influence in the future. Faced with the need to avoid making mistakes at all costs, there will be a psychological barrier that will prevent you from taking risks.

      Between Lenin and Oswaldo Montenegro. If I had to choose, it would be Montenegro for sure.
      Good week continuation Fram.
      A handful of smiles.

      Excluir
  3. "El mundo es como un espejo que devuelve a cada persona el reflejo de sus propios pensamientos y acciones. La forma de enfocar la vida es lo que hace toda la diferencia."

    Esta cita vendría a resumir todo el texto anterior.

    Y hay otra que dice: "Donde pones tu atención en eso te conviertes." Lo que viene a significar no que hay un "mundo" para todos..., sino que cada quien acaba "conformando" (dando forma) el que vive.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta es la ley de la Vida Ernesto: Todo lo que usted siembra, usted cosecha, todo lo que usted da, usted recibe. El mundo es un lugar que hace eco. Todo lo que damos al mundo vuelve y resuena.
      Continuación de buena semana.
      Abrazo.

      Excluir
  4. Gostei bastante da crónica do Luis Fernando Veríssimo, e são muito boas estas canções do Lenine.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ouvir as canções de Lenine é sempre um momento de elevação... É, simplesmente, sublime.
      Continuação de boa semana.
      Um abraço!

      Excluir
  5. Luís Fernando Veríssimo é um escritor excelente. E as crónicas dele são mesmo para ler… Gostei da sua questão: a vida moderna não terá mais de moderno do que de vida?
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião, Veríssmo está entre os melhores, dos melhores Graça.
      Continuação de boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  6. Ah, eu amei o texto. Nunca tinha pensado nisso assim de forma tat cronometrada. Achei hilario. Que correria doida !e poupe!rs RS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma correria muito louca Edite. Talvez o segredo seja criar estratégias, de maneira a conciliar os âmbitos profissional e pessoal, para preservar a qualidade de vida.
      Continuação de semana!
      Beijos!

      Excluir
  7. Oi Smareis, delícia de postagem!!
    Penso que desde sempre houve esse lance de "fazer a cabeça" das pessoas, induzi-las a a trocentas coisas para que uma minoria recebe os lucros disso. E se não nos questionamos, nos acostumamos, vamos engolindo a maioria das baboseiras vendidas como benéficas para nós. É verdade que algumas realmente são importantes, mas essas são as mais ignoradas... tipo passar fio dental.
    Quanto mais envelheço, me pergunto: QUEM DISSE QUE DEVE SER ASSIM, POR QUÊ?
    Por trás da estética, do prazer, da política, do consumo....tudo tem um porquê e na maioria das vezes é para se aproveitarem de nossa falta de reflexão.
    Adorei essa postagem!Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mídia tem uma grande parcela nesse mundo moderno, influencia muito as pessoas Dalva... Sendo que, pode ser tanto positiva quanto negativa. O importante é que tenhamos a consciência de saber diferenciar ambas as coisas, para que mais tarde não venhamos arrepender-se. As pessoas tendem a achar que tudo que os outros usam eles também devem usar, sendo assim, gastam com coisas que são desnecessárias, simplesmente pelo gosto de viverem em uma realidade fictícia. Não sou de seguir essas regras que o mundo moderno impõe. Se vivêssemos a vida com medo de cometer erros, passaríamos a maior parte dela sem fazer absolutamente nada. Como destaca Cazuza na letra da música “Brasil”, a sociedade passou a estar programada para dizer sim, concordando com tudo o que é absorvido através dos repasses da mídia. É importante separar o que é verdadeiro e o que é maquiado.

      Meu dentista sempre cobrou muito de mim a respeito de usar o fio dental antes de escovar os dentes. Eu não tenho muita paciência Dalva, não sigo essa regra a risca não. Risos.
      Continuação de boa semana!
      Abração!

      Excluir
  8. Bom dia Smareis!
    Li todo o texto,e exatamente é o que fazemos para ter uma vida sadia e moderna,mas será que realmente precisamos de tudo isso?
    Aqui em casa,seguimos um pouco de tudo,porém muitas vezes eu principalmente tenho reações não agradáveis.rs.
    Amei a crônica e o texto.
    Bjs,obrigada pela visita e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou bem assim Carmem. Não gosto muito de seguir regras.
      Continuação de boa semana.
      Beijos!

