A GENTE VAI EMBORA...

20:45:00

 


                                                         A GENTE VAI EMBORA...

A GENTE VAI EMBORA e fica tudo aí, os planos a longo prazo e as tarefas de casa, as dívidas com o banco, as parcelas do carro novo que a gente comprou pra ter status.

A GENTE VAI EMBORA sem sequer guardar as comidas na geladeira, tudo apodrece, a roupa fica no varal.

A GENTE VAI EMBORA, se dissolve e some toda a importância que pensávamos que tínhamos, a vida continua, as pessoas superam e seguem suas rotinas normalmente.

A GENTE VAI EMBORA, as brigas, as grosserias, a impaciência, serviram para nos afastar de quem nos trazia felicidade e amor.

A GENTE VAI EMBORA e todos os grandes problemas que achávamos que tínhamos se transformam em um imenso vazio, não existem problemas. Os problemas moram dentro de nós. As coisas têm a energia que colocamos nelas e exercem em nós a influência que permitimos.

A GENTE VAI EMBORA e o mundo continua caótico, como se a nossa presença ou ausência não fizesse a menor diferença. Na verdade, não faz. Somos pequenos, porém, prepotentes. Vivemos nos esquecendo de que a morte anda sempre à espreita.

A GENTE VAI EMBORA, pois é. É bem assim: Piscou, a vida se vai… O cachorro é doado e se apega aos novos donos. Os viúvos se casam novamente, andam de mãos dadas e vão ao cinema.

A GENTE VAI EMBORA e somos rapidamente substituídos no cargo que ocupávamos na empresa. As coisas que sequer emprestávamos são doadas, algumas jogadas fora.

Quando menos se espera, A GENTE VAI EMBORA. Aliás, quem espera morrer? Se a gente esperasse pela morte, talvez a gente vivesse melhor. Talvez a gente colocasse nossa melhor roupa hoje, talvez a gente comesse a sobremesa antes do almoço. Talvez a gente esperasse menos dos outros.

Se a gente esperasse pela morte, talvez perdoasse mais, risse mais, saísse à tarde para ver o mar, talvez a gente quisesse mais tempo e menos dinheiro.

Quem sabe, a gente entendesse que não vale a pena se entristecer com as coisas banais, ouvisse mais música e dançasse mesmo sem saber.

O tempo voa.

A partir do momento que a gente nasce, começa a viagem veloz com destino ao fim – e ainda há aqueles que vivem com pressa!

Sem se dar o presente de reparar que cada dia a mais é um dia a menos, porque A GENTE VAI EMBORA o tempo todo, aos poucos e um pouco mais a cada segundo que passa.

O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO COM O POUCO TEMPO que lhe resta?!

Que possamos ser cada dia melhores e que saibamos reconhecer o que realmente importa nessa passagem pela Terra!!! Só isso.

Até porque, A GENTE VAI EMBORA…

A GENTE VAI EMBORA….

(Texto do Professor e jornalista Sérgio Cursino) 




O vazio que alguém cria em seu peito quando se vai embora, as vezes se torna mais forte que os momentos felizes compartilhados quando ainda esteve em seu mundo. Nada vai embora sem nos ensinar o que precisamos saber...
Um abraço, e até a próxima postagem!
          

                 •*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•
                  ━━━━━━ •♬• ━━━━━━━━━━━━━━ •♬• ━━━━━━━━━━━ 
Linda canção na voz do grande Almir Sater. A música é arte mais direta. Ele entra no ouvido, vai para o coração e manifesta-se na alma. Essa música “Chalana” traz uma sensação de paz tão grande, ao mesmo tempo uma tristeza enorme. Acho que porque tudo na vida é apenas uma passagem... 

