A vida é mesmo uma roda gigante!

Então, a saudade me trouxe de volta, espero ficar por mais um bom tempo... Até quando, ainda não sei... Nada é permanente, a não serem as mudanças... Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa vida pelo que pensamos e sentimos! Quer saber como você vai estar amanhã? Olhe seus pensamentos hoje! 

Hoje resolvi compartilhar um texto maravilhoso que recebi, que me fez refletir bastante. Espero que goste! 

A vida é mesmo uma roda gigante!


Você já parou para pensar em como a vida é cheia de altos e baixos, frio na barriga, mãos suando, quedas, subidas, medos, esperança, lágrimas, sorrisos, angústias, encantamento? A vida é como uma sinfonia de Beethoven, com acordes melancólicos e românticos seguidos de estrondosas notas que exalam paixão e fúria. É possível dizer que se assemelha a um poema de Neruda, cheio de pesares e uma saudade tão doída que umedece os olhos. Ao mesmo tempo em que clama um amor doce e carnal, a figura da sua mulher perfeita que o torna rei e mendigo de si próprio.

Me dei conta de que a vida é igual para todo ser vivo. Todo mundo canta, todo mundo dança, todo mundo fraqueja, todo mundo luta. Todos se cansam e se renovam, perdemos a fé mas lá na frente encontramos de novo. As pessoas amam, são amadas, cuidam e são cuidadas. Cada um à sua maneira, claro, e na sua intensidade. Tem gente que exige de mais, outros, de menos. Mas exigir todo mundo exige. Me entende? Todo mundo quer alguma coisa. Tem quem mergulhe sem olhar o fundo, vai lá e se joga e seja o que Deus quiser. E tem aquele que bota o dedinho, depois a ponta do pé, a sola, o pé inteiro, e quando se dá conta já foi, já molhou, já imergiu. Outra coisa; frustrar também é comum, tá? Você não é um E.T, o único que se decepciona com as pessoas, com projetos, sonhos que não se realizaram, coisas que a gente compra pela internet, o bolo que encomendamos que ninguém gostou,  o vestido que compramos e que não tem salvação… Normal. Faz parte da vida. Vou apelar para o clichê, mas o que seria do azul se todos gostassem do amarelo? Para perceber e sentir o lado bom da vida, as vitórias, os bons sentimentos, o reconhecimento daquele esforço, a promoção, um novo amor, infelizmente (melhor dizendo felizmente), precisamos já ter experimentado o sabor amargo, a solidão, a derrota, o desamor, a falta de esperança, de controle, de amigo, de praticamente tudo.

É por isso que cheguei à conclusão de que cada um é dono e senhor da sua própria roda gigante. Umas giram mais lentas, outras parecem maiores, talvez mais coloridas ou iluminadas, algumas um tanto enferrujadas. Mas somos todos rodas gigantes. Todos nós giramos. Todos completamos ciclos. Por vezes estamos em cima, ora em baixo. Em alguns momentos no meio, na dúvida, inseguros se subir ou descer, aceleram ou deixar fluir. Então subimos, esticamos as mãos, sentimos a brisa no rosto e aquele frio na barriga. As mãos começam a suar, nos enchemos de esperança, parece que vamos tocar o céu, as nuvens, o sol, a lua, as estrelas. Somos poderosos, gargalhamos, chegamos ali no alto e aquela sensação de que nada poderá nos alcançar! É a plenitude da vida! Ou de um momento da vida. O vento sopra a seu favor, você é o maioral, tudo está dando certo! Até que sem se dar conta você se acomoda, encontra ali uma boa posição e a sua roda começa a descer, mas seu otimismo é tamanho que você até começa a se sentir seguro vendo o chão se aproximar. E vai descendo. Um ciclo está por fechar. É quando as frustrações chegam sem avisar, seus medos começam a crescer na mesma proporção em que você se sente diminuir. Parece que uma onda gigante se aproxima e vai te engolir e te sacudir como uma máquina de lavar roupas. Você não vai saber aonde é a terra, aonde é o céu, não vai achar os seus pés, nem como se ajoelhar ou até engatinhar. A verdade é que você não vai saber nem mesmo se está vivo, respirando. Não consegue abrir os olhos e o único que é capaz de sentir são mil agulhadas perfurando o teu corpo. Ok, amigo. Foi só uma queda. Brusca. Um tombo, pode se dizer. 