      Excluir
  9. Você sabia que esse cara já fez
    parte de algumas bandas tocando
    saxofone? Vai ser completo assim
    lá na China, sô!
    Quanto ao assunto em questão, é de
    relevada importância comentá-lo uma
    vez, duas ou sempre que possível,
    como você fez.
    Valeu a intenção da semente, como
    diria o velho palhaçopoeta.

    Beijos, querida Smareis. Muitos.


    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então poeta, eu ja li a respeito da banda que Veríssimo tinha. Ele aprendeu a tocar instrumento na adolescência, quando morou nos Estados Unidos. Veríssimo é o homem do sax alto. O cara é completo.
      Continuação de boa semana .
      Beijos!

      Excluir
  10. Sem dúvida, crónicas super interessantes.
    Grandiosa postagem minha amiga!
    Abraço

    Rui
    Olhar d'Ouro - bLoG
    Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rui!
      Continuação de boa semana!
      Abraço!

      Excluir
  11. Esta es la vida que pretenden que tengamos, es decir, pretendemos que no nos quede ni un segundo para pensar y que actuemos como automátas.

    Gracias por wel txto de Veríssimo, he llegado a llorar de risa, es simpatiquísimo, chispeante y pone bien a clas claras, lo que la publicidad dirigida al consumo está tratando de conseguir: borreguitos consumidores, asustados por todo, por no engordar, por no enfermar, por estar siempre al día, por conocer todas las nuevas tecnologías, etc.

    Es cierto no hay tiempo para leer y escuchar la música, por visitar blogs, para hacer ejercicio, etc., etc. Muy buena esta entrada. Nos ofreces la cruda realidad pero también el momento para reflexionar y tomárselo a risa.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta crónica del Veríssimo y muy creativa, y nos lleva a dar muchas sonrisas por la forma que describe el mundo moderno.
      Continuación de una buena semana Franciska.
      Gracias por la presencia de mi amiga.
      Abrazo.

      Excluir
  12. Excessive life creates problems. Buying is a good line.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. You're right Catalin ..
      Good week's continuation.
      Hug.

      Excluir
  13. Respostas
    1. Com toda certeza!
      Continuação de boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  14. Gostei muito de ler a grandiosa postagem, excelentes as crónicas de Luís Fernando Veríssimo.
    Votos de uma feliz semana
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Amélia!
      Continuação de boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  15. A ganância de uns, não coaduna com a humildade de outros. Os que tudo querem depressa e bem. Não se contentam com pouco. Não lhes interessa a qualidade mas sim a quantidade.
    Perde-se o interesse pela qualidade de vida, quem pensa nela viajar a alta velocidade, que nunca chega ao fim.
    Não conheço esse senhor, Luís Fernando Veríssimo, mas gostei da sua crónica.

    Tenha uma boa noite amiga Smareis,
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Edu, Luis Fernando Verissimo foi um escritor, humorista, cartunista, tradutor, roteirista de televisão, autor de teatro e romancista brasileiro. Já foi publicitário e revisor de jornal. É ainda músico, tendo tocado saxofone em alguns conjuntos. Ele foi um dos mais admirados escritores brasileiros do século XX. Sua obra mais popular, O Tempo e o Vento, foi adaptada para a televisão e também para o cinema, assim como outros de seus livros. Seus livros sempre figuravam nas listas de mais vendidos, além de terem sido muito premiados. As vésperas de completar 70 anos de idade, em 28 de novembro de 1975, faleceu vítima de infarto.
      Continuação de boa semana amigo.
      Abraço!

      Excluir
  16. Adorei a crónica do Luís Fernando Veríssimo. Não me preocupo muito com essas coisas. Não me importo nada de não ser moderna. Não como maçãs,nem bananas, nem bebo chá verde, escovo os dentes três vezes ao dia se estiver em casa e se não apenas quando me levanto e me deito.Tenho as minhas próprias regreas, estou-me nas tintas para o resto.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também Elvira, sou meio rebelde a seguir regras que a sociedade gosta de atribuir. Eu faço as minhas, e quando erro, tento acertar.
      Continuação de boa semana!.
      Beijos!

      Excluir
  17. Eu, que tenho 128 de memória
    ram, acho que não deixei um
    beijo, como de costume. Por
    isso voltei.

    Um beijo, moça e boa noite.




    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha memória de ram poeta, anda na base de 64 kkkk, tem dia mais parece uma tartaruga. Os meus arquivos ficam inacessíveis, anda esquentando muito, e as vezes trava por completo. Precisa urgente de reparo, rindo muitoooo.
      Então agora deixou.
      Continuação de boa semana.(ツ)
      Beijos!