 

Postagens Passada

43 comentários

  1. Que maravilhoso e verdadeiro texto esse. Realmente é o que acontece...A gente vai embora e não sabemos como,nem quando... Gostei de ler! beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Se pensássemos em tudo o que diz o seu texto tão reflexivo, não estaríamos preocupados com o que não vale a pena.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Un relato que tiene mucha relación con lo que nos pasa en estos días que recordamos a los que nos dejaron.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Smareis, que texto perfeito, obrigada por compartilhar!
    O vazio é impreenchível realmente, no entanto as lembranças me alimentam até que chegue minha vez.
    Adorei a leitura, abração, cuide-se!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia de paz e silêncio, querida amiga Smareis!
    Você me reportou de imediato ao filho do meio que come a sobremesa antes do almoço fazendo rir a todos...
    Sabe, querida, estive um mês em Linhares na filha e me lembrei de você...
    Eu tento manifestar Amor em vida de todo jeito ... Com toda intensidade ...
    Se a outra parte não corresponde não é problema meu, é dele com Deus...
    Como faz bem um Fiat de Amor em toda circunstâncias, independente e gratuitamente.
    A gente vai embora... E o Amor fica no �� do outro... Deixamos a nós mesmos no outro... Nunca seremos esquecidos. Assim como não nos esquecemos dos que nos amaram...
    Almir Sater fala do que vale a pena na vida tão efêmera que vivemos...
    Devemos amar muito mais e sempre.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.idade-espiritual.com.br/2020/11/dia-internacional-da-gentileza.html
      Boa tarde, minha querida amiga!
      Sei que aprecia a gentileza...
      Eis convite, se desejar.
      Tenha um ótimo final de semana abençoado!
      Bjm de gratidão

      Excluir
  6. Creo, infiriendo del texto que citas, que la vida es efímera, y que la muerte es inevitable. Por ello debemos ser desde una razón y deseo de vida, sin pasar por ella, como un desecho humano. Un abrazo. carlos

    ResponderExcluir
  7. Professor and journalist Sergio Cursino is a very wise man to comprehend life as it exists today on this earth. Those among us who understand and who believe his words also are wise in that we know who and what we are in as much as knowledge exists today. No more, no less.

    One of the books which influenced me most is, "Not Forever on Earth," by Shirley Gorenstein. It is about the prehistory of Mexico and the rise and fall of civilizations. I skim its pages frequently and think about the millions and billions of humankind and pre-humankind who have been born, lived and died before me. Our corporeal selves are nothing more than dust in the wind. We hope and pray our spirits are more ....

    Superb post, Smareis .... I miss your presence ....

    ResponderExcluir
  8. Esse texto é lindo, assim como a música que escolheu. É sempre bom refletir sobre as colocações feitas, tão perfeitas! Talvez, antes de ir embora, aprendamos a viver melhor. Uma linda semana para você! Bjs.

    ResponderExcluir
  9. We leave every day a little, running towards the future.

    ResponderExcluir
  10. Um texto muito assertivo a pedir a toda a humanidade uma séria reflexão sobre o que ela é e o que estava fazendo do planeta e da vida de seus irmãos.
    Abraço, saúde e boa semana

    ResponderExcluir
  11. A Chalana por si diz tudo querida amiga. E este texto vem como um chega pra lá e vá viver o que tem de melhor e mais produtivo no agregar emoções em si e nos outros, pois se todos os dias estamos indo, cumpre deixar o melhor de nós nas pessoas, no mundo. E se a gente amar mais por certo nossos dias serão mais leves e alegres.
    Smareis este texto em meio a uma pandemia, vem como um alerta, pois a dona está ali numa esquina e a gente vai.
    Grato amiga por tão bela profunda reflexão.
    Linda semana leve e alegre.
    Beijo amiga.
    Espero que as chuvas não maltratem nossa cidade aí.
    Cuide se bem.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite Smareis. Parabéns pelo seu texto. A gente vai embora, mais podemos deixar marcado e feliz o coração das pessoas. Obrigado pela visita, carinho e comentário.

    ResponderExcluir
  13. Dizia George Carlin - o Planeta não vai a lado nenhum, nós é que vamos.
    Bjs, boa semana

    ResponderExcluir
  14. É isso, Smareis. Na transitoriedade da vida "a gente vai embora" muito rapidamente, razão pela qual devemos procurar viver em plenitude pelas vinhas do bem, para as quais fomos criados.
    Parabéns por tão linda e precisa expressividade e um grande e fraterno abraço.