Ta certo curtir a sua dor e aprender com ela. Tem mesmo que tirar proveito para que a próxima seja menos traumática. Sim, próxima. Isso mesmo que você acabou de ler. Virão uma, duas, dez, talvez cem. Talvez menos doloridas, ou mais. Vai depender de quantos giros a sua roda girar. Até a vez que ela parar. Aí não tem o que fazer. O que eu quero dizer é o seguinte: você é a sua roda gigante. E tudo bem que terão altos e baixos, subidas e descidas, novos ciclos, novos ventos, dias e noites. Faz parte da vida, esse é o significado de estar vivo. Todos os vencedores já foram perdedores um dia. A conquista só chega depois da derrota. E pra quem luta, persiste, enfrenta, tenta mais uma vez e outra e outra e outra. Esperança é a palavra-chave. É na mão dela que você deve segurar na sua roda gigante.
Se você não reparou, a palavra "ESPERANÇA" neste texto foi retida quatro vezes. Sabemos que o símbolo do infinito é representado pelo número 8 deitado. Quatro é metade de oito. E se você tem esperança, você já tem meio caminho andado na sua jornada!
(Texto de Karen Curi)

--------------------------------------------------------------------------------------------

É essa eterna roda gigante que sobe e desce, que nós faz aprender, entender e superar alguns obstáculos na vida.
Obrigada a todos pelo carinho da vista enquanto estive ausente.
Qualquer dia, qualquer hora, em qualquer lugar, um abraço faz muito bem!
Abraços a todos, abraços longos e demorados!

Ótima semana!
Até a próxima postagem! 





123 comentários:

  1. Olá amiga, que bons ventos a trouxe com suas postagens sempre ricas e com belo chamado à vida, à reflexão de como prosseguir e sair desta com todos os arranhões da caminhada, mas sentir por inteiro em cada manhã, de refazer as esperanças. Vivemos todos nesta roda gigante, como estamos sempre numa viagem encantada de trem. Não podemos perder de vista o pensamento de Guimarães sobre o que a vida quer de nós. Que nossa roda gire e que seja suave na descida.
    Uma linda semana de paz e luz, que seja abençoada amiga.
    Meu carinhoso abraço.
    Bju de paz e luz nos seus dias.
    Seja bem vinda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toninho, você sempre um amigo leal e verdadeiro. Obrigada pelas palavras. Que nossa roda gire e que seja suave na descida, esse é meu desejo. Uma semana cheia de coisas boas pra ti Toninho.
      Abração pra ti amigo.

      Excluir
  2. Sofre o homem e também os animais. tantos acontecimentos que as vezes a gente se pergunta sobre a vida... Parabéns pelo reflexivo texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Francis!
      Obrigada pela palavras!
      Ótima semana!

      Excluir
  3. Hola Samareis..Muy interesante tu texto.

    Muchos saludos.Encantada de leerte.

    Un abrazo

    ResponderExcluir
  4. O oito que é também o número da fortuna para os chineses.
    Precisamente porque tende para o infinito.
    Já o quatro, pelo menos para os da zona de Cantão, é símbolo de azar.
    Porque o som é muito semelhante ao de morte (sei).
    Seja bem regressada, boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro, o número 8 é meu número de sorte, foi o resultado de uma pesquisa que fiz sobre números a muitos tempo atrás. Embora eu não acredite nessa coisa de números.
      Obrigada e boa semana pra ti!

      Excluir
  5. You have been absent for months and months, Smareis, but you return with familiar grace and a powerful voice and words of wisdom. Your analogy of the ferris wheel with the life of each and every one of us is a perfect illustration of what we face as we walk the earth.

    I am in complete agreement with what you have written, and I hope others find the same comfort in your words and through your return to your blog that I do.

    I am happy you are back and glad to discover your sense of perception is as incisive as ever. In some ways, now, after reading this post, it is like you always have been here and not been away at all.