      Excluir
  18. Hoje é só para dizer que já estou de volta.
    Amanhã já haverá comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom retorno Pedro!
      Continuação de boa semana.
      Beijos!

      Excluir
  19. Difícil ter algo que o Veríssimo não aborde com propriedade. Essa crônica é muito pertinente, Smareis. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Sérgio!
      Continuação de boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  20. Bom dia, Luís Veríssimo escreve de uma maneira agradável com interesse para o leitor, poucas são as pessoas que optaram por uma vida calma com todo o tempo para viver com com tempo, existe uma luta diária entre a consciência e a oferta publicitaria que causa necessidade em obter o produto, diariamente, esta entra pela casa a dentro sem autorização.
    Continuação de feliz semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mídia nos controla de uma maneira que nos faz parecerem robôs humanos, a mídia mais diretamente a televisão escolhe o que vestiremos sobre o que comeremos sobre o que falaremos, qual candidato apoiaremos. Isso tudo faz parte de um sistema socioeconômico que nascemos nele, e muito difícil ter saída. O que precisamos fazer é tentar não cair às tentações da mídia, e formar nossa própria opinião das coisas, observando os dois lados de uma situação.
      Continuação de boa semana!

      Excluir
  21. Ontem resolvi ouvir as magníficas canções interpretadas pela inesquecível Elis Regina , e chorei com ela enquanto escutava " eu quero uma casa no campo "
    Onde possa plantar os amigos , livros e discos e nada mais .

    Estou desejando o mesmo com todo o meu ser e alma .

    Este óptimo texto e crónica " bateram fundo ".
    Muito obrigada .

    Um beijo enorme, Smareis ,
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma casa no campo... Onde eu possa ficar do tamanho da PAZ. Música linda essa da Elis. Imortal, Única, a melhor cantora de todos os tempos. Continuação de boa semana Maria! Beijos

      Excluir
  22. Que deliciosa publicação.
    Entendo essa correria e tempo
    mais os contratempos e a gente
    ainda escreve e lê!
    O importante é não esquecermos
    de 'viver'.
    Adorei as canções também.
    Bjins querida.
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamos cuidar dessa parte, que é a mais importante Catiaho.A vida!
      Continuação de boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  23. Hello, I love my simple life, especially since I retired. Less is more. Great post and song. Enjoy your day and week ahead!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A simple life is more pleasurable. It's worth every minute.
      Good week continuation
      Hug.

      Excluir
  24. Muito bom este texto, muito bom para se refletir. Parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Arthur!
      Continuação de boa semana.

      Excluir
  25. Bom texto, gostei de ler.
    r. Legal saber que também tens um sítio para passear,
    meus irmãos também aproveitam por aqui.
    Boa continuação de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha irmã tem sitio sim, Janicce, e sempre que possivel vou pra lá respirar um pouco de ar puro, na verdade, tá dificl conseguir encontrar ar puro em qualquer parte que a gente vai. Mas com certeza o campo é o melhor alimento para o corpo e para alma. Eu adoro o campo.
      Continuação de boa semana!

      Excluir
  26. ¡Hola Smareis!

    ¡Ay madre del amor hermoso! Me he reído a carcajada limpia con la gracia que tiene el texto de tu amigo y es que escribe con ese pizco de humor que tiene la gracia del mundo. Mi felicitación para él, y para ti también.
    Y bueno, está bien llevar una dieta sana para tener un poco de calidad de vida, debemos saber bien lo elegimos a la hora de comprar, puesto que hoy todo esta contaminado. Que Dios nos guarde, si no sembramos algo nosotros mismos y la mayor parte de la humanidad, compra, puesto que no todos tenemos un terreno para la siembra de unas lechugas tomates pimientos patatas entre otros alimentos que son innumerables para contar.

    Ha sido un placer. Gracias por tu huella.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Los textos de Veríssimo son muy creativos y hacen que sonríe a Marina. La influencia generada por los medios ha alcanzado niveles tan altos, que en la misma proporción ha convertido en la cuestión aún más seria y preocupante. Cuando pensamos en productos tenemos la sociedad de consumo y la propaganda. Cuando pensamos en cultura y opinión tenemos la aculturación, o moldeo de pensamientos. Una vida moderna que de moderna nada tiene.
      Continuación de buena semana Marina.
      Abrazo.