    ResponderExcluir
  15. Olá Smareis
    Belo texto, a vida é um vapor, passa rápido demais, que possamos valorizar o que realmente importa. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  16. A gente vai embora deste mundo não se sabendo para onde. Do pouco ou muito que cada un tem, fica cá tudo, não se leva nada. Da sua bondade ou maldade ninguém para onde vai embora dela terá proveito. Dessa realidade ninguém tenha dúvidas. Eu não as tenho.

    Gostei de ouvir a chalana,
    essa, muito, bela canção
    continuação de boa senama
    saúde, paz e amor no coração!

    Boa tarde amiga Smareis, Um abraço.

    ResponderExcluir
  17. Excelente texto, querida Smareis!
    E tão de encontro à minha maneira de pensar...
    Se todos nos lembrássemos, com frequência, de que "A GENTE VAI EMBORA", o mundo seria um pouco melhor e muito mais tolerante.

    Adoro as músicas do Almir Sater!

    Bom final de Terça-feira e uma feliz semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  18. É terrivelmente verdade, querida Smareis!
    Beijinhos :)

    ResponderExcluir
  19. Linda esta música, Smareis e muito bom o texto que connosco partilhas. Todos os dias a " a chalana" vai nas águas do rio da vida e sempre leva algo de nós. ; passa sempre, a chalana, mas chegará o momento em que, para cada um de nós ela fará a sua última viagem porqus um dia " vamos embora " . Estamos a navegar um rio de águas turbulentas, mas a chalana continua o seu trabalho, indo e voltando, com maior ou menor dificuldade e com ela vamos nós até um dia.,,,até ao instante da última despedida. Seria bom que todos se lembrassem de que um dia " vão embora " e assim acabariam todas as querelas, guerras e desmandos contra a natureza. Mas, não tenhamos esperanças, Smareis, o ser humano infelizmente não muda e a sede de poder sempre foi e será grande. O Augusto Cury, num dos seus livros diz mais ou menos isto, o ser humano é eterno se a vida dele tiver tido algum sgnificado na vida dos outros; façamos, então, um esforço para que a nossa passagem por cá tenha algum significado, pelo menos, na vida daqueles que connosco convivem. Querida Amiga, obrigada pelo belo post que nos dá mais uma oportunidade de refectirmos no sentido da nossa vida. Espero que estejam todos de saúde, aí em tua casa e cuidem-se, pois esta pandemia está longe de se " ir embora " Beijinhos com muito carinho
    Emilia🙏🥰

    ResponderExcluir
  20. Esse texto é uma verdadeira pedrada no charco que nos acorda para a realidade.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia Smareis,
    Um belo texto reflexivo que é como um abanão ao nosso modo de viver.
    Complicamos e não vivemos verdadeiramente.
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderExcluir
  22. Querida, Smareis!

    Que texto lindo e mais verdadeiro. Nada nos pertence, só levamos na bagagem o bem que fizemos, o amor que doamos, essas são nossas melhores conquistas.
    Procuro sempre fazer minha reforma íntima, uma reforma difícil, mas tão necessária à minha evolução espiritual.
    Não quero chegar na pátria espiritual de mãos vazias, ainda que carreguem só migalhas pelo pouco que faço de bem ao outro.

    Obrigada pela linda partilha e reflexão que me proporcionou.

    Um abraço com carinho,
    Sônia

    ResponderExcluir
  23. Grandioso texto. Para bem reflectir a vida como a levamos em nós.
    Gostei muito.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  24. Que texto tão real, e tão bem escolhido.
    Genial quem escreve dessa maneira!
    Obrigada pela partilha
    Bom fim de semana.
    Beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  25. Olá Smareis
    Tão profundo e tão verdadeiro
    E nós continuamos agindo como se tivéssemos todo o tempo do mundo
    Uma reflexão excepcional e muito sábia
    Beijinhos querida amiga