    I will be brief this evening, Smareis: It is cold and rainy for me, and time for this "far north" North American night owl to find shelter until dawn. To quote the words in an old song: "In dreams I talk to you."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. So Fram, I estivei few months away more I'm back. I'm glad you liked the text. You always generous and elegant with your comments. Always happy with their presence. Take care to night owl!
      A great week, and a handful of smiles.

      Excluir
  6. Que bom que voltou. E que bonito está o blogue
    O texto é muito interessante e se reflectirmos é isso mesmo. A minha avó dizia que a vida é como os alcatruzes de uma nora. Um quanto do tempo estão em baixo um quarto em cima. Um quarto estamos nos deixando arrastar para o fundo, o outro reergue-mo-nos.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Elvira, que bom que gostou.
      Um abração e ótima semana!

      Excluir
  7. A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
    Por isso... Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei e aprenda o valor das coisas mais importante. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.
    Lindo texto.... big bj em seu coração.

    ResponderExcluir
  8. Nice Ferris Wheel, lovely writing.

    ResponderExcluir
  9. A saudade a fez voltar,
    a vida é mesmo uma roda gigante
    seja bem vinda para ficar
    dos comentadores, não distante!

    De braços abertos a recebo,
    mas, não sei estou pensando
    por isso imagino que não conheço
    se conhecesse não estava imaginando!

    Desejo-lhe uma semana abençoada,
    com tudo o que você mais deseja
    voltando dessa sua longa caminhada
    seja por todos sempre bem acarinhada!

    Um abraço com carinho para você amiga,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Edu por essa linda poesia. Vou guarda-la com carinho.
      Um abração!

      Excluir
  10. Texto maravilhoso arrasou a pura verdade, tenha uma semana abençoada.
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  11. ¡Hola Smareis!!!

    Bellísimo texto envuelto en la magia de tus letras y tus bellos sentires, una verdad única tal cual es la vida, con altos y bajos, con sufrimientos y alegrías, esa rueda gigante siempre nos da de todo algo sobretodo al que sobrevive a tantas vueltas.
    Me ha encantado leerte y ha sido un inmenso placer saber de ti, saber que todo va bien en tu vida.

    Te dejo mi inmensa gratitud y estima.
    Un abrazo y Ten una feliz semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marina!
      Te desejo uma maravilhosa semana.
      Um abração pra você!

      Excluir
  12. Um texto para reflexão. A vida é, sim, uma grande roda. Por isso às vezes estamos em cima, outras em baixo.Mas o seu texto diz muito mais que isso. E fala de esperança. Gostei. Foi bom ter voltado.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Graça que gostou do texto. Fico feliz!
      Um abração! Uma ótima semana!

      Excluir
  13. Que lindo!
    Sempre é bom retornar :)
    Abraços carinhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja Bem vinda de volta Samara.
      Bom te ver novamente.
      Adorei seu novo blog.
      Abração!

      Excluir
  14. Oi MINHA QUERIDA!Que saudade ! E ai, como foi as ferias ? Recebi seu comentário e agradeço de coração sua ida ao meu blog. Sei que suas visitas são gratuitas conforme esse seu coração que ao meu ver e´simpaticíssimo! Estou postando pouco no blog ( um texto por mês) devido a um projeto que abracei... este ano, já escrevi um livro " Cancões de Setembro"onde conto minhas desaventuras amorosas em 95 paginas utilizando bastante a prosa poética, estou escrevendo outro livro. Nesse me aventuro no nosso folclore... Um livro de cronicas. E vamos indo! Beijos e obrigado pela volta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beto!
      Não foi bem umas férias, mas deu pra colocar as idéias em ordem novamente rsrsrs. Fico muito feliz por esse projeto do seu livro . Quero adquirir Cancões de Setembro. Pelo nome deve ser coisa boa. Sucesso ai meu amigo. E vamos indo!!
      Bjs!