      Excluir
  27. Luis Fernando Veríssimo é genial...resumiu com bom humor o que a gente passa. São tantas receitas de saúde, algumas totalmente contraditórias entre si, tantos conselhos de como viver bem, tantas tarefas, que realmente precisamos ter bom senso para não perdermos a saúde física e mental. E a saúde espiritual, que é o alicerce das outras...
    Uma bela escolha de texto! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veríssimo está entre os melhores,sempre muito criativo em suas ideias. A influencia da midia nos dias de hoje é gigantesca. Junto com as globalização, traz seus males e também coisas boas. Quando pensamos em produtos temos a sociedade de consumo e a propaganda. Quando pensamos em cultura e opinião temos a aculturação, ou moldagem de pensamentos. A mídia pode ser uma formadora de cultura completa, não vendendo apenas o produto, mas criando um vazio, que assume a forma de um produto, e mostrando o quão importante é preencher o vazio através do consumo.
      Continuação de boa semana Amigos.
      Grande abraço!

      Excluir
  28. Um homem que se comporta como você descreve é escravizado por várias regras, às vezes desnecessárias, e não tem vida própria. Você não pode simplesmente correr e correr porque você não tem tempo para o prazer, e eles são importantes. Um post muito interessante, dando muitas coisas para pensar. * Ainda não cheguei ao estado que gostaria de alcançar após o procedimento. De vez em quando algo está palpitando e às vezes é difícil para mim viver com isso, é por isso que eu não estou sempre no blog. Saudações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos escravizados por esse tempo moderno Giga.
      Continuação de boa semana!
      Saudaçoes.

      Excluir
  29. Boa tarde, Smareis. Gostei muito de conhecer a sua belíssima literalidade. Relativamente à Veríssimo, sem dúvida é um dos maiores talentos da nossa literatura. E o contexto remete a profundas reflexões. Meus efusivos parabéns pelo maravilhoso blog e um cordial e fraterno abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá pra tirar várias reflexão nesse texto Antenor.
      Continuação de boa semana.
      Fiquei feliz com sua visita.
      Abraço!

      Excluir
  30. Olá, Smareis,

    Posso entrar? Vim para um cafezinho e retribuir aquele "abraço bem apertadinho" que você deixou para mim, lá no meu cantinho. Acolhi o abraço e esperei a hora certa para retribuí-lo, rss. Achei que não havia hora melhor do que esta quando penso e repenso sobre as suas ponderações sobre as exigências da vida moderna com as pitadas cheias de humor de Luís Veríssimo, este cronista que sabe das coisas e escreve com uma ímpar verve. Está sempre dizendo aquilo queríamos dizer e ele se antecipa privando-nos do prazer de dizê-lo primeiro. Fazer o quê? Aproveitar o fato de você trazer o belo texto dele para o seu espaço e curti-los, texto e espaço, sem pressa, saboreando o café (que você passa com uma sutileza que nada se perde dele, incluindo o aroma) e da sua agradável companhia.
    Uma boa semana para você, Smareis!
    um beijo,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você ja é de casa José Carlos. Porta sempre escancarada... Café pronto pra servir risos. Abraço recebido aqui amigo, aquele que só o coração sabe sentir.
      Eu gosto muito dessa pitada de humor que o Veríssimo tempera os textos. O homem sabia como agradar seu público.
      Continuação de boa semana Amigo.
      Um beijo!

      Excluir
  31. Interesantes recomendaciones. Hasta ahora las analíticas no las tengo mal, lo úncico que me sale algo bajo es el hierro y procuro comer alimentos que aporten hierro.

    Besos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias!
      Continuación de buena semana para usted.
      Besos.

      Excluir
  32. Ah minha querida amiga , talvez por causa dessas correrias stressantes , as defesas caem para níveis mínimos e depois pára tudo ! É isso é por isso que me tens ausente e nunca distante . Aqui, está a ser um depósito ( no bom sentido ) de seres à procura de paz não nas cidades mas no meio rural . É aflitiva a restrição como aflitivos os conselhos que tantas vezes se contradizem. Sigamos o nosso ritmo biológico, guiemos as horas pelo sol e a fome pela intranquilidade do estômago .
    E se puder , peguemos uma sombra carregada de pardais e dêmos graças ao Universo pela paz de cada dia
    Grande post !
    Um abraço daqui até aí, minha querida e doce Smareis ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Manuela, estamos o tempo inteiro expostos a todos os tipos de doenças devido a vida corrida. Um simples descuido já pode ser suficiente para o sistema imunológico não dar conta de fechar todas as "portas" de nosso corpo, que são suscetíveis a alguma infecção ou vírus. Por isso, é muito importante ter consciência dos hábitos que podem blindar nossa imunidade contra qualquer complicação. Às vezes somos obrigados a seguir regras que não acreditamos serem certos, embora, todos ter direito ao seu livre-arbítrio, mas muitos não pensam por si só, e são induzidos por outras pessoas a fazerem coisas que mais tarde possa lhe trazer sérios problemas.