    ResponderExcluir
  26. Olá querida Smareis,
    Que maravilha esse texto, nos faz refletir sobre o tempo que perdemos com bobagens, brigas, estresse, desavenças e não percebemos que a vida vai passando. Como dizem a vida é um sopro, precisamos aproveitar mais, sorrir mais, viajar mais, namorar mais, escutar mais, amar mais! Adorei o texto do professor e jornalista, muito bom!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Um texto magnífico (como a música escolhida) que tem a virtude de ser actual... eterno...
    Quem espera (pensa) ter todo o tempo do Mundo?
    Obrigado, Smareis, pela partilha de excelência que, espero, ainda encontre caminho em cada um.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  28. A gente vai mesmo embora, mas até lá vamos lutar, amar e outras coisas que nos possam fazer felizes e pensar que somos eternos.
    Excelente texto, obrigado pela partilha.
    Bom fim de semana, querida amiga Smareis.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  29. Um texto realmente muito bom, ideal para nos fazer reflectir!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  30. Oi Smareis! Infelizmente a gente pode ir embora a qualquer momento...nunca sabemos quando, se será logo ou daqui a alguns anos...temos que viver cada dia como se fosse o último e aproveitar a vida ao máximo! Beijos! :~*

    ResponderExcluir
  31. Essa é uma realidade incontornável, um destes dias a "gente vai Embora", por isso, devemos apreciar cada bom momento que a vida nos vai oferecendo e darmos sempre o nosso melhor.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  32. La gente se va y un día seremos nosotros y es muy importante recordarlo

    Paz

    Isaac

    ResponderExcluir
  33. Belíssimo post, Smareis! Muito belos, o texto e a música que você escolheu. Por coincidência, praticamente o mesmo tema do meu post desta semana. :) Meu abraço, amiga; boa semana.

    ResponderExcluir
  34. Um texto bem eloquente, com uma mensagem muito verdadeira...
    Todos sabemos do que foi exposto, mas é raro alguém parar para pensar, porém. nos dias que correm com a morte espreitando, talvez tenha havido mais reflexão.
    Gosto muito da «chalana'. Agradeço os bons momentos.
    Dias agradáveis e amenos.
    Abraço carinhoso, querida amiga
    ~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  35. Que texto, querida Smareis.
    O autor oferece-nos motivos de reflexão
    sobre a nossa presença por cá, com as
    nossas vaidades e irresponsabilidades.
    Tudo passa, a gente vai embora mesmo e
    quando menos esperamos.
    Aproveitar cada dia, rodeando-nos
    de boas decisões tendo em vista a
    vivência com o nosso próximo dentro
    da maior harmonia, será o nosso melhor
    legado.

    Beijinhos
    Olinda

    ResponderExcluir
  36. Smareis, minhaamada amiga! Por onde andas que não te tenho visto? Chego e vejo o título e esmoreci! Será que vai embora outra vez? Ah, não! Tantas saudades. És a imagem daquela amiga virtual que o não é. E vi-te num comentário muito antigo no meu blog. Vim ver "por onde andavas", e estás aqui!
    Sim, a gente se vai embora, minha querida, mas antes os amigos que nos aquecem a alma ainda são um brinde à vida e pensar que ainda vale a pena ficar só mais um pouquinho.
    Com esta "situação" ( já estou cheia de lhe chamar pelo nome...) com a informação e a contra informação, quase se chega a desligar de tudo e sentarmo-nos no colo do Criador. Não é deixar de lutar. É cansaço, querida Smareis.
    Um grande e terno abraçoo!

    ResponderExcluir
  37. Texto maravilhoso ❤️
    Obrigada pelo carinho constante
    Beijinho

    ResponderExcluir
  38. O crescimento individual é dureza...
    Mas dizem por aí que o criador nunca dá um peso maior do que
    possamos carregar.
    Apesar de gostar e plantar de flores a vida nem sempre o é... mas que
    ajuda na nossa caminhada isso ajuda.
    Bom finalzinho de mês; desculpe a demora em aparecer mas
    como de costume visito os blogues amigos 2 vezes ao mês e com todos
    esses emaranhados que estamos envoltos k, acontece que ando um pouco devagar k;
    PAZ E BEM para ti e para os teus.

    ResponderExcluir
  39. Poxa, tanto tempo que eu não vinha mais aqui no mundo dos blogs. Bom ver que ele ainda existe e que meu blog ainda está lá como deixei anos atrás. Bom ver que você ainda está por aqui.

    ResponderExcluir
  40. Ótimo texto para reflexão, ainda mais desse momento de tanta incerteza e com necessidade de mudanças de planos
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir



Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!

Aprenda com o autor da vida!

A Bíblia é o único livro que você lê na companhia do autor!