      Excluir
  15. A vida e´realmente uma roda gigante! Hora por cima , hora por baixo... Acho, que não preciso dizer mais... beijosss

    ResponderExcluir
  16. Que bom que voltou Smareis!
    Fico muito feliz com sua volta querida amiga.
    Lindo texto, refleti muito e dá para pensar por um bom tempo, grata por compartilhar amiga querida.
    Grande beijo no coração e não fuja mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Maria Teresa. E eu feliz por você estar aqui.
      Não fujo rsrs.
      ótima semana, e um beijo no coração.

      Excluir
  17. Muito lindo seu texto flor! Para refletir muito...
    Estou seguindo seu blog. pois adorei o que escreves... Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela presença!
      Que bom que gostou! Passarei pra conhecer seu blog.
      Bjs!

      Excluir
  18. Realmente a vida eh uma grande roda gigante! eu que lhe diga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vindo Cristiano!
      Obrigada pela presença!

      Excluir
  19. Minha amiga, no último ano a minha roda começou a desandar, prosseguindo a queda nos primeiros meses deste ano. Depois abrandou, parou e foi tempo de dor de muitas lagrimas. Passaram poucas semanas e inacreditavelmente tudo parece querer entrar no rumo certo.
    A metáfora é perfeita.
    É o risco de estar viva.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom minha querida, desejo que tudo volte ao rumo certo. Esse é o risco que corremos.
      Uma ótima semana pra ti cheia de coisas boas.
      Obrigada pela presença!
      Um beijo grande!

      Excluir
  20. A vida pode ser maravilhoso. De nosotros dependerá si lo es o no.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vindo Pedro!
      Obrigada pela presença!

      Excluir
  21. Realmente a vida é assim mesmo, como uma roda gigante. É um sobe e desce constante. Mas isso é que faz sentido. Pena é que a brincadeira acaba quando temos que desembarcar dessa roda gigante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Victor, por isso precisamos estar sempre preparado e segurar firme nas descidas.
      Ótima semana!

      Excluir
  22. Olá Smareis \o/
    Que texto ótimo!
    Gosto das crônicas da Karen Curi.
    Muito legal essa analogia de que nossa vida é uma roda gigante.
    E é bem isso mesmo...vivemos períodos altos e baixos,
    e essas oscilações são os ciclos da vida.
    Aproveitemos então os momentos altos,
    e não vamos desanimar quando estivermos pra baixo.
    Ótima semana. Beijos ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do texto Clau. Faz parte do ciclo da vida essa roda gigante. Precisamos estar sempre firme, e nunca desanimar.
      Ótima semana!
      Bjs!

      Excluir
  23. Amiga, já é a segunda vez que comento e na hora em que vou publicar a net falha. O melhor é deixar para amanhã, pois hoje o azar está a ser muito. A roda está girando ao contrário. Beijinhos e até amanhã
    Emilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Emília, estou tendo problema pra comentar em alguns blogs também. Hoje já melhorou bem. Feliz por você estar aqui, isso que importa.
      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  24. A vida vai complicando com o passar do tempo, temos de aprender a encará-la com a maior leveza possível :)
    Beijinhos e bem-vinda de volta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, isso mesmo Madalena.
      Feliz com sua presença.
      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  25. Siempre se ha dicho que la vida es como un jardín, en ella encontramos rosas y también espinas.
    Valoremos la parte positiva de ella, aprovechemos al máximo los ratos felices y afrontemos aquellos otros en los que el dolor araña nuestro corazón.
    Cariños en abrazos.
    kasioles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kasioles!
      Verdade!
      Ótima semana!
      Um Abração!

      Excluir
  26. Olá, Smareis
    Ainda bem que voltou. A blogosfera ficou enriquecido com sua presença.

    Somos todos iguais, todos diferentes. Todos passamos pelas mesmas coisas, sentindo-as, cada um de nós, à sua maneira, vivenciando-as de forma própria, reagindo cada um a seu modo, o que faz com que, a roda gigante que é a vida tome um aspecto diferente para cada um de nós.
    É óptimo este texto connosco partilhado.

    Votos de uma semana muito feliz.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Obrigada Mariazita pelas palavras carinhosas.
      Uma ótima semana!
      Beijos!