      Agradecer sempre pelo direito a vida, seja ela boa ou ruim, foi nos doada com muito amor pelo CRIADOR.
      Amiga feliz por você estar aqui. Desejo melhoras!
      Continuação de boa semana!
      Abraço recebido, retrubuindo outro daqui.
      Beijos!

      Excluir
  33. Olá Smareis!
    Adorei a postagem e este tema é muito importante. Creio que a internet também ajuda com todas estas loucuras na vida das pessoas. Todo mundo quer ser saudável e fazer parte das pessoas que praticam o que 'é correto'. Todo mundo não, não, pq eu não quero ser normal, pelo menos assim como dizem que é ser normal nesta época. Sabia que tem gente que nem tem intolerância a glúten e não come nada que tenha farinha branca? E assim vai com vegetarianos, veganos, etc! Tão chato isso tudo, porque é tanta informação, poluição, exagero, que dá até dó, sabia?
    Um tema de profunda reflexão, pois o que me parece, é que os cuidados deste modismo é para com o corpo, mas é a mente que precisa de cuidados.
    Minha querida amiga, deixo um gostoso beijinhos para você com um abraço apertadinho e o desejo de dias alegres e tranquilos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Glorinha!
      A manipulação da mídia como os jornais, revistas, a televisão, o rádio e a internet, é muito mais perspicaz do que as mensagens subliminares, ou a aqueles jingles que não saem da cabeça. Vemos isso como exemplo, nos padrões de beleza, com modelos cada vez mais magras seja nas passarelas, seja nas campanhas publicitárias, com o corpo escultural de horas e horas de academia e dietas cada vez mais insanas, e as pessoas curtindo querendo fazer o mesmo, ser igual. Muitas pessoas sonham em ficarem bombadas para desfilar com músculos enrijecidos e definidos, mas às vezes passam dos limites. Assisti a um vídeo de uma mulher "bombada" que quando ia levantar peso, chorava de dor e mesmo assim continuava sacrificando o corpo. Às vezes penso porque sacrificar tanto assim?

      Continuação de boa semana minha amiga!
      Beijos!

      Excluir
    2. A mesma pergunta faço eu!
      Beijocas querida Samreis.

      Excluir
  34. Li e reli o seu texto e a crónica do Sr. Veríssimo. Concordo totalmente, e se há coisa de adoraria era ter a corage de prescindir de tudo o que me escraviza e regressar as origens do ser humano, viver na simplicidade da terra e daquilo que nos oferecece gratuitamente. Somos robôs, e ao contrario de viver e desfrutar da vida, somos empurrados e encurralados para uma existência sem história e sem sentido algum. Parabéns pelo texto, porque nos faz pensar e refletir nas nossas caminhadas por esta vidinha tão curta. Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A simplincidade me atrai muito Julia, esse mundo moderno as vezes me tira dos eixos. Vejo uma mídia podre que influencia as pessoas no sentido de formarem opiniões a respeito de determinados assuntos, ou outras vezes no sentido de induzir os telespectadores a comprar marcas de roupas, sapatos, perfumes, enfim, diversos produtos. Somos bombardeados todos os dias com opinião de especialistas diversos, o avanço tecnológico e tantos outros argumentos, apenas para te convencer que aquilo que está sendo oferecido é a melhor alternativa. As vezes as pessoas adquiri o produto por achar que aquilo funciona mesmo, quanto na verdade não faz efeito algum, apenas acaba com a sua saúde.
      Continuação de boa seman!
      Um abraço!

      Excluir
  35. Olá, Smareis
    Há muitos anos que sou fã de Luis Fernando Veríssimo. Tenho MUITAS crónicas dele gravadas no meu pc; de vez em quando leio, pois gosto imenso.