      Excluir
  27. Oi Minha querida! Mais uma vez, obrigado por seu carinho !"Cancões de Setembro" esta sendo revisado e estamos trabalhando na capa. Deus nos abençoou com parcerias muito boas e traremos esse filho muito em breve ! Mais uma vez, obrigado pelo carinho por mim e por Curvas, retas e esquinas! Beijossssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Beto, parceria sempre e bem vinda.
      Quando estiver pronto me diga como faço pra adquiri.
      Fico no aguardo. Obrigada Beto!
      Bjs!

      Excluir
  28. Abençoada semana!!!!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
  29. A vida é cheia de percalços, porém, jamais devemos perder a esperança.
    Querida Smareis, grande beijo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Sem esperança a vida perde o sentido.
      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  30. Gracias por tu visita
    Siempre es grato venir por aca y acuanrse en tus palabras
    CAriños

    ResponderExcluir
  31. Fico muito feliz com o seu regresso e com a leitura dos seus textos sempre profundos e a merecem reflexão.
    A vida é tal-qual como como a descrição que colocou no seu post, mas o importante mesmo é a roda nunca para de girar.
    Parabéns, o blogue está lindo!

    Um beijinho grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parar nunca Fê. Firme sempre!
      Obrigada , que bom que gostou.
      Ótima semana!
      Beijo!

      Excluir
  32. A roda gigante é uma metáfora perfeita para simbolizar a vida. Ela gira, mostrando que tanto o cume quanto a depressão são temporários. Nada é definitivo. E, sem dúvida, é a esperança que nos motivará na roda da vida.

    Lindo texto, Smareis!

    Felizes dias.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Vera, o que não podemos é perder a esperança, mesmo que tudo indique o contrário.
      Feliz por vc ter vindo...Ótima semana!
      Beijo!

      Excluir
  33. E aqui estou novamente para comentar este teu belo texto. A vida é uma roda gigante que pretendia ser bela e colorida, mas que nem sempre é assim . Essa "roda viva" , como lhe chamou Chico Buarque numa música que com certeza conheces , foi-nos presenteada, mas não podemos girá-la conforme queremos por mais que saibamos que nos pertence.; há poderosos, gente sem escrúpulos, governantes que de um dia para o outro a fazem emperrar e ela começa a rodar ao contrário, sem qualquer orientação, totalmente descontrolada. Somos pequenos demais para que possamos impedir que os corruptos, os que nos governam desorientem assim a nossa roda gigante. As vezes, somos nós mesmos que a fazemos parar, com todo o gosto e muita abnegação; há outras vidas que nos amam e que amamos que precisam da nossa ajuda para fazer girar a sua roda; nestes casos é com uma enorme alegria que olhamos aquela roda, rodando no seu ritmo calmo, colorida, acompanhada de gargalhadas felizes e nós, de longe, sorrimos de orgulho. Nessas rodas também vai haver solavancos, paragens, desordens e avarias de toda a espécie, mas, se conhecerem o funcionamento da roda, depressa se habituam a consertá-la e tudo voltarå ao normal. E a roda gigante, Smareis, continua a rodar no seu ritmo, sem se preocupar com o que sentimos, queremos ou podemos; compete a cada um de nós fazer o nosso melhor para que gire serena, sem grandes problemas. Muito obrigada por este belo texto e vamos lá....manter a esperança de que estes tempos conturbados no mundo inteiro não destrua por completo esta " roda gigante" que é a nossa vida. Beijinhos
    Emilia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emilia, que bom que agora conseguiu comentar. A internet hoje esta excelente . Conheço sim a música de Chico Buarque, por sinal é muito bonita. É mais o menos assim:

      "Tem dias que a gente se sente
      Como quem partiu ou morreu
      A gente estancou de repente
      Ou foi o mundo então que cresceu
      A gente quer ter voz ativa
      No nosso destino mandar
      Mas eis que chega a roda-viva
      E carrega o destino pra lá."

      Sabe Emilia, o que precisamos é nunca perder a fé e a esperança. Como diz o texto: Esperança é a palavra-chave. É na mão dela que você deve segurar na sua roda gigante.

      Obrigada minha amiga pelo comentário generoso.
      Uma ótima semana!
      Beijos!