    Com o seu fino humor habitual, nesta "Exigências da vida moderna", escrita há mais de dez anos - eu tenho-a guardada desde 2008 - o autor ridiculariza todas as (des)informações com que somos bombardeados diariamente, e que seria humanamente impossível seguir à risca.
    Passados dez anos tudo continua igual ou pior.
    E quem não tiver o discernimento necessário para saber escolher o que realmente lhe interessa e lhe pode proporcionar bem estar e felicidade... tem sérias dificuldades em levar a vida por diante.
    Gostei da sua maneira de expor o assunto.

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariazita,
      Grande escritor o Veríssimo. Um dos meus favoritos. Essa crônica tem bastante tempo, e ainda continua atual. Conheço quase todo o trabalho do Veríssimo.
      Ter a percepção de uma escolha saudável é o passo mais importante para vida benfazeja.
      Obrigada amiga!
      Continuação de boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  36. Crónicas da "vida airada" excelentes para nos ajudarem a refletir e procurarmos a felicidade noutros "recantos da alma"!!!bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuação de boa semana Gracinha!
      Beijos!

      Excluir
  37. Linda postagem! :)
    Tudo isso porque acho que as pessoas têm um falso conceito de liberdade, pensando que se têm liberdade devem fazer tudo o que lhes impingem; quando liberdade é tão só poder e saber fazer escolhas do que é o melhor para nós.

    Beijos, amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que mais acontece nos dias atuais, por achar que é livre, podendo fazer o que bem entende, a pessoa acaba optando por uma escolha totalmente errada. Em alguns casos é interessante questionarmos a força da comunicação como influência das atitudes e escolhas da pessoa. A pessoa tem que ter consciência de não se deixar levar por coisas que a mídia oferece, e saber fazer suas próprias escolhas.
      Continuação de boa semana Fá.
      Beijos amiga.

      Excluir
  38. Ei Smareis! Minha querida sei muito bem o que e´isso! Minha vida é uma correria tremenda! Trabalho, academia , escrever livro, pensar no blog, etc etc ufa! Confesso que não está sendo nada fácil, e vez ou outra, me pego sem vontade de fazer coisa alguma. O cansaço vem e me tira até o prazer de escrever. Os dias de hoje são muito dinâmicos, até porque a sociedade e a sobrevivência nos impõe tudo isso. ÀS VEZES, FUJO PARA PESCAR E VER DE VERDADE AS ESTRELAS DO CÉU. Obrigado pelo carinho de sempre vice! Desculpe a demora! É a vida! Grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto de uma boa pescaria Beto. Sempre que possível dou aquela arejada nas idéias pescando um pouco no sitio da minha familia. Estou em off por alguns dias, mas já já estarei atualizando e chegando por lá vice!!!
      Continuação de boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  39. INFORMAÇÃO
    Tal como tinha anunciado acabo de publicar mais um episódio, o oitavo, da saga É DIFÍCIL VIVER COM UM IRMÃO MONGOLÓIDE que desta feita tem como título... "Empernanço de pestana"... Com este texto a acção entra de raspão na guerra colonial e ainda na ida do primeiro homem à Lua. Uma vez mais alerto para imagem que pode impressionar as/os mais sensíveis.


    Volto depois para comentar.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, com certeza irei passar por lá pra ler esse episódio.
      Continuação de boa semana!

      Excluir
  40. Para correr menos, há que fazer as curvas da vida por dentro e nem sequer passar pelas ruas que não fazem sentido para o nosso bem estar e felicidade.
    Gostei muito deste seu post, pelas suas acertadas palavras e pela crónica do Veríssimo.
    Amiga Smareis, um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jaime. Continuação de boa semana amigo.
      Beijos!

      Excluir
  41. Olá Smareis, td bem?
    Concordo em gênero, número e grau com o seu texto. Acredito que essa tal de "vida moderna", está acabando com os pequenos prazeres, com o tempo pra família, pra se divertir e rir de si mesmo, pra viver simplesmente. Eu sempre pensei na direção contrária, de ter mais tempo pra gente do que para outras atividades, de trabalhar menos e aproveitar mais a vida, afinal ela é curta demais. Gostei bastante do seu texto e da crônica do genial Luis Fernando Veríssimo. Brilhante como sempre.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alécio estava com saudades, você andava bem sumido amigo. Eu também ando um pouco em off.
      Essa vida moderna não tem nada de moderno. Talvez seja hora de pararmos e nos permitirmos minutos de calma e bem estar. Sou meia rebelde as regras.
      Continuação de boa semana!
      Beijos!

      Excluir
  42. Excelente crónica e texto que nos convida a reflectir.

    Já está no blogue o capítulo 2 do nosso conto escrito a várias mãos "Janelas De Tempo". Convidamos-vos a ler:
    https://contospartilhados.blogspot.com/2018/07/janelas-de-tempo-capitulo-2.html

    Votos de excelente fim-de-semana.
    Saudações literárias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, irei com certeza ler seu conto.
      Continuação de boa semana!
      Abraço!

      Excluir
  43. Actual, oportuna,real e presente. Veríssimo sempre teve esta faceta de "olhar" a vida que (ainda) se vive.
    Boa escolha.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um olhar certeiro.
      Bom fim de semana amigo!
      Beijo Sol!

      Excluir
  44. Belo post,Smareis! Pessoalmente, tenho como música favorita a belíssima "My Way", na interpretação magnífica de Elvis. E confesso que sou um pouco assim: gosto de fazer as coisas à minha maneira, sempre que posso. É libertador! :) Boa semana, amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma bela música "My Way". Essa canção, fala um pouco da vida de todos nós...
      Bom fim de semana amigo!
      Abraço!

      Excluir
  45. Olá querida amiga Smareis!
    Cheguei para uma visitinha, para sentir os ares das tuas linhas e, muito agradecida, pelas tuas palavras no meu blog, sobre o meu aniversário. Desejo a você e família, toda a felicidade deste mundo, com saúde e muitas, mas muitas alegrias.
    Um beijo e muitos carinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Obrigada pelo carinho Glorinha!
      Bom fim de semana!
      Beijos!

      Excluir
  46. Gostei de ler. A vida é complexa e por vezes sentimos necessidade de desacelerar e relaxar. Beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sandra!
      Bom fim de semana!
      Beijos!

      Excluir
  47. Muito bom este post, lindas músicas do Lenine.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Arthur, As canções do Lenine são belíssimas.

      Excluir
  48. Diante dessa modernidade e este incontável número de informações, dicas, sugestões e tentativas de nos fazer engolir tudo sem pensar precisamento discernimento para fazer escolhas que sejam benéficas e banirmos os estresses impostos por outrem
    Belíssima crônica e suas ponderações Smareis
    Grande beijo amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São tantas dicas e informações que a gente acaba até se perdendo no meio disso tudo.
      Bom fim de semana Gracita!
      Beijos!

      Excluir
  49. Será que precisamos mesmo dessa modernidade que a mídia nos faz engolir?
    A vida mais simples e com menos glamour nos traz qualidade de vida e é assim que tento viver os meus dias sem me corromper com essas exigências da vida moderna
    Beijinhos no core

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu creio que não Morena. Mas o sucesso deles depende se a mídia vai nos convencer ou não.
      Bom fim de semana!
      Beijos no core.

      Excluir
  50. Gracias por compartir el buen humor y las sonrisas de tu amigo, la risa es una buena medicina.

    Lo vuelvo a intentar y visitaré poco a poco mientras las fuerzas no me vuelvan a dejar.
    Te agradezco infinito tu cariño y apoyo, en estos momentos, las mejoras llegan muy despacio y siempre se complica alguna otra cosa, pero como siempre, sigo adelante y estaré entre vosotros agradeciendo vuestras letras de ánimo, es un incentivo importante para seguir día a día.
    Abrazos.
    Ambar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias mi querida.
      Deseo que pronto esté bien mejor y feliz.
      Entender la voluntad de Dios no siempre es fácil, pero creer que él está en el mando y tiene un plan para nuestra vida, hace que la caminata valga la pena.
      Buen fin de semana.
      Abrazo.

      Excluir
  51. Bom dia, o mundo é como um espelho que nos devolve aquilo que somos e o que fazemos, o Texto do Luís Fernando Veríssimo é perfeito e real.
    Feliz semana,
    AG

    ResponderExcluir
  52. Tenho uma irmã que em abril do próximo ano estará completando 100 aninhos de vida, sem seguir regras.

    Belo texto e bela e verdadeira crônica do Veríssimo.

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns para tua irmã Furtado. Hoje em dia tá difícil uma pessoa chegar a essa idade seguindo essas regras que a mídia impõe... Seguir regras deixa a pessoa mal humorada, doente e insatisfeita. Minha avó quando morreu tinha 105 anos, e nem foi por doenças algumas. Foi um acidente na escada e teve faturas que desencadeou outras coisinhas, e levou pra uma cadeira de rodas.
      Bom fim de semana amigo!
      Beijo!

      Excluir
  53. Boa semana, amiga; aguardo o próximo post!