      Excluir
  34. Ola Smareis,
    Esse texto me lembrou do filme, " a vida é bela"( não sei se voce viu... Mas dentro do caos havia felicidade e inocencia. As vezes penso que ela passa tão rapido que parece mais uma montanha russa com toda sua velocidade.
    beijos, seja bem vinda de volta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vi o filme não Bandy, me parece muito bom. Já anotado, e com certeza irei vê-lo.
      Beijos e ótima semana!

      Excluir
  35. Que lindo texto reflexivo, sim a vida pode mesmo ser comparada a uma roda gigante em seus altos e baixos!
    Amei ler e fico feliz com sua volta, obrigada pelo carinho da visita e seja sempre bem vinda por lá minha amiga Smareis, amei vir aqui, está lindo seu blog!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ivone!
      Um abraço e ótima semana!

      Excluir
  36. La vida es como una rueda, o esa noria de que con sus cangilones, deja caer el agua en los trapiches y haciendas. Rodamos y rodamos, para un hecho existencial: ser y hacer. UN abrazo. Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Carlos.
      Um abraço e ótima semana!

      Excluir
  37. Estou visitando o seu blog pela primeira vez. Adorei o seu blog. Inclusive, eu espero voltar mais vezes. Acredito que o texto descreve muito bem o que é a tal vida. Viver é uma roda gigante mesmo. Há momentos que estamos por cima, felizes, conquistando vitórias, etc... E outras, estamos por baixo, para nós aprendermos com os obstáculos. Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela presença Aline. Seja bem vinda. Volte sempre.
      Beijo e ótimo dia!

      Excluir
    2. Obrigada pela sua visita. Ótima semana. Beijinhos.

      Excluir
  38. Bem-vinda de volta, Smareis!
    A vida gira, a vida é curta e o tempo passa cada vez mais rápido.
    Um lindo texto pra refletir...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  39. OI SMAREIS!
    A VIDA RODA, E A VOLTA É GIGANTE, MAS, SE ESTIVERMOS NO COMANDO, A QUALQUER MOMENTO PODEMOS FAZÊ-LA PARAR OU RODAR MAIS RÁPIDO COMO MELHOR NOS CONVIR.
    UMA ÓTIMA REFLEXÃO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Zilani, depende de nós.
      Um abraço e ótimo dia!

      Excluir
  40. Olá, Smareis.
    Ótima reflexão, como de hábito; como disse certa vez um dos meus personagens preferidos das hqs, John Constantine: a única coisa de que podemos ter certeza na vida é de que não podemos ter certeza de nada.
    Cada dia é um desafio, uma nova oportunidade de testarmos nossos limites e tentarmos ultrapassá-los, ainda que não nos demos de conta disso e, muitas vezes, não desejemos tal coisa, mas cada nova experiência vivida funciona como um catalisador para elevarmos nosso potencial inalcançado.
    E, do núcleo dos átomos às galáxias longínquas, tudo é cíclico, e não somos exceção; se hoje tivermos um dia ruim, basta lembrarmos de que ele passará e nos fará dar ainda mais valor aos dias bons.
    Estou afastado do blog, mas ainda continuo mantendo contato com os amigos blogueiros pelo Facebook e ainda pretendo voltar a blogar, só me falta um pouco de inspiração.
    Obrigado pela visita e até mais, Smareis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jacques. Muito feliz com sua presença.
      Já faz anos que não passo pelo Facebook. Qualquer hora apareço por lá. O tempo anda curto.
      Abraço e ótima semana!

      Excluir
  41. Há pessoas que encontramos no nosso caminho e há pessoas que se atravessam e nos fazem parar . Há pessoas que giram connosco na roda gigante para depois saírem na próxima parada . Mas há pessoas que entram na dita roda e fazem parte sempre desse caminhar mesmo que haja um hiato . E tu ,inhaca doce e querida Smaris fazes parte desta roda porq além de tudo nos despertas do marasmo onde tantas vezes caímos e que nos faz desistir ! Obrigada por voltares . Tantas saudDes das tuas palavras , dessa Esperança que nunca te cansas de incutir
    Terno abraço !:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Manuela querida.
      Que bom que veio... Saudades!
      Você é muita querida por mim.
      Um beijo e muito sorrisos!
      Ótimo dia!