    ResponderExcluir
  54. Preciosas reflexiones y precioso texto, yo también creo que la vida moderna tiene más de moderna que de vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias Pedro.
      Buen fin de semana.
      Abrazo.

      Excluir
  55. Acho que só mesmo ouvindo Lenine querida amiga.
    Conheço esta cronica e sua introdução é perfeita.
    No corre do dia perdemos o bem mais precioso.
    Abraços amiga.
    Beijos de paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Toninho!
      Bom fim de semana!
      Beijos!

      Excluir
  56. Aguardo a próxima postagem e desejo uma boa semana, amiga!

    ResponderExcluir
  57. Olá, venho deixar os meus votos de continuação de feliz semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Bom fim de semana pra ti também!

      Excluir
  58. Ah, querida Smareis, que bela lição aqui nos dá! Todos nós sabemos dessa correria, que o dia acaba por ser curto demais para a quantidade de coisas que nos é aconselhado e exigido, mas precisamos de ouvi-lo e lê-lo para tomarmos consciência das nossas limitações. Há que viver o nosso dia-a-dia de modo a podermos passear, dançar, rir, divertindo-nos porque só obrigações realmente não dá. Penso que teremos de parar e olhar a vida de forma diferente de modo a definirmos as nossas prioridades. E não há dúvida que a nossa prioridade primeira deve ser: VIVER!!!

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa coisa de moderno, as vezes me deixa sem paciência Olinda. Prefiro seguir as minhas regras, mesmo não sendo tão certa, risos.
      Bom fim de semana!
      Beijos!

      Excluir
  59. Boa semana, Smareis! Fica bem e volta logo. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amigo.
      Bom fim de semana!
      Abraço!

      Excluir
  60. Como nunca me esquecerei de ti , passo para te deixa o meu carinho num abraço !❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada minha querida amiga.
      Um abraço apertadinho daquele que só o coração sabe sentir.
      Beijos e bom fim de semana!

      Excluir
  61. Votos de continuação de feliz semana ou de ferias se for o caso.
    AG

    ResponderExcluir
  62. Estava a precisar de ler esta crónica para me sentir mais à vontade na vida. É lá possível dar crédito ou seguir as regras que, permanentemente, nos querem incutir! Temos que procurar a nossa própria harmonia, não é verdade, Smareis?

    Muito grata. E para um café estou sempre pronta. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, eu também Teresa! Aqui, o café sempre está no ponto para cada gosto, risos.
      Bom fim de semana!
      Beijos!

      Excluir
  63. Smareis, boa tarde!

    Por estranhar silêncio tão longo e estar morrendo de saudades dessa amiga querida, é que passei por aqui para saber se há alguma novidade, se há alguma notícia para mim.
    Como você sabe, as esperas são sempre tristes porque nem sempre encontramos dentro do que já existe alguma coisa para tapar o buraco da espera!
    Não me dei mais a esperar, rss!
    Um beijo grande,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei feliz que sentiu minha falta José Carlos. Eu as vezes demoro um pouquinho, mas sempre volto.
      Obrigada por vc estar sempre presente.
      Bom fim de semana!
      Um beijo!

      Excluir
  64. Passando para ver as novidades e te desejar
    uma boa entrada de mês.
    PAZ E BEM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Janicce!
      Bom fim de semana!
      Beijos!

      Excluir
  65. Un excelente texto el de Ana Macarini, y una excelente oportunidad de conocerlo a través de tu espacio. También los comentarios que respondes tienen su acertada reflexión.

    Abrazo Smareis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ernesto usted cambió el autor del texto. No es Ana Macarini autora de vida moderna. Es Luis Fernando Veríssimo que es el autor. Usted leyó un texto y comentó el otro. A veces esto sucede cuando estamos con prisa. Lo importante es su visita. Gracias amigo. Buen fin de semana.
      abrazo.

      Excluir
  66. Pues sí, tienes razón. Equivoqué la entrada... Pero no era cuestión de prisas, suelo tomarme el tiempo para leer y saber qué comento. Lo que sí pasaba es que me costó llegar a la entrada de hoy, me salían en primer lugar alguna de 2013, después esa que indicas, etc. Y al final creí que lo dejaba en la entrada de Ana.

    Y aún así no consigo acceder a la de hoy...

    Abrazos y hasta la próxima.

    ResponderExcluir



Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!

Contador online

Aprenda com o autor da vida!

A Bíblia é o único livro que você lê na companhia do autor!