      Excluir
  42. Este texto ajuda e empurra para uma boa reflexão. Mudar, sempre por e para melhor.
    Bem-vinda neste regresso "luminoso".

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  43. Querida Smareis

    Ainda bem que voltou! E, como sempre, com palavras maravilhosas suas e texto de outrem que nos trazem sempre aquele quê de Esperança que na Roda da Vida muitas vezes nos vai faltando. É verdade, a Vida é feita de altos e baixos e não é raro só darmos importância a um Bem depois de o perdermos. Depois de cada queda é importante arranjarmos forças para nos levantarmos e arranjar maneira de continuar a caminhada.

    Minha querida, desejo-lhe tudo de bom.

    Bj

    Olinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Olinda!
      Tudo de bom pra você também.
      Um beijo e ótimo dia.

      Excluir
  44. Boa tarde, excelente regresso em grande com o belo texto, a vida é uma roda grande e nada é para sempre, vivemos sujeitos diariamente ao inesperado que nos espreita permanente, este provoca alterações para o bem ou para o mal.
    Bom fim de semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada poeta!
      Abraço e ótima semana

      Excluir
  45. Oi Smareis!que bom que voltou!E que bom voltar ao seu blog e ler este belo e sábio texto.Gostei muito!Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  46. Sensacional ... Assim mesmo altos e baixos vamos aprendendo a lidar !!!!
    Bjbjbj Lisette

    ResponderExcluir
  47. Boa noite, lindo texto!
    A vida realmente é um ciclo, cada qual nos oferta um aprendizado diferente e cada um aprende nos seu próprio tempo, já que muitas vezes,embora estejamos na mesma roda gigante, ocupamos lugares opostos.
    É preciso sabedoria para compreender e aceitar as mudanças que a vida nos traz.
    Fim de um ciclo, início de outro.
    Um abraço,
    Sônia

    ResponderExcluir
  48. Olá Smareis
    Obrigado pela tua passagem no meu espaço; obrigado pelo excelente naco de prosa que escreveste e tive o prazer de ler e refletir. Na verdade a vida consta de uma roda gigante, em que todos participam, a fazer girar o mundo cheio de altos e baixos, de particularidades - Umas agradáveis outras menos agradáveis - Porém a roda gira sempre indiferente ao que se possa passar. Sendo assim, cada um de nós cumprirá seu papel, o seu lugar... O seu lugar na sociedade, mediante o seu posicionamento em cada momento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  49. Smareis, fiquei feliz pelo seu regresso.
    Uma excelente escolha, sim a vida é feita de altos e baixos e quando estamos a atravessar momentos menos bons é fundamental agarrar a "esperança" para conseguir seguir em frente.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maria!
      Sem esperança a vida perde o sentido de seguir em frente.
      Beijo e ótimo dia!

      Excluir
  50. Uma postagem rica com bela expressões de um bem escrito texto. Parabéns. Uma feliz semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada poeta!
      Um abraço e ótima semana.

      Excluir
  51. Olá, querida amiga. Bom regresso.
    Um belíssimo texto.
    Desejo que esteja mesmo bem.
    Vamos umas vezes nos encontrando,
    outra desencontrando...mas é sempre
    um gosto a sua visita nos meus blogues.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  52. Excelente Texto ! Nunca devemos perder a Esperança !

    ResponderExcluir
  53. A nossa vida é mesmo uma roda gigante, pelo menos até que pare para sempre...
    Ainda bem que voltou, minha amiga. E cheia de energia...
    Smareis, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  54. Olá Smareis! Fico feliz que tenhas voltado e saibas que és e serás sempre bem-vinda nos nossos humildes espaços.

    Após a leitura deste belo, verdadeiro e reflexivo texto, lembrei-me de duas baboseiras que escrevi e dizem o seguinte:

    “A vida é como uma guerra dividida em inúmeras batalhas, onde ganhamos umas, perdemos outras, e assim vamos lutando até a batalha final, quando a perdemos.”

    “Na vida a gente sempre ganha. Quando ganha, aperfeiçoa o aprendizado para ganhar mais, e quando perde, aprende o porquê da perda para não perder mais, e recuperar o que perdeu.”

    Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

    Furtado

    ResponderExcluir
  55. É uma baita roda gigante, Smareis! E bem vinda de volta. Que seja pra ficar mesmo, nada de sumir de novo. bjs

    ResponderExcluir
  56. Oi querida! temos texto novo em Curvas, retas e esquinas ! Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  57. Muito bom dia minha querida amiga..
    eu tb um pouco ausente por conta do trabalho, mas não esqueço de vc não viu..
    aqui hj tá mais pra frio dia srs
    uns 2 graus lá fora.. nada fácil srs
    a nossa vida deveria ser um caminho do meio..
    sermos neutros..
    passamos muitas coisas..
    as vezes estamos por cima, outras levamos uma rasteira dada por nós mesmos, nossos pensamentos..
    tudo esta no lugar certo, nós estamos no lugar certo..
    as vezes a cadeirinha da roda nos mostra a grandeza.. quando a mesma desce percebemos que estamos com os pés no chão.. que sejas sempre muito feliz.. bjs meus Smareis

    ResponderExcluir
  58. Olá amiga, aqui para lhe desejar uma bela semana de paz e alegrias e que cada dia seja de esperanças de nova onda para nossa nação.
    Ainda vejo um Rio Doce vermelho sem vida espero que os estragos não tenham atingido sua região.
    Meu abraço e tudo de bom amiga.
    Bjs de paz.

    ResponderExcluir
  59. A vida , tal como a roda tem oscilações e por vezes até emperra . Há , porém uma ferramenta chamada esperança que tem o condão de a pôr a rodar nóvamante .

    Não podemos viver sem FÉ e ESPERANÇA .

    Um beijo , Smareis , e obrigada pela sua visita ,
    Maria

    ResponderExcluir
  60. Oi,Smareis.:)

    A vida é uma loucura, mas é o nosso presente maior.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  61. Belo texto, realmente; e grande alegria ver você de volta, amiga! Obrigado pelos dois presentes, bom resto de semana!

    ResponderExcluir
  62. olá que cantinho lindo eu achei ...
    tenha um dia maravilhoso ....
    bejinhos em seu coração....

    venha conhecer o meu catinho e me seguir se desejar ok ???

    Deus te abençõe ...

    bjus :)

    ResponderExcluir
  63. Boa, recuperas-te! Ideias no lugar, que seja agora e sempre assim. Não li o texto até ao fim porque desviei os meus pensamentos nas viagens de comboio. A propósito do dia comemorativo de Portugal. Voltarei para ler e comentar.
    Aquele abraço com carinho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  64. Ola querida obrigado pelo teu carinho em meu cantinho ....
    bjus e tenha uma linda e maravilhosa semana

    ResponderExcluir
  65. Eu gosto de ler seus textos, porque é sempre em sua sabedoria de vida. Eu gostei da comparação com a Roda Gigante, embora eu não gostaria de ser. Sinto muito, que só agora estou em você, mas eu tenho uma pausa temporária no blog por causa do problema de saúde, e realmente hip, o que me irrita muito. Cumprimentos.

    ResponderExcluir
  66. Olá Smareis, adorei este texto. Fez-me pensar no que a minha mãe diz " Não há frio que não aquece e não há quente que não arrefece"
    Estou mesmo muito contente de conhecer o seu blogue, sinceramente há muito tempo que não fui surpreendida assim...Quando tenho um tempinho venho espreitar, adoro ler - estou sempre a aprender e também posso praticar a sua linda língua. Beijinhos

    ResponderExcluir
  67. Boa tarde. Li o post sobre a roda-gigante, e gostaria de inserir o tedto num livro que estou compilando. Você me dá essa permissão? Obrigado.

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd



Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora e nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte — impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única. (Osho)

Links de propagandas e comentários anônimos, serão excluídos automaticamente, a não ser que se identifique com seu nome e endereço do blog/site.

Obrigada pelo seu comentário!
Thanks for the comment!
Gracias por tu comentario!
Merci pour le commentaire!